Australásia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Canguruesconde.jpg YOU'LL COME A WALTZING MATILDA WITH ME!

Este artigo é da Land Down Under! Sua fauna é extremamente mortífera e sua economia depende da venda de camisetas do AC/DC O autor fala um inglês horrível, bebe água suja e assiste MasterChef.

Mate um canguru e mandaremos atrás de você!

Haka.jpg KA MATE! KA MATE! KA ORA! KA ORA!!

Este artigo é neozelandês! Ele joga rugby, pula de bungee jumping, cuida de ovelhas e odeia que o confundam com a Austrália!

Se vandalizar, mandaremos os All Blacks atrás de você!

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Australásia.
A Australásia é por aqui... Acho...

Cquote1.png Você quis dizer: Austrália Cquote2.png
Google sobre Australásia
Cquote1.png Esse é um nome muito arbitrário. Que tal Novazelandásia? Cquote2.png
Neozelandês sobre Australásia.
Cquote1.png Ninguém se lembra da gente para esses nomes... Cquote2.png
Papuanos sobre Australásia.
Cquote1.png De fim do mundo já basta aqui. Cquote2.png
Brasileiro sobre Australásia.

Australásia é uma distante parte do mundo, conhecida pela incrível quantidade de água marinha e de cangurus e a completa ausência de civilizações pós-era do ferro.

O que é[editar]

Canguru em seu ambiente típico.

Australásia como dito acima é a parte mais desenvolvida da Oceania, nessa região do continente que mais tem água que outra coisa já chegou diversas tecnologias para o uso humano, tal como o bumerangue e a roda, o arado lá, também, já é feito com ajuda de crocodilos que infestam a região da mesma forma que as baratas por aqui.

Para você conseguir localizar essa região no globo recomendo que calce o seu melhor tênis de corrida, ponha-o e saia correndo, rumo a qualquer lugar, corra, corra, quando se cansar continue correndo e quando chegares a sua casa, se chegares, significa que você não passou por lá então recomece, e assim sucessivas vezes até achar um local onde voam bumerangues.

População[editar]

Seria um pato? Um peixe? Não é um habitante da Australásia.

É a menos desenvolvida possível, por mais que os governos australianos e neozelandeses vendam a ideia de que não o é, a população é em geral composta por canibais e argentinos, eu disse, lá é extremamente arcaico, como na Argentina, por isso eles se multiplicaram por lá.

Assim resume-se a população da zona, canibais e argentinos no interior dos países e, no litoral, morando em fortes, para poder se proteger da selvageria e da catimba dos outros, além de ser irritante ouvir músicas tradicionais entoadas na melodiosa voz de Carlitos Tevez, moram os expresidiários ianques.

Propaganda enganosa[editar]

Habitante se preparando para a guerra.

Visando acabar com essa imagem de subcivilização, os governos das suas maiores massas de terra, leia ilhas, países seria um pouco demais. Os governos australiano e neozelandês fazem propaganda de seus países como símbolos do desenvolvimento no hemisfério sul, mas é tudo mais inverídico que aqueles spans que entopem seu e-mail com mensagens de aumento peniano.

Tudo surge com os imigrantes ingleses, ex-presidiários, que abarrotam as ilhas da região, sendo eles que lutam nessas guerras contra os imigrantes argentinos, para conseguir mais membros para a luta eles passam para o mundo o ideal de que lá a vida é ótima. Tudo para fortalecer os exércitos, já que argentinos se reproduzem assexuadamente, afinal nem eles se aguentam.

Países[editar]

Guerreiros, dos mais bizarros.
  • Bandeira da Austrália Australia A grande ilha dos ratos, é o campo tribal onde ocorrem as guerras mais sangrentas, mas ignorando esses animais, a fauna como foi dito resume-se a cangurus pernetas, crocodilos, dingos e os mais variados tipos de ratos, toda a economia sintetiza-se na venda de camisetas do AC/DC para punks poser e na regravação dos filmes do Crocodilo Dundee.

A ilha pequena, que até hoje sobrevive com os ganhos no aluguel de suas terras para a franquia O Senhor dos Anéis, durante as filmagens o país arrecadou o suficiente para comprar os mantimentos para a manutenção do cerco. A fauna é composta por animais estranhos que visivelmente estacionaram na cadeia evolutiva.

Um país tranquilo, sem guerra, onde os aborígenes vivem com seus bumerangues caçando animais para vender a pele para o pessoal daquelas grifes europeias supergayschiques, não vai me dizer que nesse mundo capitalista você ainda acha que alguém caça para se alimentar?

Esse daí é a ovelha negra da região, vive em paz, afinal Alá toma conta deles contra a maldita imigração argentina.

Ver também[editar]