Asociación Atlética Argentinos Juniors

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asociación Atlética Argentinos Juniors
Escudo do Argentinos Juniors.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Asociación Atlética y Futbolística Argentinos Unidos de Villa Crespo Juniors
Origem centro de Buenos Aires
Apelidos Tifón
Torcedores otários
Torcidas um bando de caras de vermelho bebendo pinga
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre Maradona
Estádio Estádio Diego Armando Maradona
Capacidade 25 mil
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png cocaína
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Maradona
Patrocinador Coca-Cola
Time
Material Esportivo Diadora
Liga Campeonato Argentino
Divisão Primera División
Títulos 1 Libertadores e nada mais
Ranking Nacional
Uniformes Argentinos juniors home.jpg



Asociación Atlética Argentinos Juniors é um clube argentino mediano, que numa cagada qualquer aí ganhou a Libertadores e revelou o Maradona e por isso tem certo reconhecimento, mas o fato é que é uma bosta de time que ninguém conhece fora de Buenos Aires.

O Argentinos Juniors é como se fosse um São Caetano que tivesse sido campeão da Libertadores, esse time nunca mais vai tão longe na sua vida.

História[editar]

O único plantel do Argentinos Juniors que prestou para alguma coisa (eliminar da Libertadores Fluminense e Vasco na fase de grupos).

Timeco fundado em 1904 em Buenos Aires (pra variar) a sua cor vermelha era uma menção ao Partido Socialista Comunista Soviético. Os velhos que fundaram o time pensaram bem no nome do time, porque queriam um nome bem idiota como qualquer clube tradicional argentino, e assim tiveram a ideia do Argentinos Juniors.

Durante a sua história o Argentinos Juniors quase faliu umas 10 vezes, graças a sua competente diretoria, já foi até despejado de seu estádio por falta de pagamento do aluguel para Seu Barriga.

Tudo mudou quando em 1980, um jovem garoto da favela conhecido como Maradona levou para o Argentinos Juniors a cocaína e muitas outras coisas legais para aumentar o rendimento atlético de seus companheiros.

Graças aos juizes comprados e jogadores dopados, o Argentinos Juniors encontra em 1985 o grande e único ano de alguma coisa de bom na história do clube. Ganhou dois Campeonatos Argentinos e a única Libertadores, em suma, os únicos títulos da história inteira de 500 anos do time. A única coisa de bom que o Argentinos Juniors fez em seus 200 anos de história foi ter eliminado Fluminense e Vasco da Gama na fase de grupos da Libertadores de 1985. Neste mesmo ano perdeu para o Juventus no Mundial Interclubes e depois tudo voltou à normalidade quando a Conmebol recomendou que seus juízes marcassem faltas e o exame anti-doping foi adotado.

1985 passou, Argentinos Juniors caiu no esquecimento e voltou a ser um coadjuvante no campeonato argentino (até 2010 quando pagou uns pesos pros juizes e assistentes). Hoje essa porcaria de time é conhecida por causa das Organizações Globo, já que fez um tremendo papelão contra o Fluminense na Libertadores de 2011 dentro daquele cubículo que nem arquibancada tem direito. O Flumerdense venceu por 4x2 (ui!) na Argentina, matando o argaytinos para sempre.

Títulos[editar]