Barco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Barco é um veículo (...) a ser usado na água mas, para poucas pessoas, então é pequeno mas, costuma ser maior do que canoas e, bem menor do que navios. Quem não sabe disso? Se você acha que esse artigo é a maior idiotice acertou. Mais idiota porém, é você que está lendo mas, já que está, então continue a leitura.

Atravessando[editar]

Nada que a falta de material impeça.
Seu tio engraçadão dando uma voltinha.

Barcos são muito antigos e foram criados para ser mais seguros do que canoas e jangadas mas, claro que seguro nada é, como acharam os imbecis criadores do fatídico navio mais famoso. Os atuais sejam de cargas úteis tipo produtos e alimentos, ou de cargas inúteis, tipo pessoas são mais seguros por não cometer a mesma idiotice do citado.

O barco foi projetado para ser seguro e ser casco deve ser resistente e deve ir mais longe do que canoas e afins, antigamente a versão gigante do barco era caravela e não navio, isso agora também eu sei lá porque. Mas, o caso é que os barcos não foram construídos primeiramente para fugir de inimigos ou para levar ou buscar alimento ou alguma espécie de objeto de consumo, bem mais ou menos, na verdade o que primeiramente atraía a cobiça do navegante era aquilo que faz um cachorro pular um muro de mais de dois metros, isso caso do outro lado tenha uma cadela e, agora você já entendeu.

É verdade msmo, os primeiros relatos de situações em que, a nado seria arriscado e uma canoa ou jangada não seria tão seguro, foi para conseguir isso mesmo, e nem vamos entrar nas variantes que daí há relatos que vão ferir sua sensibilidade, ou lhe excitar daí é com você mas, é melhor voltar à utilidade do barquinho.

Iça vela do barco[editar]

Você navegando.

A vela é uma coisa que pode ser útil ao barco ou não isso depende do tipo, os mais modernos a maioria não precisa, já que possuem motor e, depois de ter o motor passaram a ser chamados lanchas ou iates, que dizem ser variantes mas, na verdade são bercos mesmo mas um pouco mais sofisticados.

A vela é algo que deixa os barcos poéticos mas, como já mencionado nem todos precisam da vela e, assim ficam um pouco menos charmosos não tem aquela presença toda que os olhinhos gostam de ver surgir no horizonte. As velas são bem intessantes mesmo, nem que forem feitas dos cuecões velhos de seu pai e do seu vô, pois ficam no mastro pegando vento e ajudando o barco a se locomover.

Os primeiros barcos eram usados como já mencionado para que se pudesse fazer sexo com quem estava do outro lado e quando a criatura chegava ao destino poderia se decepcionar com o quehavia visto de longe, nem tanto pela aparência física não ser tão agradável quanto parecia mas, porque traveco existe desde que o mundo é mundo... algumas vezes a criaturinha linda estava se banhsndo na beira de um rio e, quando o tarado chegava ao seu destino já via o algo mais logo de cara para não deixar quaisquer dúvidas.

Ver também[editar]