Bai Tza

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Coringa1.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

Demitri-dr.gif Este artigo é sobre um demônio!

Provavelmente tem asas de morcego, chifres de bode e/ou um rabo esquisito, além de perturbar você e cometer atrocidades. Não clique aqui se preza por sua vida!

Cquote1.png Você quis dizer: Cthullu Sereia? Cquote2.png
Google sobre Bai Tza
Cquote1.png Piranhas molhadinhas loucas para fuder em sua área! clique aqui! Cquote2.png
Algoritmo sobre você após ler este artigo
Cquote1.png Peixe faz bem para a memória, é sério! Cquote2.png
Punheteiro sobre bater uma pensando na Bai Tza
Cquote1.png Meu império está em ruínas! O Tempo o transformou! Cquote2.png
Bai Tza sobre Cidade de São Paulo

Bai Tza é uma das irmãs do Shendu, sendo uma piranha safada ela está sempre bem molhadinha e tem controle sobre o elemento água, que ela usa muito habilmente. Sua comida mais odiada é o chuchu.

História[editar]

Reza a lenda que Bai Tza nasceu de uma maneira deveras inusitada, quando seu pai, um chinês bastante taradífero, comprou um peixe para sua esposa preparar em casa, mas ele viu que o peixe estava com uma boquinha tão convidativa e estava ainda molhadinho, e não resistiu, praticamente alimentou-se do peixe em mau sentido. Quando levou o peixe pra casa, sua esposa, que também era uma chinesa taradífera, usou o bacalhau em suas partes com cheiro de bacalhau, e estranhou quando viu um líquido branco lá, pensando que o peixe havia gozado mesmo após a morte! Preferiu não contar isso ao marido, afinal o que poderia acontecer né?

Cena da batalha entre o coreano e a demônio, nesse momento ele utilizou o golpe "Valsa Pela Metade", onde ele joga ela pra longe como numa valsa mas, na hora de segurá-la pra ela não cair, deixa-a se espatifar no chao. Ele critou nesse ataque.

Assim, ela praticamente ficou grávida do marido e do peixe, já que os praticamente espermas dos dois se misturaram e fecundaram o praticamente óvulo da safada, dando assim praticamente origem à criatura que seria a Bai Tza. Ela, como os outros irmãos do Shendu, era uma puta duma filha da puta do caralho e, junto com eles, causou altas confusões por toda a China. Sua tática era utilizar seus tentáculos faciais para fazer os sonhos taradíferos chineses acontecerem, ao mesmo tempo que fazia todas as cidades da China ficarem iguaizinhas a são paulo, ou seja, alagadas.

Porém, esse reino de terror aquático não muito duraria, pois um jogador do servidor da Coréia que estava afim de upar logo pro próximo nível ficou sabendo desse world boss rondando o server chinês e foi lá descer-lhe a bicuda. A demônio poderia ser até bastante forte e capaz, mas nem ela era páreo para um coreano viciado e, assim, ela foi derrotada e os admins preguiçosos não quiseram fazer o evento de novo por um bom tempo.

Século 20[editar]

Após muito tempo presa, Bai Tza foi solta por seu irmão Shendu que, como todo vilão de desenho animado, é incompetente demais para fazer o mal sozinho. Assim sendo, ela logo retornou às suas antigas atividades taradíferas, deixando todo mundo muito molhadinho e planejando expandir os domínios de São Paulo para todo o mundo.

Bai Tza, como o mítico velhinho, era adepta da arte de comer e não pagar.

Ela não contava, porém, com a capacidade mágica do Tio que, utilizando a técnica milenar do Chuchubeleza a baniu de volta para o lugar de onde ela não deveria ter saído, mas ela não foi embora sem antes deixar um rastro de roupas e outras coisas bastante molhadas para trás.

Atualidade[editar]

Apesar de ter sido banida e a série ter acabado, Bai Tza não perdeu as esperanças de voltar ao mundo real. Sendo a menos feia dos demônios, ela viu na recente cultura taradífera promovida pela internet de sexualizar tudo uma chance de escapar e, através de conexão banda-larga, tem entrado em contato com muitos jovens virjões do mundo real para, tal qual uma sereia do piscinão de ramos, seduzir alguém para escrever uma fanfic em que ela escapa do mundo dos demônios para vir pescar com o escritor.

Porém, anos e anos no mundo dos demônios sem nada a fazer a deixaram deveras gorda, e, apesar de terem alguns doentes que gostem de gordinhas, a maioria de nós é normal e, por isso, ela inicou uma dieta selvagem e prática de exercícios loucos lá no mundo dos demônios. Sua irmã Po Kong ficou bem feliz com isso, porque aí sobrava mais comida para ela na hora do jantar. E todo esse esforço compensa, como vou mostrar agora:

Bai Tza antes da dieta, dá pra ver que ela saiu de uma fusão de enguia com polvo para uma porra duma orca
Bai Tza depois da dieta, aqui já podemos observar que ela ficou muito mais formosinha, seios fartos, curvas bem feitas, praticamente um salmãozinho gostosinho de se comer.

Apesar disso, não muitos escritores de fanfic ou artistas de hentai são tão heróicos ao ponto de salvar um genderbend malfeito de Cthulhu do esquecimento coletivo, e o escritor desse artigo com certeza não é um desses, não, claro que não. Embora hajam boatos de que ela seria utilizada como propaganda de ambientalistas em prol dos peixes, algo sobre "Pense nela quando estiver jogando lixo no mar". Bom, claramente os jovens taradíferos de hoje em dia fariam qualquer coisa por algo minimamente sexualizado, então os ambientalistas não são tão tolos quanto previamente imaginava.

Shendu04.jpg
As Aventuras de Jackie Chan
v d e h

Heróis: Jackie ChanTioJade ChanTohruCapitão BlackEl Toro FuerteViperSuper AlcePaco

Vilões: ValmontFinnChowRatsoHak FooShenduDaolon WongMacaco-ReiChangTarakudoDragoEntregador de Pizza

Irmãos do Shendu: Po KongXiao FungTchang ZuTso LanDai GuiHsi WuBai Tza

Outras bobagens: UmubukaifeiditaoVideo GameOs 12 talismãs