Avião espião

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...um avião espião está observando você agora e gravando a senha da sua conta bancária?

Cquote1.pngExperimente também: Vizinha fofoqueira Cquote2.png
Sugestão do Google para Avião espião
Cquote1.png Eles nem imaginam que estamos os espionando! Cquote2.png
Americanos sobre Soviéticos e aviões espiões
Cquote1.png Eles nem imaginam que estamos os espionando! Cquote2.png
Soviéticos sobre Americanos e aviões espiões
Cquote1.png Aviões? Só se forem de alto impacto! Cquote2.png
Osama Bin Laden sobre aviões (não necessariamente espiões)
Cquote1.png Prefiro satélites! Cquote2.png
Mossad sobre aviões espiões

Exemplo de avião espião altamente equipado.

Avião espião, também conhecido por avião de espionagem é um avião equipado com sistemas de vigilância a fim de bisbilhotar e chafurdar a vida dos inimigos ou das nações hostis a sua nação ou a quem você trabalha. Atualmente os aviões espiões são uma das mais ineficientes ferramentas da espionagem militar e corporativa, perdendo apenas para a vizinha fofoqueira.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Com a criação do primeiro avião, o 14-Bis, por Alberto Santos-Dumont, o desenvolvimento da aviação e a aplicação de seus princípios no campo militar, logo os aviões tiveram importância capital na estratégia militar. Inicialmente eram usados para lançar e recolher paraquedistas espiões, técnica esta usada principalmente pela Alemanha Emuxa para penetrar a fundo a França e sem KY. Técnica semelhante por parte dos alemães foi tentada na Inglaterra, mas sem muito sucesso. O desastre ocorreu na União Soviética, pois lá o espionado é VOCÊ, o que explica a descoberta de toda a estratégia nazista por parte dos malditos comunistas soviéticos.

Com fim das guerras mundiais e o início da guerra gelada fria, as técnicas e veículos de espionagem se tornaram fundamentais para que os exércitos e inteligência militar pudessem chafurdar o desenvolvimento militar do inimigo e pode criar biribinhas, rojões e outros equipamentos para fazer frente ao inimigo, seja ele capitalista ou comunista. De fato, não é à toa que durante a guerra fria a espionagem se desenvolveu muito mais que o PAC (como se qualquer coisa não se desenvolvesse mais do que o PAC), mostrando que nunca antes na história desse país se espionou tanto.

Depois do fim da guerra fria, que a União Soviética perdeu em um jogo de truco para os EUA, não se tinha muito para espionar. Então, os EUA decidiram capturar petróleo pelas arábias, o que deu numa baita duma confusão. Como toda a guerra que se preze, haverá espiões do tipo 007 e, certamente, aviões espiões. E é isso que nos interessa.

[editar] Características gerais

Exemplo de avião espião disfarçado de cachorro, para voos em baixíssimas altitudes.

Por serem aviões espiões, é imprescindível que o inimigo pense que o aparato militar non ecziste. Desta forma, certas características devem ser comuns a fim de evitar que o inimigo consiga ver o avião com um binóculo, um radar ou um Contador Geiger. Todo o avião utilizado na espionagem e que se preze, certamente terá:

  • Inteligência artificial: geralmente esses aviões, devido ao reduzido tamanho, não são tripulados, sendo comandados por um computador com inteligência artifical ou por algum nerd oficial do exército, a partir de um controle remoto (que não é um controle como o da sua televisão);
  • Sistema de blindagem eletromagnética: Como você deveria saber das aulas de Física (embora sabemos que você estava dormindo durante as aulas), circuitos eletrônicos podem ser mortos danificados por pulsos elétricos ou fenômemos paranormais semelhantes. A utilização de um escudo magnético pode impedir a propagação dessas ondas para dentro dos sistemas eletrônicos do artefato, o que evita que todo o dinheiro e trabalhos gastos vão pro lixo (ou pro ferro velho);
  • Sistema de invisibilidade ao radar: o radar, por ser um pulso de onda, é refletido ao bater em algo, exatamente como faz uma bola numa parede. Para que o avião não seja visto pelo radar, ele deve voar bem baixo, onde as ondas emitidas pelas antenas não os peguem (senão ele tá fodido), ou que possua algum revestimento mágico que absorva o radar, como o Chucknórrio, o Adamantium, o Boro ou o Ródio;
  • Sistema de defesa: se, por alguma infelicidade (ou incapacidade de quem fabricou), o avião for descoberto, é óbvio que não se vai deixar o monte de sucata avião de mão beijada para os inimigos. Desta forma o aparelho pode possuir um sistema de canhão leve, bombas atômicas pequenos torpedos e uma bomba que auto-destrua o bichinho, caso ele não consiga escapar. Geralmente são colocados explosivos de alto impacto, para que não sobre porra nenhuma do equipamento;
  • Sistema de vigilância: como o objetivo deste tipo de artefato é chafurdar, bisbilhotar, observar e ouvir (se possível), equipamentos como câmeras infravermelhas, refletores de raios X, GPS, rastreadores, sensores de movimento e/ou calor e pulsares de ultrassom serão apetrechos decorativos que são indispensáveis neste tipo de avião;

[editar] Aplicações

Avião espião não-tripulado pertencente ao exército francês.

Como já é óbvio, a principal, inicial e fundamental aplicação dos aviões espiões é no campo militar da espionagem (O RLY?), onde nações, exércitos, pica duras ditaduras, facções terroristas, corporações e os manos do morro utilizam estes equipamentos para bisbilhotar as atividades do inimigo a fim de bolar uma estratégia militar que não dê em merda. Esse tipo de avião é geralmente usado na espionagem de bases militares iguais à Área 51 ou laboratórios ultrasecretos (mas que o inimigo sabe onde fica).

Nos grandes centros urbanos, os aviões de espionagem vem substituindo os já tradicionais telecópios na observação das vizinhas gostosas trocando de roupa na janela. Geralmente operados por nerds, esses aviões serão aeromodelos ou miniaturas (acha que é fácil dirigir Boenings no meio da cidade?) e serão sempre altamente camuflados. No entanto, tanto especialistas militares em espionagem quanto estrategistas afirmam que nada pode superar a já renomada vizinha fofoqueira como excelência em vigilância, espionagem e distribuição de informações.

[editar] Ver também


Nuclear-explosion.jpg

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas