Barens Rubrichello

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sonic Maneiro.jpg Este artigo é sobre alguém que se dedica e corre pra caralho!

E já não está mais aqui, então não vandalize!

Winner 2.jpg Este artigo é sobre um(a) VENCEDOR(A)

Ganhar medalha de ouro é rotina, pô!

Veja outros campeões aqui.
Cquote1.png Você quis dizer: Erro. É tão rápido que não é possivel processar. Cquote2.png
Google sobre Barens Rubrichello

Cquote1.png Desaceleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeera Barinho! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Barens Rubrichello
Cquote1.png Já fui atropelado uma vez. Perdi a alma, mas tudo bem. Cquote2.png
Eu sobre Barens Rubrichello
Cquote1.png Minha carreira foi até melhor que a dele, mas hackearam meu PlayStation. Cquote2.png
Rubens Barrichello sobre Barens Rubrichello
Cquote1.png Esse idiota tá correndo de ré! Cquote2.png
Michael Schumacher sobre Barens Rubrichello
Cquote1.png Eu me inspiro muito nele. Não conte pra ninguém. Cquote2.png
Chuck Norris sobre Barens Rubrichello

Sempre com um sorriso na cara, Barens está sempre disposto a cometer atos de vilania, principalmente contra o Schumacher e outros pilotos brasileiros.

Origem[editar]

A controversa origem de Barens Rubrichello ocorreu graças à rivalidade entre Cresus Jisto e Chuck Norris. Esses dois seres lutam até hoje no nosso mundo e no Mundo do Contra. No início do século XX, Jisto descobriu que Chuck Norris desenvolveu um novo poder de encarnar em um ser humano sem morrer. Este ser viria a ser Ayrton Senna, um bom corredor em qualquer um dos dois mundos.

Algumas décadas depois, Cresus estava trabalhando na criação do Weegee. Antes dele acordar pela primeira vez, Jisto extraiu a pura força maligna do monstro e fundiu com a sua. Chuck Norris conseguiu intervir na fusão por meio do mundo normal, dando origem a Rubens Barrichello(velho camarada!). Mas isso não impediu a origem de Barens Rubrichello no Mundo do Contra!

Diplomacia com Ayrton Senna[editar]

Esse foi o resultado da primeira disputa entre Barens e Senna.

Ayrton foi sempre um companheiro do Rubrichello. Algumas vezes, porém, Barens emergiu do Mundo do Contra para tentar eliminar o concorrente, pois ele, na verdade, era um certo amigo de infância. Na maior parte das vezes, no entanto, tudo estava em paz. O importante era que tudo parecesse um terrível acidente, assim como aconteceu mais de uma década depois com Felipe Massa. Barens jamais ganhou corridas, graças às intervenções de Chuck Norris para proteger seu pseudônimo Ayrton Senna

Cquote1.png Pena que ele não corre pela Ferrari... Cquote2.png
Barens Rubrichello comenta sobre Senna

A Batalha dos Anticristos[editar]

Barens Rubrichello, dirigindo uma Ferrari, é bastante generoso com os seus adversários

Ayrton Senna e Barens Rubrichello se encontraram uma última vez, na pista Rainbow Road do Mario Kart 64, no Mundo do Contra, utilizando seus poderes absolutos. A pista ainda era uma versão beta. Por incrível que pareça, Barens estava à frente do Senna (Chuck) até o fim da última volta. Então, Chuck fez um hack no jogo e criou o Casco azul fodástico cheio de espinhos, que atormenta pessoas anormais que nem eu ou você até hoje.

Ao lançá-lo, Chuck esqueceu-se do nível de seu poder. Ele atirou o casco, que logo atingiu Barens. Os dois sobreviveram por muito pouco, mas a pista foi destruída. A explosão foi tamanha que afetou o Ayrton no nosso mundo, enquanto ele dirigia em Imola. O volante arrebentou, ele bateu e morreu.

Infelizmente, Rubens Barrichello era tão ruim nessa época que não foi afetado pela detonação. Pior, o jogo Mario Kart 64 só foi lançado seis meses depois por causa disso.

Diplomacia com Michael Schumacher[editar]

Barens continuou sem poder fazer muita coisa por Rubens, mas planejou vingar a ascensão do Império do Mal de Schumacher graças à partida do Senna. Fingiu estar em segundo como sempre, mas impressionou o mundo com sua primeira vitória na casa do Alemão, em Hockenheim. Não demoraria muito até que outros troféus viessem. Logo Barens conseguiria realizar o sonho do Brasil e dos outros pilotos, mas antes disso acontecer, apareceu outro filho da puta herói da nação...

Imagem da primeira vitória de Rubens, na Fórmula 1. Sob controle de Barens, Rubinho vibrou tanto que arrancou a parte da frente de seu carro.

Diplomacia com Felipe Massa[editar]

Bom amigo de Rubens, mas Barens tem ódio desse cara. Ele tirou o Rubinho da Ferrari, conseguiu um vice-campeonato e ainda assistiu o Schummy Vigarista pedir pra sair(mesmo ele tendo voltado anos depois). O ódio foi tanto que ele tentou assassinar seu compatriota com uma gentil tijolada. Em compensação, acabou até perdendo o vice-campeonato neste ano. A consequência para Felipe Massa foi tamanha que ele perdeu a capacidade de ser vice.

A câmera foi rápida o suficiente para flagrar o inofensivo tijolo que se aproximava da face do Massa com uma velocidade relativa de 773km/h.

Hoje, Barens está em paz com todos, mas também está esperando uma chance de estender esse texto na Desciclopédia. Ele está figurando no meio do grid, na mesma equipe e com quase a mesma pintura do carro do Ayrton Senna quando ele fez as malas.

A Vingança de Jisto[editar]

Chuck Norris e Cresus Jisto já estão hackeando o futuro para disputar uma nova corrida em Rainbow Road no Mario Kart que está por vir, no Wii U. Neste ponto, a inimizade entre esses dois entes é questionável, já que eles podiam estar se trucidando no Mundo do Contra.

O serviço secreto Mario Bros. International revelou, dias atrás, um artigo indicando que Weegee está de olho no Barens. O clone diz que irá reconvertê-lo com sua energia ocular se ele se purificar completamente. Essa teoria é questionável, pois Rubrichello é tão rápido quanto Chuck.

Verdades e Mentiras sobre esse viado[editar]

Olha a felicidade! Kubica depois de encostar no carro do Barens.
Blood Spatter.jpg

Bem, eu vou continuar isso em memória do outro autor, que acaba de ser atropelado porque esqueceu que Barens é um vilão. Menos um idiota no mundo.

Barens Rubrichello já correu no mundo real.

- Verdade. Só que a pé. Ele não precisa correr na corrida para ganhar.

Barens Rubrichello ganhou Monte Carlo correndo na contramão.

- Três vezes.

Barens Rubrichello já perdeu pra Rubens Barrichello.

- Mentira. Você precisa estar a pelo menos 50km/h para entrar no Mundo do Contra.

Barens Rubrichello já levou multa.

- Mentira. Ele é rápido demais pros pardais detectarem.

Barens Rubrichello já atropelou Galvão Bueno.

- Verdade, mas o Galvão só não viu o carro porque o nariz é muito grande. Foi um suicídio.

Barens Rubrichello consegue sair do carro, fazer um pit-stop sozinho e voltar mais rápido que os outros pilotos.

- Mentira. Ele nunca tentou isso, mas sabe que o código da FIA é tão 171 que eles permitem isso?

Barens Rubrichello ficou dez anos sem ganhar um título!

- Verdade. Nessa época ele nem corria ainda.

Barens Rubrichello consegue andar mais rápido que o carro.

- Verdade. Uma vez, ele amarrou uma corda no aerofólio do carro e o arrastou até a chegada.

Barens Rubrichello ganhou uma corrida de Rally mesmo tendo esquecido de abaixar o freio de mão.

- Verdade.

Barens Rubrichello já dirigiu uma Ferrari F150 na Marginal Tietê a mais de 320 km/h.

- Verdade. Ele estava aquaplanando no rio.

Barens Rubrichello já ganhou uma corrida sem o volante.

- Mentira. Foram cinco.

Ver também[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Barens Rubrichello no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg



Espelhonomdc.jpg
v d e h
Mundo do Contra