Arquelau

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
A foto mais recente do Orkut de Arquelau.

Arquelau pega no bilau foi um filósofo grego desses utilizados para fazer parte de rimas nefastas. No mais, ele tem uma história incerta e desconhecida, e tudo que sabem dele não passa de mera conjectura, por isso esse artigo da Desciclopédia sobre Arquelau é tão verídico quanto qualquer outro na Internet.

Vida[editar]

Ninguém sabe onde nasceu, o que fez, o que escreveu, quem namorou, se realmente existiu ou se não passa de um mero personagem fictício de Diógenes Laércio, não se sabe de nada desse tal de Arquelau. Por isso, pergunte ao seu Zé Ninguém, que ele sabe. De qualquer forma, Arquelau deve ter feito alguma coisa bem comprometedora, com certeza deve, para ter sido renegado de qualquer registro.

O pouco que se sabe (ou se inventou) é que Arquelau foi discípulo de Anaxágoras e mestre de Sócrates, e que viveu em Atenas onde é considerado historicamente como o primeiro cheirador de gatinhos filósofo de Atenas.

Obra[editar]

Arquelau não deixou nenhuma obra, pois muito provavelmente era analfabeto. Na realidade Arquelau é só um fake criado por Diógenes Laércio para se passar de pessoa culta no Orkut.

Filosofia[editar]

Arquelau foi um dos pioneiros acerca da filosofia da natureza, onde defendeu o criacionismo que o ser humano surgiu a partir da evolução de uma poça de barro cheia de mosquitos.

Também desenvolveu estudos sobre a moral, ao afirmar que o ser humano é por natureza imoral, pois nasce pelado mas a sociedade o ordena que utilize aquelas desconfortáveis togas que coçam na bunda.

Física[editar]

Para a física, Arquelau desenvolveu diversas teorias para a termodinâmica ao afirmar que o conceito de temperatura era como uma relação passivo-ativo entre frio e quente. Ora um está por cima, ora está por baixo.

Cosmologia[editar]

Para a cosmologia Arquelau desenvolveu uma teoria umbigocêntrica, ao achar que o universo girava em torno de seu respectivo umbigo. Apesar daquelas viagens de sempre sobre os elementos água, terra, fogo e ar que faziam o mundo parecer um jogo de Zelda, Arquelau quase acertou quando disse que o Sol era apenas uma estrela mais obesa.