Art porn

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Art Porn)
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Você, garoto de escola estadual que acha bonito sair pixando pirocas por aí... Pensa que isso é Art Porn? Não, não é!

Cquote1.png Art porn? Então vou mostrar meu Picasso! HAHAHAHAHA! Cquote2.png
Seu tio engraçadão sobre Art porn
Cquote1.png Isto non ecziste... fap fap fap... Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Art porn
Cquote1.png Por que não ensinam essa arte na aula de artes!? Cquote2.png
Punheteiro sobre Art porn
Cquote1.png Isso é o que chamo de fazer arte! Cquote2.png
Eu sobre Art porn
Cquote1.png Art porn? Você pinta como eu pinto? HAHAHAHA! Cquote2.png
Seu tio engraçadão sobre insistir nas piadinhas

Art Porn é um estilo de pornô mais delicado (não, não é pornô gay), que de arte não tem simplesmente nada. Também pode ser chamado de Pornô Progressivo, pois assim como as bandas de Rock Progressivo com suas músicas, o Art Porn também é lento e cheio de enrolação (mesmo os que não tem história). Esse estilo foi consolidado por sites como o X-Art e o Orgasm.

Conceito[editar]

O auge dos primeiros trinta minutos de um filme de Art Porn.

A principal ideia do Art Porn é não parecer grosseiro como aqueles vídeos que você assiste da madrugada no RedTube com imagens de homens com pirocas enveiadas que mais parecer enguias mortas soltando esporros na cara de atrizes pornô arrombadas em todos os oríficios. O Art Porn foi inventado para fazer parecer que sexo é uma coisa bonita de se fez e não algo nojento que a natureza nos faz gostar, é um pornô pensando para gente mais fresca que vomita com qualquer merda que vê por ai. (Literalmente) Mas isso não quer dizer que o Art Porn não é explícito, é explícito para caralho! A ideia é mostrar tudo sem parecer agressivo.

Como a ideia é fazer parecer bonito, o Art Porn normalmente é lésbico ou em alguns casos hetero. Nunca é gay, pois um bando de boiolas nus tentando esconder o salame nunca é uma coisa "artística" e bonita de se ver. Um filme de Art Porn geralmente começa assim: A(s) atriz(es) do filme começam com um striptease lento (Lento mesmo! mais lento que uma corrida de lesmas em câmera lenta) e vão se livrando das roupas enquanto toca alguma música do John Mayer ao fundo ou qualquer outra porcaria de rádio de consultório de dentista. Se houver algum homem no filme, ele já vai aparecer peladão na hora da ação, um homem fazendo striptease é algo ridículo e não bonito.

Depois disso começa a putaria: Os atores fazem tudo como se estivessem apaixonados um pelos outros, para transmitir paixão e não fazer parecer que é mais obra hardcore do Buttman, mas alguns fingem tal mal que parecem que acabaram de acordar ou estão dopados com ópio, também para tornar mais bonito cortam os gemidos escandalosos e grotesco cheio de palavrões e substituem por alguns mais baixos e lentos, o que dá a impressão de alguém respirando em uma máscara de oxigênio. A equipe técnica, para transmitir a ideia de beleza, costumam colocar efeitinhos legais que ninguém vai reparar: Como deixar a iluminação mais "brilhosa", deixar a cena em preto e branco ou escurer a tela, efeitos de transição de tela envolvendo "embraquecer" tudo também são bem vindos.

No final do filme - ou seja, na hora que vão gozar nessa porra toda (literalmente) - geralmente não vai rolar um bukkake ou um cumshot, com leite condensado voando em direção ao rosto da moça. Geralmente em um Art Porn o objetivo é que no final a mulher (ou as mulheres) tenha(m) um orgasmo também, ou seja, para ser ator pornô de Art Porn tem que ter disposição, tem que ter habilidade pois esse gênero não é mole não! e muita paciência. Não, não falo do joguinho do Windows.

Apreciadores[editar]

Quando você pensa nesses filmes e seu público, você logo pensa em adolescentes espinhetos com pêlo na mão ou em caras gordos e carecas que nem com dinheiro conseguem uma mulher para comer, mas não! Art Porn não se restringe apenas ao público decadente, patético e que provavelmente vai se cometer suicídio depois de ler isso. A pornografia artística é um gênero muito bem aceito por mulheres, pessoas frescas e metrossexuais que estão desesperadamente atrás da masculindade que perderam naquele troca-troca no parque aquático.

É o tipo de filme que você pode ver tranquilamente com sua namorada, pois mesmo que ela não goste da putaria em geral, vai ficar reparando nos detalhes bonitos do cenário, da iluminação e da trilha sonora, te deixando em paz para pensar em como aquela puta paga da cena consegue engolir um pau gigante sem rasgar a boca.

Making-of[editar]

Esse é o verdadeiro Art Porn! Que bosta, não?

Você já pensa em fazer o seu próprio Art Porn, seu tarado filho da puta!? Bom, primeiramente saiba como funciona a produção de um desses filmes: Primeiro, a escolha do cenário é importante! Não vá fazer aquela cena de amor e paixão explícita entre os protagonistas do seu filme no seu quintal sujo, cheio de entulho e ratos perambulando ou no quarto da sua avó. Procure um cenário bonitinho, quando aquele vizinho chato e cheio da nota vier te pedir para regar as plantas, aceite na mesma hora e grave aquele seu pornozão nos cômodos da casa dele, só não deixe porra em sua mesa de mogno ou limpe o pirulito na cortina. Se não for possível tente no jardim botânico, apenas tome cuidado com a guarda municipal.

Depois é a trilha sonora e a iluminação! A trilha sonora é fácil, ouça uma rádio light e roube o nome das músicas ou então pergunte para sua irmã qual é o nome daqueles cantores baitolas que ela ouve tanto. Baixe uma dessas músicas ilegalmente por um P2P da vida e depois acresente a música ao vídeo no Windows Movie Maker, vai ficar uma bela porcaria! Mas ninguém liga. Quanto a iluminação, prepare-se para gastar bastante dinheiro com equipamentos ou então deixe a lâmpada do local fazer o trabalho, só não me venha chorando dizendo que ficou ruim.

Depois disso são as atrizes, as atrizes são selecionadas a dedo (ou a outras partes do corpo) e não podem estar muito gastas, com a vagina tão alargada que daria para enfiar um míssel norte coreano em seu útero, os diretores de Art Porn geralmente escolhem atrizes novas, com a quilometragem baixa. Mas não escolha atrizes MUITO novas ou só vai poder lançar seus filmes em cantos obscuros da internet e corre o risco de ser pego pela Polícia Federal. É essencial que elas saibam tirar a roupa com maestria, mas hoje em dia qualquer vadia iniciante sabe ficar pelada para seus amiguinhos do MSN.

Por último, depois de toda ação filmada, é hora de batizar a sua monstruosidade obra de arte pornô! Primeiro, não é como nome aquele pornô caseiro do RedTube ou aquele filme que você comprou no camelô. Até mesmo o nome de um filme art porn precisa ser bonitinho, nada de títulos agressivos com erros de português, como: "Cumendu as prima pur traz" ou "Elas gosta é di dá". Títulos como: "Sexo com paixão", "Garota dos sonhos", "Paraíso dos amantes", "Amigos com benefícios", "Sensação tropical", e outras viadagens que parecem nome de filme de comédia romântica água com açucar. Só não use esses nomes que eu te dei de exemplo, eu plagiei tudo do X-Art na cara (e outras partes da anatomia) dura.

Ver também[editar]