Argonautas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Av-6054.gif "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele come churrasco grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.

Os argonautas na parada gay.

Cquote1.png Você quis dizer: Gays Cquote2.png
Google sobre Argonautas
Cquote1.png Ele se acha mais fashion do que eu, só por que tem uma roupa de lã dourada! Cquote2.png
Pélias sobre Jasão
Cquote1.png Eu fui um deles! Cquote2.png
Clodovil sobre os Argonautas
Cquote1.png Eu comi todos! Cquote2.png
Alexandre Frota sobre Argonautas

História[editar]

Os Argonautas eram um bando de veado que estavam viajando em um navio em busca do novelo de ouro, para poderem bordar uma bela túnica dourada.

A historia começou quando um tal de Pélias destronou seu meio irmão Éson. Ai, seu filho Jasão (que era uma biba louca e por conta disto tinha sido exilado) resolveu reconquistar o trono. Mas para isto, Jasão teria que ser mais gay do que o titio Pélias. Foi ai que ele teve a brilhante ideia de fazer uma túnica hiper fashion de Lã dourada. Mais para conseguir a lã dourada ele teria de buscar o novelo de ouro que ficava escondido na Cólquida, um lugar muito perigoso, e que para isto, ele teria a ajuda de outras cinquenta bibas loucas.

Lemnos, Samotrácia e os Doliones[editar]

Os cinquenta gays partiram em um belo navio. A primeira parada foi numa ilha chamada Lemnos, que era habitada apenas por mulheres (que fediam pra caralho), e por isto, eles não passaram muito tempo lá. A segunda parada do grupo foi na Samotrácia, onde eles traçaram alguns menininhos que morava por lá. Depois disto eles foram para o país dos doliones, só que os doliones não queriam que cinquenta bibas loucas atracassem no porto da cidade, e por isto começaram uma luta sangrenta. No final, quem venceu foram os nossos heróis, que continuaram com a viagem.

Mísia[editar]

Um dos argonautas era Héracles. Mas ele só foi até a Mísia (onde eles pararam pela quarta vez). Acontece que o gay de Heracles, Hilas, tinha sido sequestrado por uma ninfa, e Heracles foi atrás de seu namoradinho junto com seu amigo Polifemo. Como eles não voltaram a tempo, os Argonautas tiveram de partir sem eles!

Âmico, rei dos bébricios[editar]

O rei dos bébricios era Âmico, um gigante filho de Posídon. Quando os Argonautas chegaram em sua terra, Âmico não os recebeu bem, pois ele não queria cinquenta veados comendo seus soldados. Ai, Âmico os desafiou a um duelo. Quem o enfrentou foi Pólux, que venceu o combate e acabou comendo o pobre Âmico.

Trácia[editar]

Estão comemorando a chegada na Trácia.

A expedição seguiu seu rumo, e chegaram na Trácia. Lá morava o rei Fineu, que estava sendo atormentado pelas Harpia (mitologia), que comiam tudo o que era dado para o rei. Acontece que os argonautas queriam saber como passar pelas roxas que se moviam, e só quem sabia disto, era Fineu. Foi ai que fizeram um trato: Os argonautas deveriam expulsar as Harpias, e o rei diria como passar por estas roxas. E foi isto o que aconteceu, os Argonautas tiraram as Harpias do caminho de Fineu, e ele contou que para passar pelo rochedo, deveria primeiro mandar uma pomba! Isto não foi tão complicado, já que as pombas eram os animais favoritos deles!

Chegada a Cólquida[editar]

Quando finalmente chegaram a Cólquida, Médeia, a filha do rei de lá, se apaixonou por Jasão. Ela era meio bruxa, e acabou jogando um feitiço nele que o transformou em macho de verdade! Depois disto, os dois foram atrás do novelo, e o capturaram com sucesso! Jasão voltou para o seu país vestido com sua linda túnica dourada (que foi feita pelo brilhante estilista Clodovil), e virou o novo rei, casando-se com Médeia.