Bastardos Inglórios

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Inglourious Bestas
Bastardos Inglórios
Bastardos Inglórios.jpg
França ocupada pelos nazistas
1949 ı cor ı 5 horas
Direção Quentin Tarantino
Elenco *Brad Pitt
Roteiro Monty Python

Gênero {{{gênero}}}


Bastardos Inglórios é mais um infame filme de Quentin Tarantino fruto de sua imaginação fétil baseado em fatos reais da Segunda Guerra Mundial, descreve todos os fatores decisivos dos principais envolvidos no que decretou a morte de Hitler em 1945.

O filme é marcado pelos diálogos tensos, frases de efeito, diálogos tensos, boas atuações, diálogos tensos, muita conversa fiada e muitos diálogos tensos.

Tabela de conteúdo

[editar] Sinopse

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que o Bruce Willis estava morto o tempo todo, ou que a Espanha dá dez pontos pra Israel e Israel ganha.
Spoiler3.jpg


Como já é de praxe, Tarantino dividiu seu filme em capítulos bem definidos para dar uma sensação que a história é longa:

[editar] Capítulo 1 - Era uma vez... Na França ownada pelos nazistas

Cquote1.png Eu gosto de leite, é fresco. Aliás, sabemos que os ratos e esquilos são ambos roedores, mas porque você não acha os ratos fofos? Cquote2.png
Hans Landa enrolando

Em 1941 o coronel nazista Hans Landa visita a bucólica Domrémy a procura da líder da resistência Joana d'Arc, aproveita para infernizar a vida de alguns judeus. Fica conversando uns 20 minutos com o Rufus, o Lenhador em inglês e francês para constatar que ele escondia judeus no porão, que foram fuzilados. Apenas a garota Shana Shosanna fugiu com sucesso.

[editar] Capítulo 2 - Bestas inglórios

História paralela que mostra uma infantaria gringa na Normandia liderada por Brad Pitt comandante de outros mascadores de chicletes. Chamados de "bastardos", esse grupo de judeus-americanos tem como hobby matar nazistas e tirar seus escalpos porque Brad Pitt tem descendência indígena (tanto quanto o Tom Cruise ser um samurai japonês). Quem sobrevive é marcado a faca com uma suástica na testa e é mandado ir choramingando para Hitler, que no filme é fielmente retratado como um emo imbecil, sendo considerado o Hitler mais realístico da história do cinema.

[editar] Capítulo 3 - Noitada alemã em Paris

Aquela Shosanna que escapou no capítulo Um toda suja de bosta de porco, é agora "Emmanuelle Mimieux", uma francesa sedutora dona de um cinema em Paris. Zoller, um soldado metido a besta tenta comer a moça sem pagar e sem saber de seu passado e origens, e ganha o record de foras recebidos, até que decide, sem perguntar, exibir um filme nazista Tempos Modernos de Charles Chaplin no cinema de sua musa judia para os mais poderosos nazistas, incluindo Hitler. "Mimieux" é apresentada aos mais altos nazistas em uns diálogos tensos de meia-hora que não levam a nada. Só à confirmação de que o filme vai ser exibido naquele buraco.

[editar] Capítulo 4 - Operação Kiko

Cquote1.png PQP! Eu sabia que os nazistas eram emos, mas nem tanto! Cquote2.png
Shosanna sobre Zoller

É iniciada uma operação britânica secreta que usaria a atriz alemã Bridget von Hammersmark e os bastardos para explodir o cinema que Hitler e seus miguxos iriam em Paris. Ao mesmo tempo, Shosanna e seu amante negão também planejam queimar aqueles emos e seu cinema junto com eles usando rolos de papel higiênico como combustível. No lado dos bastardos rola um puta de um tiroteio num bar depois de meia-hora de conversa fiada e truco.

[editar] Capítulo 5 - A vingança dos sith

O momento final do filme. Mesmo com a perna quebrada porque escalou uma montanha em Paris (WTF?), Bridget von Hammersmark e os Bastardos vão ao cinema. O plano entra em prática, mas os bastardos fazem tudo errado e se fodem. Sorte que o Hans Lada trai os nazistas para deixar o protagonista vivo, que Shosanna consegue queimar o cinema e que os dois patetas conseguem metralhar a cara do Hitler. Os nazistas até tentam manter o Terceiro Reich usando um sósia do führer, mas como sabemos, a União Soviética matou esse sósia no ano seguinte, em 1945.

[editar] Personagens

Cquote1.png E agora? Onde enfiamos essa faca? Cquote2.png
Brad Pitt.
  • Aldo Raine - Indígena americano que entrou no exército para pegar escalpos de nazistas. É aquele típico soldado americano de bigodinho. Era para ser o protagonista do filme, mas como sabemos que Brad Pitt é um péssimo ator, Tarantino foi colocando o cara para escanteio até sumir completamente. É da mesma escola do Capitão Nascimento e Justiceiro.
  • Donny Donowitz - Outro membro dos Bastardos. É um insano com taco de baseball que tem como hobby matar nazistas.
  • Hugo Stiglitz - Psicopata alemão que trabalha para os Bastardos.
  • Shosanna Dreyfus - Judia que sobreviveu a Hans Landa na adolescência, assumiu a identidade de Emmanuelle Mimieux, uma francesa dona de um cabaré em Paris. É uma dessas loiras que tem tesão em negões sarados. Se segurou o filme todo para não chutar as bolas de Zoller, que teve o destino merecido. Apesar de ter conseguido com sucesso queimar o cinema e ajudar a matar Hitler, toma bala do viado. e morre.
  • Fredrick Zoller - Nazista com cara de boa praça, mas que matou mais de 8000 inimigos e tentou estuprar Shosanna no final depois que levou o centésimo fora da moça. Toma um tiro pra largar de ser otário, morreu virgem.
  • Hans Landa - Antagonista do filme, sabe falar 4 línguas e sua principal arma está em sua retórica e inteligência, mas principalmente em suas embromações e longos diálogos de no mínimo 1 hora que fazem seu ouvinte surtar. Matou a família de Shosanna, matou a atriz alemã, levou o Brad Pitt pro cafofo. No final fecha um acordo com os americanos, traiu Hitler em troca de ilhas no Caribe cheias de dançarinas de hula-hula nuas, e então no fim ele... se quer saber assista o filme porra!
  • Bridget von Hammersmark - Atriz pornô alemã que traiu os nazistas porque queria trabalhar em Hollywood. Sobrevive milagrosamente a uma imensa treta num bar que foi metralhado, com apenas um tirinho na perna. Hans Landa descobre a sua traição e calça o sapatinho na Cinderella.


v d e h
Oscar 1.jpg Logo Coisas de Hollywood.jpg Oscar 1.jpg
Oscar 4.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas