Assalto

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Corrupção Cquote2.png
Google sobre Assalto
Cquote1.png Eu não fei de nada, companheiro! Cquote2.png
Mula sobre Assalto

Assalto (aka. Passar a mão leve) é um ato de fazer desaparecer, ou seja, desaparecer pertences, normalmente dinheiro, de um lugar e estes mesmos aparecerem misteriosamente em outro lugar. O destino é normalmente o bolso, ou em alguns casos na cueca do assaltante.

Introdução[editar]

O assalto existe desde que a propriedade privada existe, portanto dê tudo, ou melhor, quase tudo aos outros e você não será assaltado, pois se der tudo além de pobre será taxado como doador e ainda terá que pagar o motel.

Ela é a principal forma de se enriquecer, é uma filosofia simples de como crescer sem se desgastar com trabalho, estudo ou qualquer outra tarefa dispendiosa e inútil.

Porque irei gastar meu tempo construindo algo se posso me apoderar do que já está construido. Se posso pegar aquilo que já está em pé e consolidado, pra que consolidar algo?

Atualmente[editar]

A técnica underwear-money-transport sendo colocada em prática

Com o passar dos anos as técnicas de assalto tem se aprimorado, técnicas como o pseudoassalto realístico tem sido ampalmente utilizadas pelas igrejas. Vejamos como isto funciona. Hoje em dia as igrejas protegem os bens de seus fieis com uma espécie de caixinha diferenciada.

O fiel entrega o dinheiro para sua igreja que promete proteger este dinheiro de possíveis assaltos ordenados pelo capeta, e tudo que o fiel tem que fazer é esperar que quando Jesus voltar a recompensa será em dobro, ou seja, o fiel receberá na poupança uma quantia de tamanho dobrado.

A Capital do Assalto[editar]

No Brasil a materialização do assalto foi projetada por Oscar Niemeyer em 1960 e dez anos depois foi fundada, Brasília. Tão boa quanto a versão do carro com este nome, a cidade tem a maior média de assaltos por minuto no Brasil, perdendo apenas para... não, não perde pra ninguém.

Lá existem diversas técnicas de assalto projetadas e desenvolvidas durante anos de experiência política. Dentre estas técnicas podemos destacar a patrimonious-privatization-tucanion, underwear-money-transport e big-mesada-petistus.

Todas estas ténicas tem seus nomes com uma etmologia inglês-latino-tupiniquim para que a população não entenda a codificação, nem como e quando estas serão aplicadas.

Lista de Assaltantes[editar]