Atibaia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, mano! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
Caboco.jpg Bem-vindo à selva!

Este artigo é sobre algo ou alguém localizado no meio do mato e vai te levar para o Lado Verde Escuro da Força. Se vandalizares, Rambo vai descarregar a metralhadora no meio da tua fuça!


Atibaia A Venezuela paulista e terra da Moranguinho
Atibaia.jpg
Bandeira
Tá ruim, mas tá bom!
Hino
Mo mo moranguinho, mo mo moranguinho chegou...

Local Interior de São Paulo
Idioma Atibaianês, caipira, nordestino, paulistano, japonês
Geografia
Clima Muda toda hora
Locais de referência Montanha rachada no meio (Maconhódromo), motéis de beira de estrada
Economia Morango e impostos absurdos
Produtos exportados Morango (de novo!), drogas e mosquito da dengue
Política
Governo
Nuvola apps core.png
PSD, PT disfarçado
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
Saulo do Liquigás (PSD)
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Moranguinho
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Bozo, Mara Maravilha
Esporte símbolo Escalada
Santo local São João Batista

Cquote1.png Você quis dizer: Pedra Grande Cquote2.png
Google sobre Atibaia
Cquote1.png Você quis dizer: Cidade das velharias? Cquote2.png
Google sobre Atibaia
Cquote1.png Você quis dizer: AtiBaianada Cquote2.png
Google sobre Atibaia
Cquote1.png Só tem paralelepípedo nessa porra de cidade! Cquote2.png
Turista bobo em mais um passeio no centro
Cquote1.png Morangolândia, só tem morango. Deve ser casas de morango. Tem a Moranguinho? Cquote2.png
Alguém que mora na capital descobrindo um atibaiense
Cquote1.png Traz uns morangos pra mim ae? Só botar braço pra fora hehehe. Cquote2.png
Alguém que mora na capital descobrindo um atibaiense
Cquote1.png Uma merda de cidade! Cquote2.png
Eduardo Paes em uma conversa grampeada com Lula

Atibaia é um município do estado de São Paulo, no Brasil, óbvio. Localiza-se a uma latitude pra lá de Bagdá e a uma longitude pra puta que pariu, bem lá no oeste, estando a uma altitude de mais de 8 mil metros.

A origem desse nome[editar]

Já antes da fundação do atual município de Atibaia como qualquer cidadezinha qualquer, este era o nome dado ao sítio onde hoje se encontra o município, em um municipio. Larga controvérsia tem havido entre os tupinólogos que têm procurado definir o verdadeiro significado desta porra de palavra.

Segundo o frei Francisco dos Prazeres Maranhão, em seu glossário de palavras indígenas, o nome Tybaia significa "rio da feitoria", ou seja, da macumba.

Para João Mendes de Almeida, em seu Dicionário Geográfico da Província de São Paulo, teve origem no rio que lhe empresta o nome, concluindo: "Atibaia, corruptela de Tipai, "rio alagado". Por isso, os antigos diziam Tipaia e não Atibaia, de Ti, "rio"; Pa, aférese de iupá, "lagoa, alagadiço" e I, preposição significando "em", alusiva a correrem várzeas extensas por entre alagadiços", seja lá o que diabos for isso.

Mas enfim, devido à presença de uma serra em Atibaia, a origem do nome pode estar na corruptela Tipai, "morro dependurado". De ti, "montão" e pai, "dependurado", entendeu aí, mano.

Seu turismo[editar]

Essa é a Pedra Grande! (que na verdade são várias pedras, mas enfim)

O Monumento Natural Estadual da Pedra Grande é um dos pontos turísticos de Atibaia, com as melhores putas desse estado, ou não. Se localiza a 1 450 metros acima do nível do mar. No alto de uma colina, aflora um enorme monólito que permite em algumas ocasiões, a prática de vôo livre, asa delta, paraglider, escalada, rapel, seitas satânicas, suicídios e mesmo de um magnífico mirante para toda Atibaia e regiões vizinhas a ela. Serve para prática de Trilhas com Jeep! (Mas qualquer bosta 1.0 consegue subir aquilo). A partir da Pedra Grande, é possível ver, em dias com boa visibilidade, sete municípios e cuspir neles se desejar.

Há também as arquibancadas do Centro de Convenções com uma bela vista para o lago do major e a grande montanha da cidade. Mais conhecido como "CC", o lugar sempre é envolvido por uma grande neblina todos os dias a partir das 16:20. Este mesmo lugar da conforto para quem não tem o que fazer nos finais de semanas e sempre conta com presença de algum violeiro desafinado.

E a sua educação[editar]

O municipio conta com dois campi das Faculdades Atibaia, perfazendo atualmente dezessete cursos de graduação, além de extensivos e pós-graduação em diversas áreas para nerds gordos que desejam ser alguém na vida do que uns bandos de zé ninguém. Mas como todas as algumas faculdades particulares são, o lema é: "PAPAI PAGOU, PASSOU!".

