Bóltfelagið 1936

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bóltfelagið 1936
Escudo do B36.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Ballotelli 1936
Origem Bandeira das Ilhas Faroé Ilhas Faroé - Tórshavn
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Gugudadá Stadium
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Feroês
Divisão Effodeildin
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Bóltfelagið 1936, ou B36 Tórshavn é um time amador das desprezíveis Ilhas Faroé. É um time tradicional local, mas só local mesmo, embora não dê conta nem de ganhar um minúsculo título de campeão feroês direito, ganhando apenas muito de vez em quando porque esse campeonatinho horrível todo mundo dá conta de ser campeão.

O seu grande rival é o HB Tórshavn, com quem disputa clássicos memoráveis de competições de quem mais e melhor tosa de ovelhas, e uma vez por ano um jogo de futebol também. Na prática, o B36 comporta-se como se fosse uma filial do HB, copiando seus documentos, jogando em seu mesmo estádio, copiando seus nomes de jogadores e até mesmo copiando seu artigo na Wikipédia para contar sua história.

História[editar]

Fundação[editar]

O time foi fundado em 1936, considerado o segundo time das Ilhas Faroé, sendo vice até nisso, já desde o começo um time fadado a viver nas sombras do HB.

Primeiros anos[editar]

Pouco, ou quase nada se sabe sobre a história antiga do B36, dizem que ele ganhou alguma coisinha ou outra nas décadas de 40 e 50, mas nada assim muito comprovado. O B36 gosta de se fazer de vítima e colocar a culpa do pouco conhecimento de sua história nos jornais que nunca noticiaram nada sobre ele, como se os jornais pudessem ter culpa do time ser tão desprezível de uma ilha que quase ninguém do mundo conhece.

Década de 90[editar]

O primeiro registro oficial de alguma atividade do B36 ocorreu na edição de 1992-93 da Taça das Taças, na qual o time feroês enfrentou o tradicional Avenir Beggen de Luxemburgo num clássico que movimentou toda a população de 45 feroeses para a primeira partida internacional oficial do clube. Após empate em casa e derrota fora, o B36 pode agora se orgulhar de ser o único time do mundo a ser eliminado em qualquer competição para um time de Luxemburgo.

Fez ilustre presença na Copa Intertoto de 1997 também, torneio que reunia os times de terceiro escalão dos países de terceiro escalão da Europa. O clube terminou com uma honrosa última colocação em seu grupo, com um saldo de 4 jogos, 4 derrotas, 15 gols sofridos e comemorados 2 gols marcados na derrota por 4x2 para o Panachaiki FC. Ficou famoso quando nesta edição comemorou com efusividade ter perdido de apenas 1x0 para o Dynamo Moscow.

As grandes vitórias internacionais[editar]

Time do B36 jogando em seu famoso estádio com público pagante de 30 toneladas de mato (repare ao fundo).

Apesar de que no ano 2000 terem começado o século com uma derrota de 8x0 sofrida perante o AB da Dinamarca, país o qual ainda sonham vencer.

Porém, a primeira vitória veio pela Liga da UEFA de 2005–06, derrotando o ÍBV do Polo Norte numa competição de enxugamento de gelo, tudo para na fase seguinte ter novamente a chance de vencer algum time dinamarquês, mas levar um sonoro 8x0 do FC Midtjylland.

Outro time de fora das Ilhas Faroé que o B36 derrotou só poderia ser um de um lugar com uma pesada tradição de péssimo futebol e de tomar goleadas, e assim foi, o B36 venceu por 3x0 o Birkirkara FC de Malta, o país do pior futebol da Europa. Tudo para na fase seguinte ser humilhado pelo Fenerbahçe e perder de 11x1

Desempenho no cenário europeu[editar]

Na medida que a globalização foi se aprimorando, o B36 passou a ser aceito constantemente nos torneios europeus secundários, e em algumas vezes até nas fases café-com-leite dos times horríveis da fase preliminar da Liga dos Campeões da UEFA. Todavia, temendo ser humilhado novamente, a equipe nunca fez questão de avançar muito.

Ainda veio a se tornar freguês do Linfield FC da Irlanda do Norte, de quem foi eliminado na Liga dos Campeões, na Copa da UEFA, na Copa Intertoto e até na Copa do Polo Norte.

Estádio[editar]

Por não possuir estádio e normalmente jogar apenas num pasto qualquer, a equipe do B36 frequentemente precisa pegar o estádio do HB Tórshavn, emprestado, e por serem folgados se acham também donos do Gundadalur Stadium, apesar de certamente não serem.

Títulos[editar]

  • Campeonato Feroês: 10 vezes (1946, 1948, 1950, 1959, 1962, 1997, 2001, 2005, 2011, 2014)
  • Campeonato Feroês - Segunda Divisão: 1 vez (1985)