Basquetebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Basquete)
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png We are GODS!!! Cquote2.png
NBA sobre Basquete
Cquote1.png Na União Soviética, a bola arremessa VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Basquete
Cquote1.png Por que é que ninguém chuta logo essa bola??? Cquote2.png
Carla Perez assistindo a uma partida de Basquete
Cquote1.png Por que o Bernardinho não convoca o Gustavo Borges pra seleção? Cquote2.png
Tua avó sobre Basquete
Cquote1.png Você traiu o movimento pé na bola, véio!! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Basquete
Cquote1.png Eu gosto de "bakete"! Cquote2.png
Mano analfabeto sobre Basquetebol

Basquetebol, ou simplesmente basquete, é um esporte idiota praticado por pessoas desprovidas de massa encefálica, consiste em um grupo de 6 pessoas suadas se esfregando uns nos outros tentando jogar a bola num cesto suspenso... e é isso.

História[editar]

Demente achando que basquete é malabares

O basquete nada mais é do que uma evolução da antiga "queimada", brincadeirinha infanto-juvenil vastamente praticada no Canadá. Os antigos norte-americanos, revoltados pela discriminação à prática da queimada, uma vez que era esporte exclusivo de meninas (ou meninos que seriam futuramente emos), resolveram criar um esporte que seria exclusivo para homens, então inventaram um esporte em que se utiliza a mão, tem que ter pontaria, não precisa ter inteligência, precisa ter mais de 1,80m de altura e um bom condicionamento físico. Ou seja, um esporte que dificilmente seria praticado por mulheres.

Mesmo com todas as adversidades, algumas mulheres resolveram adotar o basquete como esporte profissional também, mas estas jamais conseguiram enterrar uma bola, e precisam jogar como maricas, mas como são mulheres mesmo, elas não tem problema em jogar como maricas que não conseguem enterrar. Basicamente toda mulher maior de 1,80m que não tem visão de jogo para ser goleira de futebol, coordenação motora pra jogar vôlei, velocidade pra jogar handebol ou delicadeza para fazer balé ou jazz, acaba virando jogadora de basquete. Não há outros requisitos além destes.

Como virar um jogador de basquete[editar]

O armador Diego Maradona, da Argentina, tentando um arremesso de bandeja sobre o pivô inglês Peter Shilton, a postos para o rebote sob o garrafão.

Para um garoto virar jogador de basquete ele tem que:

  • Ser garoto
  • Saber falar inglês, para conseguir gritar o nome dos seus ídolos (ou não);
  • Medir entre 1,80m e 2,50m de altura;
  • Pesar mais de 130 quilos;
  • Usar camisas regatas no melhor estilo 50 Cent;
  • Ouvir 50 Cent;
  • Falar gírias de 50 Cent etc.
  • Ser negro, ou não
  • Usar roupas largas, no melhor estilo pijama e camisolas
  • Usar tênis tamanho 44 para cima
  • Odiar futebol

Regras[editar]

Uma partida de basquete é disputada por duas equipes que são compostas por 5 gigantes de cada lado (em jogo), mais 7 gigantes reservas em cada equipe.

O jogo começa com o lançamento da bola ao ar, pelo árbitro, entre dois gigantes adversários no círculo central. A bola só pode ser tocada quando passar do teto da arena.

Foto de uma enterrada

A duração da partida é dividida em quatro períodos de 12 minutos de tempo útil cada, com pedidos de tempo durante o jogo para mijadas rápidas e umas bebidas, e com intervalos de dois minutos entre o primeiro e o segundo período e entre o terceiro e o quarto período para falar mal um do time do outro e as vezes uns morenos escorregando na privada. O cronômetro só avança quando a bola passa entre os gigantes e os gigantes toquem na bola.

Basquete um esporte muito honroso.

O sistema de pontuação é bem simples. Para marcar pontos é necessário fazer a bola passar dentro daquela redinha naquela tampa de vaso sanitário suspensa. Uma cesta normal vale 2 pontos, agora, se tu tiveres acertado a cesta de fora do risquinho branquelo que dá a volta na cesta aí são 3 pontos, maluco! E caso o adversário passa a mão no seu corpo, é marcado uma falta, e desse arremesso livre é marcado 1 ponto para cada acerto.

Finalmente, ganha o jogo quem mais marcou pontos e menos matou jogadores adversários. Se rolar empate rola prorrogação de 10 minutos, e persistindo o empate, prorroga de novo até algum dos gigantes cair morto de cansaço, pois no basquete não é permitido empates.

Tempo com bola[editar]

Origem do basquetebol

O basquete é um esporte frenético, para tudo há limite regressivo de tempo, como por exemplo a regra dos 24(bixisse a parte) segundos de ataque, então caso um time fique 24 segundos com a bola sem fazer porra nenhuma, o juiz manda ele devolver a bola ao adversário. Há ainda a regra dos 15 minutos sem perder a amizade onde cada jogador pode xavecar uma cheerleader, e se conseguir levá-la para o motel em menos de quinze minutos, é considerado cesta!

Já na regra dos 3 segundos um jogador não pode permanecer mais de 3 segundos sendo xingado sem retrucar.

Enquanto na regra dos 8 segundos é dado este tempo máximo para o jogador comer o juiz.

Faltas[editar]

Aliás, como o basquete era para ser um esporte teoricamente de homens, é terminantemente proibido encostar no jogador adversário, assim evitando gayzices de muito contato físico, tanto que ao contrário do vôlei onde a cada mísero ponto todos se unem para um abraço coletivo bem gay, ninguém faz essa viadice no basquete a cada cesta marcada. É portanto falta só de encostar no adversário, por isso que quem joga futebol não consegue jogar basquete, pois está sempre querendo encoxar os outros como normalmente faz no futebol, e fica assim cometendo faltas desnecessárias.

É considerado falta antidesportiva tapa na nuca, voadora, bicudão, socão na beiça, peteleco na oreia, bico, rodo, paulistinha, pescotapa... É tudo falta malucão! Você pode arrastar o adversário pelo chão, mesmo que ele seja branco e extremamente pequeno e limpe o chão. Não é considerado falta comer a mãe do adversário, a mãe do juiz, a mãe do técnico adversário, comer a mãe do juiz a do técnico e a do adversário ao mesmo tempo. Agredir um companheiro do seu time também não é falta.

Falta de equipe, mais rara, ocorre quando o time inteiro se une para dar um cuecão no técnico adversário.

Há ainda as faltas técnicas, que são aquelas cometidas apenas pelos amadores, como andar com a bola, prender a bola e não saber fazer uma bandeja direito.

Ver também[editar]

v d e h