Barba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Se até Jesus usava barba por que não usar também?
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Barba.
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...se você cortar a barba hoje nascerá outra depois?
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...a barba é formada por pêlos?
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...barba "de lenhador" é usado por qualquer um?

Cquote1.png Você quis dizer: Mato na cara Cquote2.png
Google sobre Barba
Cquote1.png A barba é algo muito importante: isso que me atraiu á sua mãe Cquote2.png
Teu pai sobre barba.
Cquote1.png A Bárbara tem barba sim! No nome dela. Cquote2.png
Seu tio engraçadão sobre barba.
Cquote1.png Tinha uma criação de besouros na minha. Cquote2.png
Moisés sobre barba.
Cquote1.png Meus amados irmãos, escutem o que vos digo: quem cortar a barba vai para o Inferno! Cquote2.png
O Filho de Deus sobre barba.
Cquote1.png Guardo dinheiro de corrupção na minha. Cquote2.png
Enéas sobre sua barba.
Cquote1.png Na minhaff tanbénsf! Cquote2.png
Ex-presidente molusco sobre citação acima.
Cquote1.png A minha era mais bonita que a do Marx. Cquote2.png
Friedrich Engels sobre barba.
Cquote1.png Barba é coisa de machão, por isso que não uso. Cquote2.png
Jean Wyllys sobre barba.
Cquote1.png Barbas são grotescas. Um bigodinho estiloso lhe cai bem melhor. Cquote2.png
Adolfinho sobre barba.
Cquote1.png Concordo. Cquote2.png
Charles Chaplin sobre citação acima.

Barba é um conjunto de pêlos que ficam localizados em um rosto masculino (inclusive de pessoas como você) ou em raros casos de um rosto feminino. Uma boa barba pode fazer total diferença na vida de um homem; possibilitando-lhe um visual despojado, um bom emprego e até uma boa foda com uma mulher gostosa.

História[editar]

Pré História[editar]

A barba ajudava os homens da caverna a manterem o visual de mendigo que eles tanto se amarravam.

Durante os primórdios da humanidade os ogros e homens do tempo da Pedra Lascada viviam a se perguntar sobre o porquê de nascer aquelas coisas nojentas, conhecidas hoje como "pêlos", em suas lindas e delicadas faces. Era comum as moscas fazerem ninhos nas barbas e depositarem milhões de ovos já estragados naquelas bolas de pêlo que os homens pré-históricos carregavam na cara, afinal uma barba cultivada com tanto amor é sempre um excelente habitat para a criação dos mais variados insetos, aracnídeos e artrópodes. As preocupações daquela época não permitiam que os homens-macacos hominídeos tivessem cuidados rigorosos com a barba e simplesmente porque não sabiam para que porra servia uma barba (talvez pensassem que era para amortecer a carne do dinossauro caso esta encostasse na boca). Na descoberta do bronze, da prata e da platina os ogros cavernais começaram a olhar com mais carinho para suas barbas, fazendo questão de fazer declarações de amor para elas em pinturas rupestres.

Historiadores vindos direto do Fim do Mundo conseguiram o primeiro relato sobre barbas na Idade do Metal, relato esse que espantou o mundo. O que você verá lerá agora é a conversa entre dois trogloditas em seu ambiente de caça aos dinossauros; a conversa foi captada por diversas câmeras e registrado em áudio surround HD superbass stereo das galáxias.

Cquote1.png GUAAALLLLLLL!!! Cquote2.png
Homem da caverna1 sobre a barba estar coçando.

Cquote1.png AUSHAUSHAUSHAUS!! Cquote2.png
Homem da caverna2 sobre colocar fogo na barba.

Cquote1.png GRUUAHAUUUAAUAU!! Cquote2.png
Homem da caverna1 sobre o fogo queimar.

Cquote1.png MAMEILOLPAULMEXXAAAM!! Cquote2.png
Homem da caverna2 sobre tacar fogo a si mesmo.

Cquote1.png FUUUUUMMMEEEII!!! Cquote2.png
Homem da caverna1 concordando com a ideia.

Cquote1.png CHUÁCHUÁJOAASMMOP Cquote2.png
Homem da caverna2 perguntando se a coceira passou.

Cquote1.png DODOKANINJANNRPGLOCALOCA Cquote2.png
Homem da caverna1 dizendo que está ardendo.

Cquote1.png ROINCROINCCFUDEUBROW Cquote2.png
Homem da caverna2 dizendo "tchau" e indo caçar churuminos dinossauros.

Depois que isso aconteceu a barba realmente foi esquecida e apagada da história da pré-história dos hominídeos.

Antiguidade[editar]

Filósofos antigos adoravam uma barba para bancarem os "sábios".

Na Grécia antiga, no Império Romano e nos bacanais que aconteciam nesses locais, ter uma barba era de suma importância porque os filósofos e sacerdotes e imperadores consideravam a barba como sinal de "sabedoria, veneração aos deuses, pré-disposição para conquistas militares e um sinal visível que você gostava de uma entrada por trás." Pratão e outros desocupados viam nos enlaçados pêlos faciais masculinos a essência do belo, do divino, da sabiência e de um monte de baboseira que os filósofos gostavam de acreditar. Na República romana os cidadão eram escolhidos a dedo pela espessura e tonalidade de sua barba: se fosse uma barba grossa e preta o sujeito seria senador; se fosse grossa e branca seria presidente do grêmio; se fosse grossa e marrom seria coletor de impostos e se fosse uma barba fina ele não era considerado cidadão e se tornava catador de lixo. Os estrangeiros em Roma ou na Grécia sempre aparavam ou raspavam toda a barba para não serem incluídos na viadagem reinante daqueles lugares.

Idade Média[editar]

Reis usavam barba para serem temidos por seus vassalos e também para ficarem na moda.

Com a vinda de uma multidão de vikings e Bárbaros na Europa da Antiguidade era certo que os costumes mudariam, inclusive o que era relacionado ás barbas. Todos os europeus foram obrigados a manter pêlos faciais de até quinze centímetros a partir da raiz, naquela época até menininhos de oito anos tinham barbas do tamanho de um Maracanã. Uma das regras das alianças entre reis e cavaleiros era de "possuir uma barba grande, charmosa e que deixasse as donzelas e os reis sem ar" o que explicava o uso de armaduras: era para tapar aquelas barbas feias pra burro que os vassalos dos reis usavam. A Igreja Católica conferiu status divino ao uso da barba e quem tocasse nelas nem que fosse só para tirar uma mosca seria enviado para fogueira sem nenhuma chance de defesa. Quando o povão começou a pôr em cheque a autoridade do clero e dos monarcas eles começaram também a questionar o uso da barba.

Idade Moderna[editar]

Camões cultivava uma barba porque gostava de parecer com as mulheres portuguesas.

Época do Renascimento e das Grandes Navegações, a barba não era a coisa mais importante na vida de um homem, e sim o conhecimento das coisas fundamentais e a possessão de muito, mas muito ouro. Os reis medievais cortavam a barba para poder retirar as criações de moscas que residiam nela e então deixavam crescer aquele mato todo de novo, Galileu Galilei e William Shakespeare obtiveram forças de suas barbas para alcançarem a "luz" que os levou até os magníficos conhecimentos astronômicos e poéticos/teatrais dos quais ficaram conhecidos. Durante a Revolução Francesa o que diferenciava os viados franceses girordinos dos jacobinos era o comprimento da barba: se fosse grande era dos jacobinos, se fosse pequena era dos girordinos e se não tivesse barba era porque não era francês. Já surgiam na Idade Moderna ideias libertárias de os homens removerem completamente suas barbas ou de cortar a maior parte dela; tais ideias foram duramente reprimidas pela Interpol Igreja boba, chata, feia e cara de mamão que rotulava de "herege" qualquer homem sem pêlo no rosto, mesmo se fosse de um moleque que não entrou na puberdade ainda.

Os mouros árabes começaram a incentivar o uso da barba para honrar a Alá e o profeta Muhammad que falavam: "sem barba, sem setenta virgens". Seguindo o caminho do pessoal do Islã os judeus também optaram pela manutenção de uma barba má-feita e em tranças para honrar a Javé, seus profetas e porque ir até a barbearia cortar a barba era uma coisa que pesava muito no bolso deles.

Idade Contemporânea[editar]

A primeira barba comunista da História.

De 1789 para os anos atuais o uso da barba tem se tornado opcional para os homens, aliás se as mulheres clamavam pelo direito de não usar sutiã por quê os homens não tinham o direito de não ter barba? Um dos primeiros gênios a negar o uso de barba na atualidade foi Stephen Hawking; que disse em entrevista não gostar de barbas por não ter coordenação motora suficiente para apará-la. Hitler e Chaplin lançaram a moda do bigodinho, que era muito mais fácil de manter do que uma barba completa além de atrair todas as danadinhas do pedaço. Com o passar dos tempos foi ficando cada vez mais difícil ver um homem com um barbão na rua, seja porque todos estavam cortando seus pêlos faciais ou porque eles não gostavam de criar moscas perto da boca. Na década de 2000 novas técnicas de corte e personalização da barba foram surgindo, entre elas o incrível método de usar aeorossol para tingir a barba em várias cores. O mercado das barbearias chega a mover R$ 3000,000 (três mil) anuais no Brasil atualmente.

