Argirita

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Argirita, a cidade com nome de Cachaça.

Cquote1.png Deslizamentos de terra, casas de ricos, monotonia, dormir no meio da rua, árvores por todo lado... Bem vindo à Argirita! Cquote2.png
Argiritense sobre sua cidade

Argirita é uma cidade de Minas Gerais que copiou o nome de suas vizinhas e vive com árvores e deslizamentos de terra. Atualmente ela vive sitiada do mundo já que está bloqueada por mato e esses deslizamentos. A cidade é uma das poucas no mundo em que dá para dormir no meio da rua por uma noite inteira e não ser atropelado, já que não há carros por lá mesmo.

História[editar]

Argirita não tem história, só se emancipou-se e se criou Argirita.

O nome foi escolhido pois o futuro prefeito da cidade que foi escolhido porque era obrigação, se não eles iriam escolher alguém de fora de Argirita (se bem que duvido que alguém teria aceito) pôs o nome da cachaça que ele fabricava como nome da cidade. "Argirita" a marguerita da Argentina. Era o Slogan da cachaça.

No fim o nome pegou, após um dia de festa e bebedeira com Argiritas no dia seguinte todos voltaram a fazer as mesmas coisas que faziam antes mesmo da emancipação, o prefeito nem compareceu no primeiro dia para ocupar o gabinete, o que dava para fazer em uma cidade como Argirita? Porra nenhuma, e ninguém tava nem aí mesmo.

Mas enfim, quando chegou a TV colorida junto com a TV Abera, ano passado, por lá foi uma revolução... Com Century! A TV do caipira!

Cidade[editar]

Argirita, cidade das árvores e dos deslizamentos.

Em si, a cidade é só um monte de casinhas que resolveram ficar de frente para a rodovia, parece que não se pode colocar uma rodovia em algum lugar sempre cresce uma cidade nos arredores dela. Enfim, é uma cidade que tem um posto de gasolina, uma pastelaria/churrascaria/hotel e tem várias árvores nas encostas pois o povo local ama macacos e árvores.

O clima é o mesmo: chato. Não existe uma pessoa no mundo que diga "eu levo uma bala por Argirita pois eu a amo e considero a melhor cidade do planeta!" e é justamente por esse civismo que a cidade nunca muda de prefeito.

Por fim, a população de caipiras dá para contar nos dedos quantos homens e mulheres há lá. Se acontece algo todo mundo já sabe, 90% da população tem bigode, incluindo as mulheres, o restante conhece "barbeador" ou "gilete".