Bandeira da Espanha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha
Bandeira da Espanha.png

Bandeira da Espanha é o símbolo oficial da República das Touradas.

História[editar]

A primeira bandeira que representou a Espanha foi a Cruz de Burgundia quando os burgundos e as bundudas decidiram fazer o que os mouros não perderam tempo em fazer: Uma bandeira para a Espanha. A Cruz de Borgonha é um símbolo latino reconhecido mundialmente e foi usado pela Espanha por séculos.

Com a Primeira República Espanhola, uma nova bandeira foi adotada. Como na época o Real Madrid foi decacampeão mundial (porque além dele só existia o Íbis no mundo) o seu escudo foi utilizado como um brasão. A combinação vermelho-dourado foi adotado pela primeira vez porque estas são as cores do refogado de camarão.

A bandeira da Segunda República Espanhola substituiu a faixa inferior vermelha por uma azul em homenagem ao Polvo Paul que profetizou o título mundial da Espanha por mais amarelona que fosse a seleção.

Porém com a chegada do franquismo em 1938 uma tentativa de dar mais macheza à Espanha foi adotada por Francisco Franco que colocou a sua águia de estimação como novo brasão. Porém o cara que desenhou o brasão tinha gangrena no pulso e ficou esquisito parecendo mais um urubu.

Bandeira atual[editar]

Com o fim do franquismo a Espanha entrou em uma guerra civil psicológica mas precisava de uma nova bandeira para que fosse hasteada quando Fernando Alonso ganhasse alguma corrida. Para agradar a todos na Espanha (aka ETA e torcedores do Athletic Bilbao), a bandeira espanhola uniu todos os símbolos das nações espanholas (menos Galiza, que lá só tem portunhol e ninguém gosta deles).

Significados[editar]

  • Vermelho - Simboliza o sangue derramado por Franco entre 1938 e 1975.
  • Dourado - Simboliza o ouro que a Espanha roubou de todas suas colônias e hoje em dia essa riqueza toda pertence apenas a Real Madrid e Barcelona.

Evolução da bandeira[editar]