Artigo escrito por um negro falando mal de gente branca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Achou ruim? Vai tomar no cu!
Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!

Se você não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.

E se se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!

Olá, meu nome é Morgan Freeman, e espero que você leia este artigo na minha voz. Bom, ultimamente a mídia vem falando mal de tudo que tenha raiz africana, desde música até atores de TV. No entanto, há muitas razões para gostar de seus amigos negros. Primeiramente, graças a nós, os esportes são assistíveis: você consegue ver futebol, basquete ou até mesmo criket sem nós? Nós fazemos música suportável: você é capaz de citar um artista de jazz que seja branco? Nós até mesmo fazemos a televisão alavancar: a Liga da Justiça seria algo sem o John Stewart? Ouça-me enquanto eu apelo a você usando minha retórica avançada.

Negros melhoram o atletismo[editar]

Cadê o pessoal branco? Lá atrás...

Vamos começar pelo exemplo clássico: provas de pista olímpica. Desde que o amável povo branco nos permitiu participar desses eventos, nós obtemos uma ligeira vantagem ao longo dos anos. O atual detentor do recorde mundial de 60 metros livre é Morgan Greene (ou Black, se preferir). O recorde dos 100m com barreira pertence a Usain Bolt, que também detém o recorde de 200m, pra variar. 400m com barreira? Michael Johnson, homem negro. Eu não acredito que se possa encontrar entretenimento em ver balé clássico, quero dizer, os brancos estão jogando seu dinheiro fora. Então é melhor assumir que você prefere ver os Jogos Olímpicos e torcer por nós. Negros: 1, brancos: 0. Ah, eu deveria citar os latinos e os asiáticos[1], visto que nos damos bem com eles.[2]

Quanto a vocês brancos, o que sabem de futebol? Me dê o nome da última vez que uma pessoa branca conseguiu um posto bom na Seleção. Nós temos esse posto desde que felizmente a CBF nos deu essa chance. Você deve estar pensando: "hei, todos os zagueiros dignos de nota são brancos". Sim, Lúcio, Kaká, Pato e outros caras dão esperança aos brancos. Eles dão esperança quando caem e se machucam? Como um cara que cava falta toda hora pode dar segurança ao time? Ah, sim, o cara que fez falta nele tinha a cor de chocolate escuro que por um motivo inexplicável, fica sobre uma calda de leite azedo (também conhecida como Neymar). Mesmo com uns 3 ou 4 bons brancos, você pode admitir que todos os jogadores bons são negros. A ofensa é mais divertida que a defesa, então admita: negros 2, brancos: 0.[3]

E agora para o basquete: negros 3, brancos 0.

Negros melhoram as músicas[editar]

Melhores cantores da música branca

Ah, o maravilhoso mundo da música, certamente os brancos revolucionaram a música com seu Justin Bieber e Restart. Comecemos pelo jazz. O jazz hoje tem influenciado vários estilos modernos: rock, pop, reggae e Michael Jackson (falaremos dele mais tarde). Scott Joplin, considerado por muitos o padrinho do jazz, era negro. E para o golpe mortal, Louis Armostrong, bom, eu preciso falar mais algo? O jazz vai para a pontuação negra: 4, brancos: 0.

Opa, preciso ir ao banheiro, passo a palavra ao meu amigo Samuel L. Jackson.

Claro, vá em paz, Sr. Freeman. Então, eu preciso falar sobre os negros na música. Hm. Bem, foda-se a música clássica, esse material é terrível. Que tal um pouco de rock'n roll? Os brancos acham que são hardcore com seu Ozzy Osbourne e com seu Slayer? Bem, onde estariam eles sem Chuck Berry? Sim, é o que eu pensava. Abram a boca para o resultado pois negros: 5, brancos: 0.[4]

Pop music? Uau, eu realmente preciso explicar? Pode crer, tolos. Jackson 5, Temptations, Marvin Gaye, Aretha Franklin - negros: 6, brancos: 0.

