Armínio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Armínio antes de ser morto por um dos soldados que fizeram uma cilada com ele.

Cquote1.png Você quis dizer: Thor Cquote2.png
Google sobre Armínio
Cquote1.png Se parece muito com o Thor, mas no jeito que ele foi assassinato mostra que não é nem um semi-deus! Cquote2.png
Romanos sobre Armínio

Armínio (também conhecido pelo nome latino o que te comeu atrás do Armário) foi um chefe germano da tribo dos Queruscos, filho do chefe guerreiro Segimero e da Dercy Gonçalves. Treinado como comandante militar romano, obteve a cidadania romana antes de regressar à Germânia onde veio a expulsar o próprio exército romano, usando um mero martelo de aço grosso.

Um bárbaro no Império Romano[editar]

Armínio foi o nome que o chefe guerreiro dos Queruscos, Segimer (em latim: Segimero), deu ao seu filho em 16 a.C.em troca de 10 kilos de ouros que vale muito mais do que dinheiro. Eram tempos difíceis: alguns anos depois do nascimento de Armínio, o líder militar romano Tibério conquistou, quando da sua campanha germânica, também o território dos Queruscos até o quinto dos infernos. Tibério, que mais tarde se tornou Imperador, quis convencer Segimer para entrar numa aliança com Roma, isto se não que tomar o golpe contra esses romanos.

Na sua função de Tribuno, acompanhou o exército de Tibério nas suas várias operações em território germânico. Deixou uma óptima impressão aos militares romanos e a sua proeza em detonar as cabeças deles com o seu martelo e recebeu os Direitos de um cidadão romano, com direito para matar.

O fim de Armínio[editar]

O domínio dos Romanos sobre a Germânia para lá do rio Reno já se encontrava então em plena fase de declínio, morrendo mais de 8 mil homens nessa batalha sangrenta. Os Germanos não tentaram libertar os territórios germânicos para cá do Reno (províncias romanas, Germânia Inferior e Germânia Superior) pelo simples fato de as tribos se encontrarem em brigas constantes umas com as outras, um matando o outro como bichos.

Existe a lenda que Armínio, apaixonado pela filha do chefe tribal dos Marcomanos, Segestes, raptou essa para se casar com ela na marra. Segestes, aliado dos Romanos, pediu-lhes ajuda em 15 d.C, onde o cercaram numa cilada bino e o mataram antes dele sacar o seu martelo, terminando assim a lenda de Armínio.


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!