Estilos de barba[editar]

Barba completa[editar]

Uma barba bem definida e perfeitamente normal.

É o tipo de barba grossa e que ocupa toda a parte frontal do rosto (acima da boca, abaixo da boca e nas bochechas). Para criar uma desse tipo é necessário anos sem mexer na erva daninha que nasce no seu rosto, nem sequer que alguém toque na barba e então no final você vira um Papai Noel terá uma barba grande pra caralho que fará inveja a muito marmanjo desbarbado por aí. Barbas completas são muito difíceis de cuidar da higiene e verificar se animaiszinhos estão entocados nela, tornando a barba completa algo meio inviável para a maioria dos homens, sem contar que as mulheres dizem que uma barba assim atrapalha na hora do boquete beijo.

Barba falhada ou fina[editar]

Observe que a barba desse homem foi comida por ratos barbíferos.

Alguns ficam pensando por horas e horas se devem ou não devem raspar toda a barba que possuem, escolhendo assim cortá-la e deixá-la do modo mais fino possível. A maioria dos homens que fazem isso acabam deixando muitas falhas no corte, deixando buracos para uma possível ventilação. Ter uma barba fina pode ajudar a não ter problemas no trabalho com chefes pé-no-saco que reclamam se você usa uma barba completa. Caso possua uma barba com falhas poderá pensar em ser uma daquelas aberrações de circo ou um exemplo vivo de como NÃO cortar a barba, assim como esse cara da foto. Em questões higiênicas uma barba falhada prejudica a criação de insetos nela devido os mesmos ficarem expostos à luz por causa de tanto buracos (culpa do imbecil que não sabe se barbear).

Bigode[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Bigode
Um dos bigodinhos mais famosos de todos os tempos era do Niilista.

O bigode é um estilo de barba que deixa os pêlos apenas na área acima dos lábios e abaixo do nariz (o que no final é a mesma coisa). Para homens que não conseguem cultivar uma barba completa o bigode se torna a única opção possível de se ter algum pêlo na cara, apesar de uso do bigode ter sido vinculado à comunidade LGBT por causa de um viadinho cantor carinha chamado Freddie Mercury. Pondo os preconceitos de lado, o bigode é o mais simples e o mais higiênico dos estilos de barba; não deixando os insetos se criarem na cara do sujeito e não oferecendo coceira para quem o usa. Quando for usar bigode lembre-se que alguém pode te confundir com Freddie Mercury na rua, no trabalho ou na escola.

Costeletas[editar]

Costeletas no estilo Elvistalin.

Costeletas é um estilo de barba em que os pêlos se localizam entre as orelhas e a bochecha ou dizendo de um modo mais fácil era o que o Elvis usava. É o mais tosco dos estilos, mas nem por isso é o menos usado, Elvis deixou essa praga para os homens que é achar as costeletas algo bonito, elegante e achar que isso atraí mulheres. Como é o mais feio dos estilos, ninguém se importa sobre as questões higiênicas ou estilísticas que circundam esse estilo. E lembre-se: você ficaria ainda mais feio se usasse costeletas.

Cavanhaque[editar]

Um maluco que usa cavanhaque.

Cavanhaque é quando o cara decide manter pêlos apenas no queixo e nada mais, tornando-o assim mais próximos dos estilosos bodes. Negões e neguinhos são mais capazes de desenvolver cavanhaque devido à questões genéticas, mas homens brancos também podem desenvolver cavanhaques se fizerem meia hora de macumba com pêlos de ganso e lágrimas de crocodilo. Cada vez que você assume o uso de cavanhaque você deixa um bode feliz.

Barbicha[editar]

Seu estilo de barba pode acabar denunciando sua sexualidade.

Barbicha é quando os pêlos existem abaixo dos grandes lábios, acima dos lábios e entre os lábios, mas sem possuir pêlos na bochecha. Barbichas podem remeter o indivíduo à uma vilania, uma boiolice ou mesmo ao pertencimento à uma gangue! Pois é... não estranhe se um policial se esfregar em você te parar caso você use uma chamativa barbicha rosa pink purpurinada. Caso você tenha uma barba completa e queira mudar para uma barbicha é necessário que você pegue um aparador de gramas, especialmente o do Senhor Willys, e vá cortando todo os mínimos pêlos que encontrar em sua bochecha, tendo cuidado em não ferir o rosto durante o procedimento cirúrgico .

