Basan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fogo.jpg Este artigo é queeeente!

Se quiser editar este artigo, entre numa geladeira, ligue o ar condicionado no máximo e beba uma coca-cola gelada. E não lute contra Sailor Mars!

Basan logo após ter fumado um baseado

Basan é um dos yōkai mais cômicos de toda a mitologia japonesa, afinal, ele tem a forma de uma galinha e tem uma língua gigantesca, além de ter a incrível habilidade de soltar chamas fantasmas vindas diretamente do inferno, para tranformar seus inimigos em churrasquinho de gato pronto para ser vendido em alguma rua do centro de São Paulo.


Mito[editar]

Basan travando uma feroz batalha contra um típico roceiro

Pouco se sabe sobre esse yōkai, afinal, ele tem a mesma importância para a mitologia japonesa do que o Doni tem para a seleção brasileira. Ou seja, nenhuma. Porém, segundo cientistas alienados que insistem em pesquisar sobre essa mitologia que nón ecsiste inexistente, Basan vivia na Província de Iyo, sendo que, para se alimentar, ele assustava pobres agricultores que viviam ali por perto, para poder comer as suas plantações de maconha.

Como Basan era muito nociva para os caipiras de uma maneira geral, estes se reuniram e formaram um movimento revolucionário, chamado UTPJ "Caça aos yōkais". Assim, depois dos caipiras se armarem com as suas modernas armas, denominadas tacapes, eles foram à luta para caçar o terrível Basan.

Com as suas poderosas ferramentas, os agricultores fizeram uma "operação pente fino" na montanha, para achar esse yōkai que era gigantesco, e tinha a incrível altura de 30 cm. Quando Basan foi encontrado, comendo uma carne de galinha, e os agricultores, que eram mais altos que o Sérgio Reis, começaram a lutar contra o yōkai de 30 cm, e o resultado foi óbvio. Basan WINS!!. Ou seja, de acordo com os cientistas e filósofos japoneses, o Basan vive até hoje na Província de Iyo.

Cita3.pngAi, que medo!!Cita4.png
Doutora Carla


Características gerais[editar]

Como o Basan é um galo, como não poderia deixar de ser, ele é extremamente brigão, e luta contra os caipiras apenas para ver eles correrem que nem loucos. Ou seja, só de ver isso, já dá pra se ter idéia da personalidade de Basan.

Para conseguir seus alimentos, além de atacar plantações alheias, o Basan também ataca animais pequenos, mais pequenos que a sua inteligência, afinal, carne é carne. Obviamente, como Basan tem o poder de soltar fogo, ele não come a carne crua, mas faz um belo de um churrasco com esses animais, tchê!!