Arvoredo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Luís Henrique da Silveira.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Cquote1.png Experimente também: Nunca ir para lá, isso deve deprimir os habitantes... Coitados... Tem TV a cabo aí? Cquote2.png
Sugestão do Google para Arvoredo

Cquote1.png Você quis dizer SÉDIA? Cquote2.png
Google sobre Arvoredo

Cquote1.png Ooooooo.... Bela polenta cosi, tcha tcha pum, tcha tcha pum... Cquote2.png
Colono italiano cantando o hino de Arvoredo

Cquote1.png Tao tudo emaconhado! Cquote2.png
O mesmo colono sobre os Maldizidos

Arvoredo é mais uma cidade perdida e pequena no oeste de Santa Catarina, tendo sua economia baseada na produção de mandolate para exportação, além de extensas áreas de plantio de sagu, o que contribui para o superávit da balança comercial brasileira. Na história do município ele já começa dizendo que "O Município foi construído com a força e a união da comunidade".


História

Rua única em Arvoredo foi palco do maior assalto da cida... Espera! ESSA IMAGEM É DE OUTRA CIDADE!

De tão nova que é Arvoredo não se possui uma data exata, mas pelo jeito ela é uma das mais novas "províncias" de Santa Catarina. Ela foi fundada assim só para ser uma pousada, então depois de anos passados e no início do século 20 eles finalmente se estabelecem lá.

Não por muito tempo, então o Brasil declara guerra ao Terceiro Reich e só de metido envia 1000 soldados para honrar o seu país, vencer os nazistas e salvar o mundo dos nazistas e todo aquele blá, blá, blá. Então um desses tropeiros foi convocado, então um deles mencionou;

Cquote1.png Se convoca um convoca todos! Cquote2.png
Tropeiro valente

Cquote1.png Tudo bem, menos um Cquote2.png
Soldado


E assim a cidade ficou abandonada, então houve a grande massa imigrante se estabelecendo no Rio Grande do Sul, no Paraná e no litoral catarinense. Várias revistas de história de santa catarina publicaram que "haveria nazismo em santa catarina".

Por causa disso, várias famílias Italianas e Alemães se mudaram para o interior, deprimente interior de Santa Catarina, aliás eles deveriam evitar o interior de Santa Catarina por causa das fornteiras com argentinos, e por causa da Gripe Suína.

Em um desses lugarejos bem escondidos nasceu a cidade de Arvoredo, forte, nome de arvoredo por causa que era um bom lugar para se esconder, mais tarde, depois da guerra foi usada por pessoas que queriam derrubar o governo militar para se esconder, geralmente escolhida por pessoas duras, no sentido da grana.

E hoje, se qualquer coisa acontecer, com certeza Arvoredo continuará bem escondida, aliás, a única foto da cidade, ah não engano, era foto de uma rua de Dionísio Siqueira de novo. Arvoredo é bem mais tropical e é escondida pelas folhagens.

Turismo

Pelo jeito as seções que estão vindo, turismo é sempre alguma característica da cidade, aos orgulhosos de Arvoredo, resta este Slogan para incentivar os moradores sem internet discada, banda larga ou TV à cabo, pelo menos o Autorama já chegou lá.

"Unidos para crescer" é o Slogan. A comunidade é "pequena" (OH REALMENTE?) e só possui um núcleo de lojas que se pode contar nos dedos, tem uma Padaria, uma Sapataria e uma Prefeitura... O que? Prefeitura não é loja? Então só duas.

Os únicos pontos de turismo são os campe do Ardiri, que curiosamente pertence à Xaxim, e onde é preciso pagar para entrar em todos os lugares, inclusive no banheiro. A corda dos Maldizidos onde você pode não só morrer afogado,como tamnbém bater com a cabeça em uma pedra. Não podemos esquecer do poção do naibo que de poção não tem nada sendo que teem 112 cm de profundidad. Outro camping é o do Picolli, que fica na Linha Alegre, e que de alegre não tem nada, uma vez que quase ninguém mais mora lá. Tem tembém a possibilidade de visitar as PCH's, que forma construídas para salvar o futuro da humanidade Arvoredense, sem que os colonos se dessem conta que na verdade elas acabaram com a pescaria no Irani. Outro ponto de turismo muito visitado é a bodega do Provensi, com uma vista privilegiada da Invernada de gado do com uma escola

Economia

Conforme citado anteriormente, a base da economia é o plantio de sagu e a produção de mandolate. Além disso, recentemente a empresa que fabrica o Kapo demonstrou interesse na produção de bergamota do município, para fazer um novo suco à base da fruta. Com isso, a piazada que não pode tomar bebida alcoólica vai poder misturar Kapo de bergamota com coca, e vão ficar bêbados.