Astronauta (quadrinhos)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Astronauta (Quadrinhos))
Ir para: navegação, pesquisa
NewBouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Astronauta (quadrinhos).
250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Não estranhe se encontrar uma sonda no cu dedão do seu pé ao terminar de ler este artigo. Se vandalizar, o Pai E.T enfiará uma sonda em você!

Monalien.jpg
Astronauta conquistando mais um planeta em nome do Brasil-sil-sil.

Cquote1.png Você quis dizer: Marcos Pontes? Cquote2.png
Google sobre Astronauta (quadrinhos)
Cquote1.png Experimente também: ET Cquote2.png
Sugestão do Google para Astronauta (quadrinhos)
Cquote1.png Qual o nome do Astronauta? Cquote2.png
Qualquer um sobre Astronauta
Cquote1.png Como ele é brasileiro, ninguém se importa Cquote2.png
Eu, respondendo a pergunta acima

Apresentação[editar]

Qual é a da roupa redonda?

Astronauta é o nome do personagem que passa mais tempo fora da Terra do que dentro dela, presente nos gibis da Turma da Mônica, aparecendo de vez em quando entre uma história e outra da turminha, somente para encher o saco, já que suas histórias são péssimas divertir ainda mais a revistinha, com altas viajens apresentando criaturas de outros mundos, lutas intergaláticas e romances (em suma, puro clichê encontrado em todo e qualquer revistinha do Tio Patinhas, ou mesmo em filmes de Ficção Científica). Predestinado a seguir a carreira de viajante do espaço por toda a sua vida, os pais do jovem personagem loiro e quase careca, deram-lhe o nome de Astronauta, pois queria que ele ficasse rico mais rapidamente fosse reconhecido mundialmente como um intrépido herói e alicerce de união entre o Planeta Terra com todos os outros povos do universo, que ninguém nem sabia que existiam (ou foi isso, ou somente pura falta de criatividade de tais pais, quem é que, em sã consciência, daria o nome da profissão de astronauta para o seu filho?).

Viva, viva, o Astronauta![editar]

Mesmo loiro, Astronauta é brasileiro ou finge muito bem ser.

Astronauta, como o próprio nome já diz, é um astronauta (ORLY?), ele vive em uma bola alaranjada gigante (como se fosse demais óbvio uma nave nesse formato e cor), vagando pelo universo sem fim e sem se cansar. Seu traje espacial é também redondo (como o de todo astronauta), para combinar com a sua nave, o que o faz parecer bem menor do que realmente NãO é (ele tem quase a altura do Rolo fora daquela roupa), sem falar que isso já representou vários percausos para ele, que até já foi confudido com uma bola de ping-pong por ET's gigantes. Apesar da cara de moleque, Astronauta tem quase a mesma idade dos pais da Mônica ou mais ainda que eles podendo ser visto isso em sua quase calvície (ou talvez ele tenha o mesmo ploblema do Cebolinha e sofra de queda de cabelo, que nem o shampoo Seda - Queda Defense - dê jeito). Brasileiro, seus pais eram nordestinos imigrantes, chegando para o Brasil na mesma época em que Maurício de Souza começou a desenhar os seus rabiscos as suas primeiras historinhas.

Com seu destino traçado desde o início pelo nome que carregava de berço, Astronauta se inscreveu na Nasa, depois de entrar para a FAB, haja visto que o programa espacial do Brasil ainda vai demorar (e muito) para sair. Chegando lá, foi confundido com um legítimo gringo, pelo fato de ser loiro e feio como um verdadeiro americano, passando facilmente pelo funil de seleção para novos astronautas, indo direto a bordo. Muitos o confudem com o astronauta brasileiro Marcos Pontes, por ele ter sido o primeiro astronauta verde e amarelo a ir para o espaço, mas Astronauta foi muito antes que Marcos e sem precisar pagar, ao contrário, ele recebeu para ficar vagando sem nenhum destino pela imensidão do espaço, afim de promover a paz entre a terra e os ET's (e continua recebendo por isso). Porém, do que adianta ficar vagando pelo espaço se não se pode conversar com ninguém mais? Entre um planeta e outro, o universo não finaliza, e ele, como um ser humano, cansa. É nesses momentos de solidão que ele lembra de seu maior amor, a hentai Ritinha.

Ritinha[editar]

Astronauta burro! Largou a mina pra ficar vagando sozinho pelo espaço.

Ritinha foi o primeiro e único amor de Astronauta. Uma linda morena de olhos verdes, seios fartos, sem nem precisar de silicone para tal, contando somente com a boa vontade de Maurício de Souza em caprichar nos detalhes da mina. Se conheceram nos tempos de escola, começando um namoro firme desde então. Ambos eram um apaixonados pelo outro, sendo que Ritinha o amava até mais do que o próprio Astronauta a ela, prometendo que para sempre ficariam juntos. Porém, o destino foi cruel para com o nosso héroi de forma redonda, ou como diria-se a Joseph Climber, "a vida é uma caixinha de surpresas". Quando os planos de casamento já estavam até rolando, Astronauta recebeu a notícia de que havia sido selecionado para o treinamento da Nasa para ser um astronauta. Feliz com tal notícia, correu para contar à Ritinha, mas a garota não pareceu muito feliz com aquilo, alegando que não seria fácil para ela ficar longe dele, já que ele teria que ficar no espaço por muito tempo. Astronauta até tentou conversar com o pessoal da Nasa para ver se não podia levá-la com ele, mas eles disseram que NÃO, pois ele não poderia se distrair de seu objetivo (eles sabem que uma mulher daquelas no espaço é uma tentação).

Astronauta dando um jeito de esquecer Ritinha.

Entre um grande sonho e um verdadeiro amor, o que você escolheria? Bom, o que você escolheria não me importa nenhum pouco, o que interessa mesmo é que Astronauta resolveu seguir o seu caminho sem Ritinha do seu lado, prometendo a ela voltar muito rico e a pedir em casamento quando se aposentasse. Humilhada por ter sido trocada por uma viagem espacial milionária, Ritinha, assim como todas as mulheres, não deixou por menos, casando-se um mês depois da partida de seu ex-namorado (oras, a garota ainda demorou muito). Em um regresso de rotina à Terra, Astronauta fez uma visita à Nação Canarinha e, para a sua surpresa, soube da união matrimônial de seu grande amor com o seu melhor amigo. Abalado, Astronauta não mais quis retornar à Terra tão cedo, preferindo a solidão do espaço, praticando tecnofilia com suas maquinárias high tech, ou mesmo chorando ao ver (todo o santo dia) a Lua (em suma, tornou-se um emonauta). Mesmo assim, Ritinha ainda ama muito Astronauta (ou não), esperando que, um dia, ele cumpra a sua promessa de regressar rico e a levar de seu casamento de faxada.

Ver também[editar]


Bandeira do Brasil.jpg Ordem para os pobres, progresso para os ricos.

Aê, meu, este artigo é verde-amarelo, mano! Só fala de futebol, come feijoada, exporta travestis, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela alta criminalidade.