O que estamos falando? John Travolta era branco. Tão bom que eu quase vomitei gravando "SWAT".

Aqui, eu vou continuar sobre a música pop. Temos Beyoncé, Alicia Keys, e a gostosa da Jennifer Lopez. Porra, nós ainda temos o rei do pop: Michael Jackson! E vocês querem falar que ele é branco? Tínhamos ele antes que ele tivesse o acidente com o vitiligo. Ele era negro, e vocês tem que parar de choramingar. Ah, desculpe, esqueci de falar das contribuições brancas. Miley Cyrus, Britney Spears, Christina Aguilera, Luan Santana, que não sabe nada do Hino Nacional Brasileiro, e o Backstreetboys, cinco moleques que parecem umas moças querendo dar. Negros: 7, brancos: -1 (é o que merecem pelo Luan Santana ter errado o Hino Nacional).

Ah, claro, o cinema[editar]

Preciso falar algo a mais?

Minha área favorita. Eu não precisei de nada para ser um Jedi em Star Wars. Will Smith nunca precisou de nada para ser o que é hoje, então chupa essa, branquelos. Oh, espera, o Morgan Freeman está voltando.

Samuel, Samuel, você está deixando o artigo obsceno. Temos que ser gentis com nossas palavras para não dar razão. Desculpem os desvios, ele é difícil de acalmar às vezes. Pelo visto, vou ter que largar o placar de 7 a 0, se é assim que podemos chamar isso. Enquanto os brancos têm seus ótimos atores, nós também temos. Na verdade, temos feito muitos filmes melhores com nossos papéis. "À espera de um milagre" teria sido bom sem o negão? Admita, ele fez mais sucesso que o Tom Cruise. O mesmo vale para o Mike Tyson. E que porra é essa? Cidade de Deus? Tropa de Elite? Qual a graça de mandar 20 negros pro saco? Não querem brigar no mesmo nível?

E pra terminar[editar]

Os comediantes negros dão de 10 a 0. Só tente comparar o Chris Rock com o editor da Zorra Total.

Resposta de um branco[editar]

Os italianos e alemães também passaram apuros nos navios cheios de doenças, perderam parentes, foram cassados por Vargas, pensavam que conseguiriam mudar de vida no Brasil mas a única coisa que lhes ofereceram foram terras inférteis(vide Sul), muitos morreram de fome mas mesmo assim conseguiram enriquecer e os negros continuam na merda mesmo com as ajudas do governo(vulgo cotas).

Outra resposta de uma branca[editar]

Ninguém aqui comenta de Beethoven, Mozart, Albert Einstein, Newton, Hawking...

Assim como existem negros inteligentes e talentosos, existem brancos também.

  1. Sim, latinos não são considerados brancos nos EUA e, quanto aos asiáticos, desculpe, mas pessoas de pele escura são consideradas inferiores na Ásia e detestados por lá.
  2. Legal que se você juntar as medalhas olímpicas de Alemanha Ocidental, Alemanha Oriental e Rússia dá mais do dobro das medalhas dos EUA com apenas 2/3 dos habitantes! Além disso os EUA dependem de brancos para ganhar uma caralhada de medalhas em ginástica, natação, vôlei, etc. Se juntar de todos os países europeus, então não dá nem graça!
  3. Pena que o continente com o maior número de títulos no futebol seja a Europa, que é habitada... por brancos, e que o único time com mais de 4 negros no time titular tenha sido a França de 98 e isso só porque europeus não têm mais filhos então é difícil achar tantos brancos jovens hoje em dia, ao contrário de negros, que tem uns 5 filhos cada um. Além disso, Argentina e Uruguai, que juntos têm 1/5 da população do Brasil, têm 4 títulos juntos.
  4. Pena que todos os instrumentos utilizados pelos negros foram criados por brancos, começando pelo violão. Até mesmo o toca discos utilizado no Hip Hop foi criado por brancos.