A cidade conta ainda com o polo das faculdades Facinter e Fatec Internacional, do Grupo Uninter, que oferece dez cursos de graduação e mais de trinta em pós graduação, longe pra caralho segundo eles. Tem também os pólos da Unip e UNIDERP agora, mas ninguém se interessa... pois vivem mudando de endereço toda hora e são uma bosta.

Agora temos a ETEC (grande coisa!) na nossa roça cidade! Com os "grandiosos" cursos de graduação para: roceiro, auxiliar de limpeza, peão, operador de caixa de supermercado, atendente de farmácia (esse com o maior número de inscritos, porque vai ter farmácia assim em Atibaia na pu...). Reza-se a lenda que a cidade terá sua universidade estadual pública, até quando não sabemos, pois é mais umas das lendas "urbanas" de Atibaia como o shopping na entrada da cidade, nova rodoviária, novo hospital público, nova empresa de ônibus DECENTE, novo prefeito, etc.

Mas é uma pena que os ensinos fundamentais e de ensino médio são das piores qualidades, como qualquer cidade aqui no Brasil, já que aqui priorizam mais os riquinhos que pagam bem para ter boa educação, e quem é pobre tem que conviver com funkeiros fazendo barulho com a boca.

Bairros[editar]

  • Alvinópolis - Bairro onde mora a grande gentalha da cidade, tanto é que em 1850 o então coronel prefeito Pedro Maturana inaugurou o Alvinópolis 2, mas que não possui tanto status quanto o Alvinópolis 1. Possui algumas peculiaridades como a réplica do Cristo Redentor e um estádio do Sport Club Atibaia (atual campeão da 14ª divisão estadual). Bairro muito frequentado por travestis moças de família durante a madrugada.
  • Estância Lynce - Lá tem a Av. Lucas Nogueira Garcez, que desde 1920 concentra as mesmas baladas sem-graça que só mudam de nome e a mesma baianada de sempre. O trânsito não anda, ficou pior ainda quando em 2045 inauguraram o pointdosEMOS Mc Donalds lá. Possui loucas rotatórias cheias de motoristas estúpidos que mal sabem dirigir e não conhecem o que é seta. Lugar caro e sem transporte decente pra variar.
  • Centro (Cidade em atibaianês) - Um lugar velho, moradia de pessoas velhas, com umas igrejas e umas praças mais velhas ainda e um trânsito que não anda. De dia o centro é lotado de gente pobre que vai em loja de comércio popular só passear ou pagar no crediário. De tardezinha na rodoviária, temos uma verdadeira visão do inferno do que é andar de ônibus em Atibaia. De noite é um lugar obscuro, frio, sombrio e marginalizado. E a praça da rodoviária à noite então? Proteja suas carteiras...
  • Caetetuba - O gueto da cidade. Só dá os manos, cachaceiros, funkeiros, alienígenas neste lugar. Recomenda-se passar longe deste bairro depois das 8 da noite se estiver sozinho, se não os mano da favela come teu rabo, tá ligado tio? O bagulho é loko!
  • Imperial e Cerejeiras - Bairro com bastante gente pobre, tem até empresa multinacional, mas a verdade é que todo mundo que mora lá tem que fazer uma viagem pra chegar até a "cidade" do outro lado da Fernão Dias pra estudar ou trabalhar. O maior entretenimento dessa região é a zona, ou soltar umas marolas cum os parça no terminal de ônibus. Cê é loko cachoeira!
Paisagem típica de Atibaia.
  • Jardim Maracanã, Vitória-Régia e Rio Acima - Roça de Atibaia. Fica uns 500 Km do centro por meio de estrada de terra de qualidade inigualável jamais vista. Cheio de sítios e casinhas pobres, onde aparecem caipiras pagadores de playboys, ou de manos da quebrada, sem contar as putinhas meninas bem louquinhas de uma feiura "beleza" sem igual.
  • Recreio Estoril - Um lugar afundado e esquisito pra caramba! Só tem status por causa do hospital e da casa noturna prostituição. É daí que a maioria parte de população atibaiana tira o seu sustento: A usina de reciclagem. E em época de chuvas então? Um piscinão á céu aberto se forma, trazendo ainda várias espécies de pernilongos como: dengue, chikungunya, zika (esse quando "pica", transforma o indivíduo num frequentador da casa noturna do bairro).
  • Jardim Maristela, Jardim Paulista e Vila Giglio - Bairros cheios de mauricinhos e patricinhas que acham que tem status por morarem perto da Lucas, quando na verdade a maioria vai passear e trabalhar fora. Reduto de empregadas durante a semana indo fazer a faxina nas casas das madame.
  • Flamboyant - Condomínio fechado dos milionários que possuem residência na cidade, como Eike Batista, Bozo entre outros. Tem pouso de asa-delta e de ovnis.
  • Parque dos Coqueiros, Parque das Nações e III Centenário - Oferecem prática de mergulho durante as cheias no verão. E o pior, são bairros de gentinha do nariz empinado viu!
  • Ressaca - Acredite, existe um bairro com esse nome! Local de 90% dos ônibus da cidade voltando dos bairros. É formado por uma padaria, depósito (aos montes), supermercado (mas vá achando que é barato...), imobiliária (não podia faltar), 2 farmácias (putz!) e 500 botecos. Afinal tem que fazer jus ao nome!
  • Tanque, Esmeralda, Usina, Ponte Alta - Bairros isolados de difícil acesso, sem água, luz, rádio, tv e telefone, claro, com buracos estradas de terra de ótima qualidade, e quando chove, fudeu. Ônibus pra esses lugares então...
  • Portão - Um bairro com muitos portões, e que ninguém sabe onde é. Um comunista sem dedo, foragido e ex-comandante da República das Bananas tem um sítio nesse lugar, mas como nega e ninguém sabe então... Também oferece práticas de mergulhos durante o verão em sua parte mais baixa.
  • Bairro da Ponte - Conhecido como mendigolândia, local com uma grande concentração de cachaceiros e "zé droguinhas" da cidade, devido ao albergue e 200 butecos por metro quadrado, propicia um ambiente ideal para isso, sem contar as tradicionais famílias que dão tchau de mão fechada. Fora o rio esgoto que dá nome a essa joça de cidade passa no bairro também oferecer uma sensação de odores, mosquitos, lixos...
  • Residencial Jerônimo - Tipo uma "Cidade de Deus" ou pra alguns paulistinhas bairristas, a "Cidade Tiradentes" da Morangolândia sô! Feito por promessa política (tinha que ser!), praticamente a maior concentração de criança (e pobre também) por metro quadrado. Reduto de baianos e gente que adora fazer uns "gatos" na rede elétrica alheia.
  • Perdões, Nazaré e Piracaia - Bairros disfarçados de cidades... Porque todo mundo que mora nesses lugares estão em Atibaia.

