Bagdá

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
180314 10150093294026158 8104797 n.jpg

"Vai tomar no cu", em árabe
Brimo, este artigo é árabe!
Se você entrar no harém dos outros, correrá sério risco de ficar sem petróleo

CUIDADO!!! CONTEÚDO EXPLOSIVO!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Bombanuclear4.gif
Bagdá em um dia de paz

Bagdá (português brasileiro) ou Bagdade (português do país dos burros) (em árabe: بغداد, transl. Baghdād) é a capital do Iraque e da província de Bagdá. Com uma área metropolitana de cerca de 9 milhões de habitantes, número que diminui em cerca de 1000 por dia, é a maior cidade do país em explosões por metro quadrado e a segunda maior cidade do Sudoeste Asiático, depois de Teerã. Situa-se no centro do país, às margens do rio Tigre, e sua história remonta pelo menos ao século Final Fantasy VIII, com possíveis origens pré-islâmicas. Antigo centro de macumba, Bagdá está desde 1800 e vós mecê sendo atacada por tudo que é pais vizinho, de perto ou lá da puta que pariu.

Nome[editar]

Embora não se dispute a sua origem iraniana, já que como todo bom país iraniano vemos mais corpos do que na Rocinha aos domingos à tarde, existem diversas propostas sobre qual seria a sua etimologia. Uma das mais amplamente aceitas é a de que Saddam, depois de ter uma conversa com Deus, subiu num palanque e disse a seguinte frase que marcaria a história do país:

Cquote1.png Cidade da Paz é o caralho, o nome agora é Bagdá porra! Cquote2.png
Saddam

Mansur al-Hallaj, um muçulmano qualquer que dizia ser uma re-encarnação de Alá, chamou a cidade de Madinat as-Salam, ou "Cidade da Paz", como referência ao paraíso. Este foi por vezes o nome oficial da cidade, em impressões oficiais como moedas.

História[editar]

Foto autoexplicativa do porque a cidade é conhecida como A Cidade da Paz

Bagdad foi fundada em 700 e alguma coisa pelo califa abássida al-Mansur, depois de matar milhares de Persas para fundar a Cidade da Paz. Tornou-se uma das mais esplendorosas cidades do mundo atingindo uma população estimada em cerca de 300 mil até meio milhão de habitantes, antes da era Saddam onde esse número começou a diminuir em 666 pessoas/minuto. Foi destruída pelos mongóis em 1258, sendo disputada durante séculos entre turcos e persas. A partir daí, a Cidade da paz vem sendo uma arena de guerra até hoje. Em 1638 tornou-se parte da Turquia e foi ocupada pelo exército britânico em 1917. Em 1920 tornou-se a capital do reino do Iraque. Foi ocupada pelos estadunidenses em 2003 quando Bush queria mesmo era todo o petróleo do país durante a intervenção de uma coligação internacional pela paz no país.

Pontos turísticos[editar]

  • Museu nacional do Iraque:Maior museu (provavelmente o único) do pais no qual 60% de seus artefatos foram destruidos em bombardeios durante a invasão da cidade em 2003 e o pouco que restou foi saqueado,sabe-se que boa parte da coleção restante agora se encontra enfeitando a residência do ex-presidente americano George W.Bush.
  • Jardim zoológico:Foi o maior zoológico no Oriente Médio. No entanto, no prazo de oito dias após a invasão de 2003, apenas 35 dos 650-700 animais nas instalações do zoológico sobreviveram. Este foi o resultado do furto de alguns animais para a alimentação da população da cidade , e da fome dos animais enjaulados que não tinham comida ou água.Os poucos animais restantes são carnivoros que foram mantidos vivos pelo dono do zoológico alimentados com os corpos de funcionarios mortos em bombardeios e tiroteios.
  • Escola Mustansiriya:Uma construção abássida do século XIII,como estava muito longe das áreas bombardeadas e não tinha nada de valor para ser saqueado ainda se encontra de pé.
  • Museu de cera de Bagda:Derreteu devido aos constantes incêndios.
  • Hotel al-Rasheed:Hotel 5 estrelas,o mais luxuoso da cidade (e do país),após ser incêndiado e pilhado por uma horda assassina de saqueadores foi reconstruido e agora é 2 estrelas.
  • Estátuas de Saddam Hussein:Havia muitas antes da invasão mas todas foram derrubadas e substituidas pos estátuas do Tio Sam.
  • Biblioteca Nacional Saddam Hussein:Mais tarde renomeada "Biblioteca Nacional George W.Bush",em 14 de abril de 2003,seus arquivos foram queimados, destruindo milhares de manuscritos de civilizações que datam de 7.000 anos.