Utilidades da barba[editar]

Barbas não são apenas um aspecto biológico dos homens e sim um símbolo da personalidade masculina em conjunto com as mudanças sociais decorrentes da História humana. Elas podem ter uma infinidade de uso além de enfeitar o rosto; aqui estão algumas das utilidades secretas da barba.

  • Te fazer mais bonito - Muitos galãs hollywoodianos têm o charme justamente nas florestas que cultivam em suas fuças, coisa que faz milhões e unidades de admiradoras dizerem que queriam sentir a barba deles roçando em sua pele quando na verdade querem é sentir a conta bancária deles em suas mãos. Se a barba não te deixar mais bonito ao menos vai tirar um pouco o foco da sua cara feia.
  • Guardar coisas - Esta é para aqueles que têm uma barba grande e grossa, servindo como um guarda-objetos com um espaço equivalente a uma bolsa feminina. Você foi assaltado e levaram sua carteira? Começe a levar seus documentos e dinheiros na sua volumosa barba e dificilmente algum ladrão voltará a tomar objetos de ti.
  • Termômetro - Em temperaturas frias você sentirá sua barba tremendo em calafrios, clamando por um simples trapo ou cobertor para acalentá-lhe os pêlos. Em temperaturas quentes sua barba coçará pra caralho, fazendo você ter feridas que se parecem com arranhaduras de gato.
  • Te diferenciar - Como dito anteriormente barba é uma questão de personalidade seríssima e o jeito que você utiliza a sua pode fazer o diferencial com os outros homens e com a mulherada. Sua barba toda feia pode impedir que você seja preso por engano, porque a barba do criminoso é bem feita e a sua é um bagulho; a barba pode te denunciar caso você dê ré no quibe e queira esconder sua condição masculina, te diferenciando de mulheres de verdade.

Cuidados com a barba[editar]

Fazer a barba é essencial para que você não pareça com o Chewbacca.

Ao deixar uma barba crescer você assume responsabilidade sobre ela, devendo cuidar dela como se fosse uma criança de colo. Barbas mal-cuidadas são um prato cheio para insetos e para fofocas alheias; ou você prefere que o bairro inteiro diga que você se parece com um mendigo? De qualquer maneira aqui estão três modos de deixar a barba bem-cuidada.

  • Afeitamento - Significa apará-la com uma tesoura ou cortá-la com máquina de barbeiro. Para afeitar pegue a tesoura que você usou para cortar seus pentelhos e vá aparando bem as pontas dos pêlos do seu cu sujo da barba, observando atentamente para não deixar pêlos maiores que o outro. O afeitamento pode durar de dois à cinquenta minutos dependendo da destreza do cidadão em manejar uma tesoura. Depois de afeitar a barba se jogue no sofá, peça para sua mulher lhe trazer uma cerveja, ligue a televisão no canal do futebol e coçe o saco diretamente, com as mesmas mãos que acabou de fazer a barba e que não foram lavadas.
  • Loção - Para sua pele não ficar muito áspera com o atrito da lâmina ou navalha use talco de bebê loção pós-barba para manter a pele lisinha, cheirosinha e gostosinha para o seu cachorro lamber sua cara depois. Procure usar loções bem suaves, pois se usar uma mais forte é bem capaz que você grite que nem uma menininha.
  • Perfume - Quando a loção não deixa os resultados desejados um bom perfume resolve a situação. Daí você pensa: "nunca vi ninguém passar perfume no rosto..." no entanto estas eram pessoas normais e você não é nem um pouco normal. Tenha muito cuidado ao espirrar o perfume para que ele não entre nos seus olhos e você venha a morrer de pneumonia.

Colorindo a barba[editar]

Homens mais velhos ou simplesmente homens que jogam no outro time preferem trocar a cor original de suas barbas por algo que lhe agrade mais. As quatro cores naturais de barba podem ser trocadas por outras com um simples toque de mágica pincel. A seguir as quatro cores naturais de barba.

