Asmita de Virgem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa




Asmita

Puro Glamour!...

Classificação Cavaleiro de Ouro
Cavaleiro
Deus a que serve Athena
Armadura Virgem
Golpes Kahn (Imobilidade, em hindu)
Benção do Senhor das Trevas (Sei San Sara)
Rendição Divina (Tenma Koufuku)
Círculo das Seis Existências (Rikudo Rinne)
Invocação dos Espíritos Elementais (Tenkuhaja Chimimoryou)
Tesouro do Céu (Tenbu Hourin)
Perfil
Nacionalidade Bandeira da Índia Índia
Local de Treinamento Índia
Nascimento no pau Nepal
Frase Favorita "Athena,onde você está, que eu não te vejo?"


Cquote1.pngVocê quis dizer: PNE do SantuárioCquote2.png
Google sobre Asmita de Virgem
Cquote1.pngExperimente também: Shaka de Virgem Cquote2.png
Sugestão do Google para Asmita de Virgem
Cquote1.png Papai? Cquote2.png
Barbie sobre Asmita.
Cquote1.png Não sua burra! Não está vendo que é a Sailor Moon? Cquote2.png
Eu sobre comentário acima.
Cquote1.png Abre os olhos, porra! Cquote2.png
Tenma de Pégasus sobre Asmita.
Cquote1.png Ainda não se tocou que eu sou cego? Cquote2.png
Asmita de Virgem sobre o comentário acima.
Cquote1.png Como você conseguiu me ver de olhos fechados? Cquote2.png
Athena sobre Asmita de Virgem.

Tabela de conteúdo

[editar] Apresentação

Asmita de Virgem, não é que ele parece com o Shaka?

Asmita de Virgem foi um dos doze Cavaleiros de Ouro que lutaram ao lado da Deusa Athena na orgia penúltima Guerra Santa contra o Imperador Hades, no tempo de 1700 e guaraná com rolha. Foi o predecessor de Shaka de Virgem (o atual representante - já morto - de Virgem do Santuário) e, assim como o atual, segue os clichêzinhos do dono da Casa de Virgem, a sexta casa zodiacal (caso você não acompanhe horóscopo).

Tais clichês são que sempre que o guardião da sexta casa tem de ser indiano (Are Baba), seguidor de bunda Buda, como sempre fodão e pensativo (além daquele ar de mistério), não andar com os olhos abertos (no caso de Asmita é porque ele é cego mesmo, já o de Shaka é para que não caia cisco no olho), não ir muito com a cara da Deusa a quem eles servem e finalmente ser o homem mais próximo de Deus, apesar deles não merecerem tal patente (além, claro, de ser totalmente Virgem).

[editar] A Vida de Asmita

Asmita está sempre em dias com a manicure, o que desperta a inveja dos outros cavaleiros

Asmita foi o primeiro protótipo da Barbie lançado no mundo, mas ele saiu do controle do fabricante e acabou se tornando Cavaleiro de Ouro de Virgem (sem pé nem cabeça esse fato, mas foi assim mesmo que ocorreu deveras), mas virgem era só de signo, pois isso era coisa que ele não era nem aqui nem na China Índia. Asmita era motivo de desconfiança entre seus companheiros, pois sempre era encontrado agachado na posição de papai e mamãe Lótus (aquela com a perna cruzada uma sobre a outra e sentado) sempre fazendo "Ohmmmmmm...", sendo impossível definir se era homem ou mulher (se bem que a segunda opção era a mais difundida. Apesar de ser cego (tal qual Geraldo Magela, ou ainda pior), ele possui uma visão perfeita através do seu "terceiro olho", chegando a ser comparada com a visão além do alcance do "Olho de Tandera", uma dádiva exclusiva dos Thundercats.

Ao chegar ao Santuário, até que foi bem recebido por seus novos companheiros ouríferos, mas despertou também a invejinha de alguns deles, principalmente de Albafica de Peixes (um dos Cavaleiros de Ouro que acreditava ser o mais gato bonito do Santuário), por ser bem apresentável (unhas perfeitas e limpas), forte e um dos poucos indianos que conseguiu nascer completamente loiro, em um país em que a maioria dos seus habitantes são de morenos a mulatos, geralmente magros (ao estilo faquir) e fracos (devido às desigualdades sociais da localidade), mas vai-se lá saber se Asmita não era um burguêsinho de merda assim como Buda foi no passado antes de alcançar o Nirvana para tocar uma musiquinha e tentar sair do seu conforto domiciliar para salvar o mundo (nunca se sabe).

