Arinos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Sign4.png
Este artigo já tem entulho demais!
Larga de ser idiota e tente não colocar mais merda aqui. Se for o caso, crie outros artigos, tire as citações idiotas e remova o excesso de imagens, para tentar acomodar um pouco esse lixo.
—Os Descíclopes agradecem!


BR que dá acesso à cidade
Afonso Arinos, o descobridor
Banana Café, o point mais badalado da cidade
Miss Arinos

Cquote1.svg Você quis dizer: Porra de lugar nenhum Cquote2.svg
Google sobre Arinos
Cquote1.svg Aqui é Barra da Vaca!!! Cquote2.svg
Arinense sobre Arinos
Cquote1.svg O quê??? Cquote2.svg
Visitante perdido desesperado sobre afirmação acima
Cquote1.svg Coráááági Cquote2.svg
Cristian Pior sobre Arinos
Cquote1.svg Run, Bino!!! It's a big trap!!! Cquote2.svg
Pedro
Cquote1.svg Cóóóóórriiiii mininu!!!!!!!!!!!!!!!!Chuvaaaaaaaa!!!!! Cquote2.svg
Mãe arinense desesperada ao ver sua prole exposta ao fenômeno mais raro da cidade
Cquote1.svg Não é Vale do Jequitinhonha!!! É Noroeste!!! Entendeu??? N-O-R-O-E-S-T-E!!!!! Cquote2.svg
Cidadão arinense alertando sobre a boa localização de sua cidade
Cquote1.svg Quer comer meu cúúúú??? Cquote2.svg
Babaloo, cidadão ilustre da cidade
Cquote1.svg Unaí ou Buritis??? Cquote2.svg
Dúvida do baladeiro arinense
Cquote1.svg Unaí ou Brasília??? Cquote2.svg
Dúvida do arinense concluente do Ensino Médio
Cquote1.svg Arinos de novo??? Cquote2.svg
Santa Nova Music Band sobre Arinos
Cquote1.svg Quem? Cquote2.svg
Você sobre Santa Nova
Cquote1.svg Quatrocentos e noventa e dez bilhões e trilhões e quarenta e vinte!!! Cquote2.svg
Coopera, sobre o preço de sua fazenda
Cquote1.svg Filho da puta!!! Cquote2.svg
Candidatos à prefeito sobre Moita
Cquote1.svg Filho da puta!!! Cquote2.svg
Mulheres infiéis sobre Moita
Cquote1.svg Filho da puta!!! Cquote2.svg
Maluf sobre Moita
Cquote1.svg Filho da puta!!! Cquote2.svg
Você provavelmente um dia sobre Moita

História[editar]

Arinos é um município da região noroeste do estado de Minas Gerais. O lendário Anhanguera em 1717/18, ou Felisberto Caldeira Brant, em 1743/44, foram, provavelmente os desbravadores destas regiões, à busca de ouro e pedras preciosas. Presume-se que índios nômades, negros escravos e foragidos da justiça, teriam em princípio, habitado estas vastas paragens.

Com relação a Arinos, sabe-se que seus primeiros moradores foram o major Saint'Clair Fernandes Valadares, Cel. Martinho Joaquim Estrela, e outros, todos fazendeiros, comerciantes, agricultores e com outras atividades, tidos, também, como iniciadores da povoação que chamaram arraial de Morrinhos.

Desenvolvia-se naturalmente o povoado, voltada sua população às atividades de mineração e agro-pastoris, até que o então distrito sentiu-se desprotegido pelas autoridades, carente de justiça e infestado de assassinos e desordeiros, entretanto em decadência. Seus moradores se viram forçados a abandonar Morrinhos, deslocando-se para a margem esquerda do rio Urucuia. Ergueram nova capela no ponto mais elevado da Fazenda Tamboril. Surgia um novo povoado nos idos de 1800, cujo crescimento foi acentuado.

O novo arraial denominado Barra da Vaca, primeiro nome do atual município de Arinos (isso porque, no Rio Urucuia tinha uma 'barra' onde havia grande chance das vacas atolarem), teve sua origem em uma fazenda da região. Possuía o antigo arraial, no início do século, uma escola, uma capela, uma pequena casa comercial e um estaleiro, destinado a fabricação de embarcações a vela que representavam o elo do intercâmbio comercial entre Barra da Vaca e os municípios de São Romão, São Francisco, Pirapora e Januária.

A sede do antigo distrito de Morrinhos foi transferida para o Arraial de Barra da Vaca em 7 de setembro de 1923, quando recebeu a atual denominação, em homenagem ao escritor e político Afonso Arinos de Melo Franco. Em dezembro de 1962, Arinos foi elevado à categoria de município. A Reserva Biológica Sagarana, regulamentada pelo Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais (IEF), constitui o principal patrimônio natural do município.

Pontos turísticos[editar]

Grande Sertão veredas Rio Urucuia Praça da Matriz Entre diversos outros.

Topografia e clima[editar]

Clima desértico semi-árido então fica lá um dia fdp!!!. Quatro estações bem definidas: Inverno quente, outono esturricante, primavera seca e verão insuportável, resulmo ----ARINOS---- É --- O --- INFERNO--- NA---TERRA .

O clima quente associado ao terreno plano entre serras é ideal para a experiência das miragens, sensação só apreciável nessa bela cidade, afinal, quando acabarem as miragens, você irá morrer.