  • Preta - Barbas comuns e de homens jovens. Ter uma braba preta significa que você é jovial, dinâmico sem-vergonha, com uma propensão grande para ser um canalha ou um Dick Vigarista da vida. Cores que podem ser trocadas pelo preto são laranja, uva e amôra.
  • Marrom/Castanha - Barbas semi-comuns e de homens de meia-idade. Os coroas que têm uma braba marrom demonstram cansaço, preguiça e uma sabedoria de botequim. Cores que podem ser trocadas pelo marrom são azul-turquesa, amarelo framboesa e vermelho avermelhado.
  • Branca/Grisalha - Barbas de segunda classe e de homens com um pé na cova. Esse tipo de barba demonstra uma sabedoria verdadeira, plenitude de espírito e impotência sexual. Cores que podem ser trocados pelo grisalho são os mais joviais preto e marrom.
  • Verde - Uma cor muito rara de barba, que apenas duendes e moradores do Acre possuem. Ter uma barba verde significa que você veio de um conto da Disney. As cores que podem ser trocadas pelo verde é nenhuma pois essa porra de barba verde não existe e você deve ter fumado muito para ter uma ideia de jerico dessas.

Modelando a barba[editar]

Barba e maldade estão intimamente ligados. Spock sofreu preconceito por causa disso.

Todos os pêlos do corpo são suficientes flexíveis para que você possa brincar com eles e modelá-los como bem entende, mas você não fará isso com seus pentelhos porque ninguém verá sua "arte" (ninguém verá mesmo...). Você pode fazer tranças, luzes, dreadlocks, progressiva e chapinha em sua barba e verá como ficará super gay fashion. Faça o seguinte: pegue sua barba e a estique até onde puder; enrole-a, enrole-a mais uma vez... agora corte e faça um baseado jogue esa merda no lixo. Para modelar a barba você precisa ir em uma barbearia profissional (de favela não vale) e desembolsar no mínimo R$ 200,00 para que façam um único coque no matagal que você leva na cara.

Mulheres barbudas[editar]

Uma terrorista mulher com barba.

Embora barba seja uma característica fisiológica, biológica, sociológica, religiosa entre outras coisas masculinas algumas mulheres também possuem barba. Conhecidas como aberrações de circo, essas mulheres sofrem de hirsutismo, problemas no ovário e excesso de testosterana; o que as faz levar uma vida de muitas perguntas de pessoas que não entendem a situação delas além de sofrerem um bullying maior que você sofre. Apesar de todas as dificuldades essas mulheres conseguem se casar e ter filhos, afinal ter pêlos na cara não as impedem de darem a buceta.

Barba e masculinidade[editar]

A barba de Lula é um monumento tombado pelo Patrimônio Cultural da Humanidade.

É do senso comum que a barba de um homem representa sua virilidade e potência sexual, mas isso é uma baita de uma lorota! Muitos homens glabros (sem barba) chegaram onde nenhum barbado jamais sonhou em conseguir. Quer um exemplo? Neil Armstrong o primeiro homem a pisar na Lua tinha o rosto liso como o de bebê e no entanto ficou com mais moral do que todos os barbados do mundo, tendo o saco puxado até pelo então presidente norte-americano. Ele foi ou não foi um grande homem mesmo sem uma palha ds aço presa na cara? Quer outro exemplo? FHC foi um homem que não deixava a barba crescer (ou não timha barba mesmo) e mesmo assim foi o presidente brasileiro que implantou o Plano Real e deixou o país em uma situação maneirinha no cenário mundial, ele precisou de barba para ser presidente? O cara que disse que "homem sem barba não é homem" hâ de introduzir um de seus dedos no reto e depois deleitar-se com o doce aroma do mesmo.

Curiosidades[editar]

Broom icon.svg
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que esta seção pode ser aproveitada integrando-se piadas decentes às seções mais adequadas.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!

Ter barba é um grande poder que traz grandes responsabilidades e por isso tem que se cuidada à base de muita água e pão de ló. Aqui estão coisas que você não sabia sobre barbas (Ou sim).

  • - A espessura de uma barba pode ser medida em régua.
  • - Todo moleque começa a se barbear muito antes de ter sequer um bigodinho.
  • - Existem barbas postiças
  • - E você usa uma que eu sei.
  • - O bigode mais charmoso é o do Ratinho.
  • - Só homens retardados usam costeleta, ou são fãs do Elvis.
  • - Todo vilão usa uma barbicha maligna.
  • - Bodes têm cavanhaque.
  • - Tua mãe usa máscara na cara para esconder a barba. Só a tirando para dormir.
  • - Se barbear sem espuma pode causar pontos vermelhos no rosto.
  • - Cortar a barba com navalha faz você cortar o dedo. Lula é um exemplo.
  • - Religiosos deixam a barba crescer como forma de temência á Deus. E por isso fedem tanto.
  • - A sua barba é horrível.
  • - A barba certa pode atrair a mulher certa.
  • - A barba do Papai Noel não é cortada desde que Jesus nasceu.

Mural dos barbudos[editar]

Vídeos[editar]

Ver também[editar]