[editar] Guerra Santa - Asmita no Inferno

O encontro de Tenma e Asmita só poderia dar em briga

Durante a Guerra Santa da Fase Lost Canvas, Asmita quase não saia de dentro da sua Casinha de Virgem, o que despertava a CUriosidade dos outros Cavaleiros de Ouro (como Dohko de Libra e Hasgard de Touro, eta povinho fofoqueiro), sobre o que é que ele tanto fazia trancado naquele local durante tanto tempo. Na realidade, Asmita até que estava em corpo na Casa de Virgem (como sempre meditando em sua posição de Lótus - Ou não), mas sua mente estava muito longe (Iaririarai, Dorgas Mano!), estando em espírito no Inferno, mas esse sua pequena "viagem" só estava acontecendo para que ele batesse punheta um papinho caloroso com Tenma de Pégasus, que estava afim de Hades voltar a Terra para ajudar a Sasha, filha da Xuxa Athena a vencer o Senhor do Mundo Inferno (que, coincidentemente era o seu melhor amigo, o "bondoso" Alone).

O genjutsu que Asmita mostra para Tenma, a morte de Sasha (se bem que poderia ser verdade)

Asmita conversa com Tenma, perguntando afinal para que ele estava tentando salvar o mundo? Ainda mais ao lado de uma deusa tão fracassada como a Athena, que tinha um poder ínfimo se comparado com o de Hades e dos seus Guerreiros (até então) Imortais. Tenma tenta dizer que fazia aquilo para que a Paz reinasse na Terra e blábláblá. Já cansado das mesmas respostas repetidas mais de oito mil vezes no anime, decide lutar contra o Cavaleiro de Mula Voadora Pégasus, atacando-o com alguns de seus trocentos golpe (como o Sei San Sara e o Rikudo Rinne), pouco se importando se ele morrer rapidamente. Tenma então sobrevive a cada um deles, se levantando sempre (acho que já ví isso em algum lugar) e jurando lealdade à Deusa. Asmita então se emputece e ataca Tenma com seu ataque mais foderoso, o Tesouro dos Céus (que de precioso não tem nada).

Que humilhação! Tenma consegue destruir o Tesouro dos Céus de Asmita

Cada um dos cinco sentidos de Tenma são retirados facilmente(tambem acho que já vi isso em outro lugar), ficando ele somente com a "Intuição" que era o seu Sexto Sentido (pensei que fosse o "ver gente morta"). Nesse momento, vendo o qual mequetréfe estava o Cavaleiro de Pégasus, Asmita cria um Genjutsu para ele, mostrando uma imagem em que o Cavaleiro de Ouro matava impiedosamente a deusa da Terra Gaia Athena, transpassando-lhe a mão pelo cu peito (no caso dela, entre os seios). Ao ver essa cena, Tenma fica realmente puto, pois só quem pode meter algo em Sasha é ele e ninguém mais, quebrando assim o jutsu de Asmita e o atacando com um socão fodástico no meio do peito. Asmita porém revela para ele que, na verdade, o que ele havia atingido era a única forma de vida viva no Inferno, que era a árvore que mantinha os Espectros de Hades com a vida eterna, dizendo para Tenma que aquilo era somente uma "Pegadinha do Mallandro", para que ele a conseguisse destruir. Colhendo 108 das frutinhas das árvores, Tenma, Yato e Yuzuriha podem voltar para a terra novamente afim de finalmente poderem matar os Espectros de uma só vez.

[editar] O Sacrifício de Asmita

O bate-papo entre Athena e Asmita

Voltando ao Santuário, Asmita tem uma conversa com Athena, que tentava proteger todo o templo com a sua força foderosa, falando para ela que sentia muito por ter desconfiado da força de Tenma e tudo mais. Athena compreende, afinal, qualquer um que olhe Tenma de cara percebe que o garoto não passa de um fracassado, mas como ele tem um bom coração, até que serve pra alguma coisa. O Cavaleiro de Virgem então se lembra do dia em que conheceu a pequena Sasha, uma órfã chorona que havia acabado de chegar ao Santuário e que seria a reencarnação da Deusa. Logo de primeira ele não foi com a cara da menina, a achando muito infantil (ela só tinha dez anos, queria o que?) para o cargo que ela receberia de protetora da Terra. Mas com o tempo Sasha foi crescendo, ficando mais hentai forte e finalmente Asmita entendeu que aquela sim deveria ser a Deusa. Por esse fato, decide fazer o maior dos sacrifícios por ela e por todos.

