Baden-Württemberg

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Não somos alemães!! Somos suábios!! Cquote2.png
Württemberg-badeniano sobre Baden-Württemberg

Baden-Württemberg é um estado separatista alemão que fala uma espécie de árabe misturado com alemão Stuttgart.

História[editar]

Campanha separatista de Baden-Württemberg. O anúncio diz: Podemos fazer tudo! Menos falar alemão! He wanted you! Aliste-se já!.

Durante a antiguidade, quando a cerveja ainda não tinha chegado nas áreas remotas da Europa Germânica, Baden-Württemberg era conhecida apenas como Suábia, um reinado sem a mínima importância e isolado de tudo, fundado por mercadores árabes. A maneira mais eficiente que os árabes encontram de invadir a França é usando a Baden-Württemberg (Suábia).

Nas Guerras Mundiais, a então Suábia foi anexada pelos nazistas, mas como ficou na região por volta da Suíça não foi muito devastada. Depois que a Alemanha perdeu vexaminosamente, houve um plebicito na Suábia para saber se eles queriam ser França ou Alemanha. Como árabe não é gay, 100% dos votos foi para a Suábia virar um estado alemão. O governo de Berlim apenas obrigou a adoção de algum nome esquisito, então a Suábia se tornou Baden-Württemberg.

Baden-Württemberg decretou recentemente que mulheres não podem esconder seus rostos em público. Essa norma política foi essencial para coibir a imigração árabe no país, muitos vindos da França e provar também para mundo ocidental que as mulheres árabes são melhores que as alemãs.

Durante muito tempo Baden-Württemberg, a exemplo de paisecos como Áustria e Eslovênia sempre quis ser um país independente, mas a ONU teme que o nome Baden-Württemberg seja muito difícil de pronunciar e jamais vai reconhecer a independência desse território.

Cultura[editar]

Baden-Württemberg é uma mini-arábia na Europa, daquela região que partiram os mentores do protesto pacífico em favor da Palestina durante as Olimpíadas de Munique.

Língua[editar]

Em Baden-Württemberg a língua utilizada é o suábio. Considerado um dos dialetos mais fodas de se aprender no mundo. é uma mistura do alfabeto indecifrável árabe com a pronúncia indecifrável alemã.