Battle Arena Toshinden

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Battle Arena Toshinden é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, alguém zera Metroid com 100% e descobre a Samus é uma loira.


Batata Arena Toshida
Battle Arena Toshinden PS cover.jpg
Capa tosca do primeiro jogo
Gênero porradaria
Desenvolvedor Tamsoft
Publicador Takara
Plataforma de origem PlayStation, Sega Saturn, Game Boy, Wii, R-Zone
Primeiro lançamento Battle Arena Toshinden 1 (1995)
Último lançamento Toshinden 4 (1999)

Battle Arena Toshinden é um Soul Calibur que deu errado, usando a qualidade gráfica quadrada do Tekken apesar da importância na inovação de jogos de luta em 3D, não passou de um rascunho mal sucedido de Soul Calibur.

Jogo lançado para o PlayStation na época que seu avô ainda comia sua avó, naquela época antiga como todo mundo só tinha o Nintendo 64, é óbvio que essa porcaria de jogo ninguém conheceu e rapidamente caiu em esquecimento mesmo tendo mais de 8000 sequências.

Jogabilidade[editar]

Naquela época já escolhiam a Sofia para ficar vendo os peitos de lutadoras.

Battle Arena Toshinden é um jogo de luta mano a mano onde o objetivo é ficar rodando o ringue com uma jogabilidade truncada e péssima até conseguir jogar seu adversário num buraco infinito, matar por K.O. é raríssimo, o negócio é o Ring Out.

Todos personagens sabem soltar hadoukens que parecem uma pipoca gigante. As catadas apelonas jogam os n00bs no buraco, e ninguém usa os golpes com as armas.

História[editar]

O único prêmio que Battle Arena Toshinden ganhou foi o troféu de história mais clichê e idiota de todos os tempos, em 1994.

A pseudo-história desse jogo diz que 10 desocupados se reuniram para participar de um torneio mundial de WWE na modalidade "Buraco Infinito", organizado pela Secret Society (que nome original...).

Personagens[editar]

Simplesmente tosco.
  • Eiji Shinjo - Protagonista clichê e inútil que é irmão do Strider Hiryu e parece o Sol Badguy sem anabolizantes. Ninguém escolhe.
  • Kayin Amoh - Mais um viado muito desoriginal que usa o mesmo topete do Ken e faz o mesmo papel de personagem secundário paga-pau do protagonista. É também irmão do Raphael do Soul Calibur e entra para o torneio quando a sua filha Naru é raptada pelos pedófilos da Secret Society.
  • Mondo - Um samurai apelão que os n00bs escolhem para vencer apertando o mesmo botão.
  • Sofia - A hentai girl da série é mais uma dessas sadomasoquistas que lutam usando chicotes e roupas mínimas mostrando os peitos. Russa loira que sofre de amnésia e trabalhava como puta da KGB, a história da moça é uma salada.
  • Rungo Iron - Típico sarado lento que caiu numa poça de urânio quando criança e hoje é um marombado que arranca os bifes de life a cada golpe (se acertar)
  • Fo Fai - Velhote bizarro que é uma espécie de rascunho do Voldo.
  • Duke B. Rambert - Um corno metido a cavaleiro medieval que entrou para o torneio em busca de uma namorada (na época não existia Tinder e Parperfeito.com para essas coisas).
  • Ellis - A guria retardada do jogo, uma autêntica jailbait já que com seus 14 anos fica usando roupas provocantes e assediando os outros lutadores. Dançarina, errou o endereço do bar de strip-tease e acabou indo parar no torneio de Toshinden.
  • Gaia - O malvado da história, é tipo um Sephiroth que deu errado, não passa de um bombado que usa os golpes do Nightmare e faz planos infalíveis pior que o Cebolinha. No final se descobre que ele é o pai perdido da Ellis e queria acabar com a Organização por dentro porque eles mandaram matar sua esposa (a dele).
  • Sho Shinjo - Um gay aí que ninguém escolhe.

Enfim, há mais um bando de gente inútil que ninguém conhece das sequências do jogo que ninguém comprou ou jogou.

v d e h
Battle Arena Toshinden logo.gif