Asmita matando vários espectros após mostrar o seu tesouro, uiii!!.

Chegando à Jamil E uma noites, o local especializado em restaurar armaduras velhas, ele consegue sozinho acabar com um único golpe cinco espectros (mas isso de nada adianta, já que eles sempre voltam). Asmita então decide doar todo o seu chakra cosmo, para que as frutinhas que Tenma colheu no Inferno sejam transformadas na representação da vida dos Espectros e, a cada frutinha branca que ficar preta na Bijuu no colar de 108 contas, significa a morte definitiva de cada um dos Espectros e a sua impossibilidade de ressusrreição pelos poderes de Greyscou Hades. Somente o Cavaleiro de Ouro com o maior pinto cosmo do Santuário pode realizar tal suicídio façanha (sendo que ela só pode ser feita uma vez). Além disso, ele recide doar o seu sangue para restaurar a Armadura da Pégasus que estava mais podre do que o próprio dono e assim o fazendo (não precisava do sangue mesmo, já que iria morrer).

A morte de Asmita, pelo menos aí ele voltou a enxergar

Asmita então sobre ao local mais alto da torre e começa os seus preparativos macumbeirísticos de doação de vida. Primeiro ele banha o colar em seu sangue começa com um "mantra" que eleva o seu ki cosmo ao máximo. Os espectros ressusrectos sentem tal poder e decide atacá-lo, sendo defendido pelos Cavaleiros de Bronze que estavam lutando contra eles, sem falar que também foram atacados pelo Tenkuhaja Chimimoryou de Asmita, que mesmo perto da morte ainda tinha forças para usar. Finalmente o processo acaba e Asmita lança o seu Tesouro do Céu (mais um vez) nos Espectros que morrem definitivamente. Tenma chega ao local e tem o desprazer de ver o Cavaleiro de Ouro de Virgem se transformar em purpurina, as última paravras de Asmita para ele seria o desejar de uma boa sorte na proteção da hentai Deusa Athena (afinal, proteger aquela deusa é um sacrifício mesmo e haja sorte para se realizar tal feito).

[editar] Golpes

Asmita possui os mesmos ataques que Shaka de Virgem (o seu sucessor), Cavaleiro de Ouro da época atual, numa explícita plagiação e pouca originalidade do criador da série, que bem que poderia criar golpe inéditos:

Asmita mostrando a força da sua Invocação dos Espíritos Malígnos
  • Rendição Divina - Cria uma explosão foderosa no inimigo, fazendo-o parar na Conchichina facilmente. É um dos golpes favoritos de Asmita;
  • Círculo das Seis Existências - Asmita manda todas as suas vítimas fazerem um tour em um de seus mundos ma-ra-vi-lho-sos, que são basicamente os seis infernos mais conhecidos, no final do passeio, cada um deles pode escolher aonde quer parar no final;
  • Invocação do Espíritos Malígnos - Usando uma conexão direta com Satã, o ilusionista Virginiano invoca os poderes da Babalorixá Lúcia de Oxum, Oxossi, Iemanjá e Iansã Potyguara além Cristo, que trazem de volta alguns dos fantasmas mais assombrosos do mundo (tipo o Gasparzinho) para levar as almas de seus inimigos para o Inferno;
  • Tesouro do Céu: Asmita primeiro abre seus olhos e depois sua caixinha do tesouro, levando o oponente aos céus com tanto prazer, em suas palavras: "É um golpe Ce-les-ti-al!" O adversário fica tão atordoado que acaba perdendo seus 5 sentidos;
  • Kahn - É um escuro de energia criado por Asmita para se proteger de qualquer ataque externo, sendo também muito útil em dias de chuvas, afastamento de mal-olhado, magia negra, cobiça, inveja e outros dos sete pecados capitais.

[editar] Galeria

== Ver também==



Cavaleirospredef2.jpg


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas