Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Associação Fiscal dos Publicanos
Banner-anfip.jpg
Sede dessa joça
ANFIP
Lema Gibe u mony pls!
Fundação Dia de queimar índio de 1950
Tipo Associação
Propósito Arrancar dinheiro dos associados
Sede Brasília - Bandeira do Brasil Brasil
Antigo nome Associação dos Fiscais de Previdência Social
Sítio oficial www.anfíbio.org.br
® Desciclopédia

A Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal ..ufa! também conhecidos pela sigla ANFIP é mais uma associação brasileira. A ANFIP é uma organização que une o inútil ao desagradável, servindo como uma espécie de clube do bolinha dos auditores fiscais da Receita Federal. A ANFIP é como um clube de vizinhança aberto apenas aos cobradores de impostos, mas sem piscina ou qualquer tipo de lazer.

Apesar de ter quase 70 anos de existência, essa associação com fins escusos só ficou conhecida recentemente, quando o estepe do Jaburu Michel J. Temer, anunciou que enfiaria uma reforma previdenciária no ânus de cada brasileiro. Na ocasião, a associação participou de vários clickbaits do SeuTubo em que diziam em letras garrafais que o arrrombado na previdência seria uma farsa. Para fonte-fiavilizar a própria tese, os auditores exibiam em vídeos caseiros e gravados em 720p, vários dados aleatórios tirados dos próprios cus e que passaram a impressão ao brasileiro médio que beh! eh tudu mintira dessis pilantra meermo.

Fácil de localizar, a sede fica em uma das áreas mais desprivilegiadas da capital federal. É o prédio mais baixo de todo o Setor Bancário Norte e tão feio que mais parecem aqueles galpões fundados pelo governo na década de 70 e usados até hoje como Escolas Classe ou Centros de Saúde espalhados por todo o Detrito Federal.

História[editar]

A ANFIP surgiu em 1950, quando o AliExpress ainda não fazia entregas internacionais e o governo brasileiro não tinha com que gastar dinheiro. O principal intuito do canetaço promovido pelo presidente Dutra foi criar um meio de diversão para os publicanos da idade contemporânea.

Até a publicação do vídeo relatado, ninguém sabia que essa porra existia.

Na época ninguém sabia que seria possível comprar na ásia sem ter que pegar 30 dias de barco do Rio até a Índia e depois seguir de caravela por mais 7 dias até chegar a Hong Kong. Por isso o governo resolveu taxar em 60% os produtos importados, afinal, se você tinha dinheiro pra comprar uma embarcação, enchê-la de tripulantes, então também tinha dinheiro a beça pra bancar ao governo, e é esse dinheiro que ajuda a sustentar esse peleguismo todo.

Atualmente[editar]

O órgão tem agido como um legítimo órgão sindical, com direito a caixinha e promoções de greve, mesmo que esta última seja atribuição do Sindfisco de fato. Além do mais, o órgão tem lutado como nunca, para garantir a boquinha de seus filiados, por meio de reivindicações pedindo mais auditores fiscais, sob a justificativa de "melhorar a vigilância nas fronteiras" quando na verdade, querem garantir a única fonte de renda do governo brasileiro.

Ver também[editar]