Associação Desportiva Ferroviária Vale do Rio Doce

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o ABC, o CRB ou o ECUS. Seja engraçado e não apenas idiota.


Associação Desportiva Ferroviária Vale do Rio Doce
Escudo do Desportiva Ferroviária.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Associação Desportiva Ferroviária Vale do Rio Doce Futebol Atlética Clube
Origem link={{{3}}} Espírito Santo Cariacica
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Capixabão
Divisão Sempre alternando de divisão
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Cquote1.png Já privatizei Cquote2.png
Fernando Henrique Cardoso
Cquote1.png Eles são a maior torcida do estado hoje, mas não conta pra ninguém que eu falei isso! Cquote2.png
Torcedor Gayná Conversando com outro Gayná sobre Rio Branco
Cquote1.png SOOOOBE! DESSSCE! SOOOBE! DESSSCE! Cquote2.png
Elevador sobre Desportiva Capixaba
Cquote1.png IAAAAAA!!!! Cquote2.png
Terceirinho sobre Jean!
Cquote1.png AAAAAAH VAMO SUBIR TIVAAAA! Cquote2.png
Torcedor Esperançoso sobre o time
Cquote1.png Um dia a gente chega lá! Cquote2.png
Torcedor Grená sobre Sobre o Rival que não ganha nada a anos, mais tem muito mais títulos

Associação Desportiva Ferroviária Vale do Rio Doce, ou resumidamente Desportiva Capixaba ou Desportiva Ferroviária ou como mais você preferir, é um clube capixaba , com sede na cidade de Cariacica. Já faliu e já reabriu, algo normal no futebol capixaba.

História[editar]

O Time hoje tem um dono, que é odiado pelos seus torcedores e que os mesmo torcem (agora inativos) para o time do mesmo dono odiado (!) este mesmo clube já foi bancado pela VALE, perdendo o apoio após a privatização da Vale.

O engraçado é que esses torcedores não sabem se torcem para a Desportiva Capixaba ou para a Desportiva Ferroviária (vendida para o atual dono da Desporiva Capixaba, que fundou este time. Que confusão! Típico da várzea que é o futebol capixaba.

No ano de 2008 o clube Ganhou o Campeonato de juniores disfarçado a Copa Espírito Santo de Futebol, o que lhe Rendeu uma Vaga a Copa do Brasil.

Torcida[editar]

Rebaixamento da Desportiva no Estadual, Cena comum, mais dessa vez teve direito a Enterro.

A Desportiva além de seu rala buxo, também é conhecida por ter a torcida mais gay do Espirito Santo, e em homenagem aos torcedores, usa uma camisa rosa (uma minoria deles falam que é grená, a maioria prefere chamar de gayná por que combina mais com eles).

O que despertou, enfim, o amor a camisa grená, foi quando quebrou um tabu de mais de duzentos anos, quando perdeu a partida de estréia do campeonato pereba para o Tabajara Futebol Clube.

O Elenco[editar]

Sávio

Na Tentativa de reerguer pela 200º vez esse clube, o jogador Sávio retornou ao Espírito Santo decidido a fazer gols pelo clube, para ser o zagueiro, goleiro, presidente/dono, o meia, o técnico e... hmmm... ah Sim! o zelador!

Sávio, tomando uma sapatada logo na sua estréia contra o Rio Branco não aguentou o sofrimento e pulou fora aceitando uma proposta desesperada de 0,99 centavos do Club Athlétikus Cudumundistão.

O Estádio[editar]

Superlotado: Estádio Engenheiro Alencar de Araripe no dia do retorno de Sávio.

A Desportiva tem ficado muito famosa no Espírito Santo devido ao seu ralo buxo (Forró da 3º idade) realizado nas dependências do estadio Eng. Alencar Araripe. Já que não se joga futebol la há muito tempo, o jeito é o forró.

O Estádio Engenheiro de Alencar Araripe foi dado de mão beijada pela antiga estatal CVRD (atual Vale S/A) a Desportiva Ferroviária. Hoje, com o time parado sem esperança, sem time, sem campeonato, sem porra nenhuma, o campo foi transformado em lavoura de café conilon, outras partes do estádios são usadas para abrigar circo, forró, ratos, baratas e o Silvério.

O Estádio tem capacidade para: 1964 (30.000); 1970 (25.000); 1980 (24.000); 1990 (20.000); 2000 (15.000); 2005 (1.500); dias atuais (sem alvará).