Curiosidades e fatos de Atibaia[editar]

  • Atibaia tem três fóruns e nenhum funciona.
  • Atibaia é cheia de estátuas de pessoas que ninguém sabe quem é.
  • Cada bairro de Atibaia tem 200 milhões de quilômetros quadrados.
  • No pico da Pedra grande, há uma pedra rachada ao meio em cima de outra pedra. Dizem que a pedra se rachou com a queda de um OVNI guiado por dois extraterrenos e um peruano naturalizado panamense.
  • Todos os ônibus circulares de Atibaia são para um único bairro da cidade, o bairro do Imperial. Isso quando não estão quebrados.
  • Atibaia possui mais japoneses que o próprio Japão. E agora os xinglingpasteldeflango chineses estão tomando tudo para eles também.
  • Atibaia tem a segunda colocação no Ranking de "Melhor clima do mundo" perdendo apenas para: San Diego (Estados Unidos), Santa Barbara (Estados Unidos), Ilhas Canárias (Espanha), Málaga (Espanha), Sydney (Austrália), Kunming (China), Lihue (Havaí), Casa do caralho (Inferno), Medellín (Colômbia), etc.
  • Primeira festa rave do Brasil foi em Atibaia. Realizada por um peruano naturalizado panamense.
  • Em Atibaia, há uma praça logo ao lado da prefeitura onde acontece cerimônias de sacrifício humano em nome de Lúcifer, para que todos os prefeitos eleitos tenham vida eterna.
  • Apenas pessoas ligadas á alta sociedade de Atibaia podem comer Polenguinho em locais públicos.
  • Atibaia já foi refúgio de nazista foragido e um líder do movimento sem dedo, que nega tudo quando é perguntado.
  • Quem é atibaiense tem sotaque de caipira.
  • Seta é opcional nas ruas de Atibaia. Aqui funciona a vidência de quem está dirigindo.
  • Atibaia é uma imobiliária e farmácia pra cada esquina.
  • Praticamente quase todos os moradores são de fora. Uns 20 mil são atibaienses, , 80 mil paulistanos fugindo de sampa, meu!, uns 50 mil baianos fugindo da terrinha, oxente bixim, e uns gatos pingados de mineiros, uai.
  • Os atibaianos tendem a ser estúpidos e ignorantes. Não se espante se ver alguém nessa cidade tratando mal alguém, ou ser assim contigo.
  • O teleférico da cidade liga o nada ao lugar nenhum. Mais uma obra eleitoreira.
  • Sinal de internet e televisão por aqui ainda estão na pré-história.
  • Depender dos serviços públicos "morangolenses", ou qualquer outro prestado por um atibaiano é pra passar mais raiva do que o normal, além de ser tudo mal feito.