Takeshi Kitano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Beat Takeshi)
Ir para: navegação, pesquisa
Censurado.png I M A G E N S|||F O R T E S

Neste artigo são exibidas imagens fortes. Caso você seja idoso, menor de 18 anos, gestante, possui doenças cardíacas, é fresco, patricinha ou emo, não leia este artigo.

Takeshi Kitano (nascido em 18 de Janeiro de 1947 na cidade de Gumi, Japão) é um cineasta e líder da Yakuza famoso por seus filmes violentos onde todo mundo morre e os personagens tomam banhos de sangue. Além da carreira de crimes e filmes, ele também pinta, borda, anda a cavalo, luta esgrima, pratica ginástica olímpica, faz striptease no clube das mulheres e truques de mágica em festas infantis. Seus filmes têm como característica principal o ritmo lento, extremamente devagar, quase parando da narrativa. São vistos pela crítica como documentários sobre o crescimento da grama e o tempo que leva para a tinta secar.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Takeshi Kitano.
Metade do rosto de Kitano está paralisada, mas ninguém sabe dizer qual metade.

Primeiros Anos[editar]

Esse cara é amigo do Kitano e morre em todos os filmes dele.

Kitano nasceu na cidade industrial poluída de Gumi, dois anos depois do Japão levar duas bombas atômicas dos EUA. Resultado direto da radioatividade, Kitano é uma mistura de Renato Aragão com Chuck Norris, adquirindo a incapacidade de mudar de expressão do americano e o senso de humor horrível do cearense. Quando jovem, começou uma carreira de comediante em puteiros, fazendo dupla com seu namorado Kiyoshi Kaneko. A dupla era conhecida como Os Dois Bichas (Kitano adotou o nome de Bicha Takeshi, como é mais conhecido até hoje no Japão, e seu amante escolheu Bicha Kiyoshi). Esse estilo de comédia sofisticada é conhecido como manzai, em que dois comediantes ficam se esbofeteando, puxando o cabelo um do outro, metendo o dedo no ânus, e esfregando as próprias fezes no rosto.

TV[editar]

Kitano participa de programas da TV japonesa desde os anos 80. Seu primeiro programa se chamava O Castelo de Takeshi, uma programa que combinava o humor inteligente e sutil de Chaves com as olimpíadas do Faustão. Japão! Que Merda É Essa? foi outro programa que participou, em que estrangeiros discutiam em japonês os problemas do país, para depois serem castrados e decapitados para o deleite da plateia.

Carreira Cinematográfica[editar]

Furyo é Furyo (1983)[editar]

Neste filme Kitano interpreta um sargento sádico de um campo de prisioneiros durante a Segunda Guerra Mundial. Kitano se apaixona pelo tenente inglês interpretado por David Bowie, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Violated Crap (1989)[editar]

Em sua estreia na direção, Kitano interpreta um policial que adora bater, machucar, torturar e estuprar as pessoas em volta dele. Portanto, um policial normal e comum. Kitano começa um relacionamento com um cachorro, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Boiling Eggs (1990)[editar]

Um jogador de beisebol fracassado fica sem dinheiro para comprar bolas, e pede um empréstimo para um membro da Yakuza interpretado por Kitano. Mais tarde, ele cobra o valor, e quando o jogador recusa-se a pagar Kitano corta seu saco com um golpe preciso de sabre. Depois de uma operação de mudança de sexo eles viram namorados, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

A Scene at the Shit (1991)[editar]

Kitano é um neurocirurgião cego, surdo e mudo que decide aprender a surfar. Sua namorada morre ao bater com a prancha em um coral, e Kitano fica com os mamilos assados. Ele se apaixona por uma baleia jubarte, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Sonatine (1993)[editar]

Um pervertido representante de um clã da Yakuza (Bicha Takeshi) é enviado contra sua vontade para botar ordem na porra toda quando dois grupos da Yakuza se encontram numa batalha para decidir quem é o mais boiola. Chegando lá, conversa com um velhão pica murcha e descobre que não era nada demais e que já estava tudo sendo resolvido com batalhas de beyblade. Porém as coisas mudam quando um dos membros come muito sushi e solta um peido explosivo que destrói o local de estadia do clã. Takeshi e seus amigos fogem para a praia, onde passam a fazer brincadeiras sádicas com revólver. Todos viram gays e se casam, mas quando acabam as balas do revólver todos morrem numa batalha de fogos de artifício entre a polícia e a Yakuza.

Getting Pussy? (1995)[editar]

O acidente de Kitano.

O primeiro filme de Kitano depois de seu acidente de moto que deixou metade de seu corpo paralisado. Kitano é um homem muito tarado, que tenta fazer sexo com tudo que encontra pela frente. Basicamente, interpreta o papel de um homem japonês normal. Ele consegue estuprar uma criança usando os tentáculos de um polvo, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

New Kids On The Block Return (1996)[editar]

Dois adolescentes, colegas de escola, entram para a Yakuza depois de assistir Kitano estuprar e assassinar uma freira em um orfanato, na frente das crianças. Nesse filme romântico e sensível, os jovens viram amantes e planejam casar e adotar, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Hana Bissexual (1997)[editar]

Kitano é um ex-policial cujo namorado ficou paralítico depois de jogar Dance Dance Revolution. Eles conseguem um empréstimo com a Yakuza para fazer uma operação de mudança de sexo, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Kikujiro (1999)[editar]

Kitano é Kikujiro, um membro da Yakuza que tem como missão levar uma pequena criança japonesa para a sua mãe. A viagem é uma jornada mágica com abusos, uso de drogas pesadas e torturas sexuais no caminho. Kikujiro encontra o espantalho, o leão covarde e o homem de lata, e todos vão encontrar com o mágico de Oz. Kikujiro beija Dorothy, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Taboo (1999)[editar]

Kitano é um capitão dos samurais durante o Japão medieval. Sua missão é evitar que a viadagem infecte seus homens. Infelizmente, ele acaba fazendo sexo anal com um jovem cadete andrógino, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Brother (2000)[editar]

Nessa comédia de humor negro, Kitano interpreta um Yakuza que foge de uma facção rival para os Estados Unidos. Lá chegando, ele adquire hábitos pouco saudáveis, e devido a uma dieta de Big Macs e batata fritas frias desenvolve diabetes. Outra mania americana que ele adquire é o racismo. Kitano passa a linchar e enforcar todos os negros que ele encontra pela frente. Ele recebe um prêmio da Klu Klux Klan, e casa com uma corredora olímpica da Jamaica, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a... Mafia italiana?

Dolls (2002)[editar]

Esse filme começa uma nova fase de Kitano, em que todos os filmes dele têm pelo menos três outros filmes dentro:

  • Na primeira história, um japonês ia casar com uma japonesa para ter japonesinhos, mas ele encontrou uma outra japonesa, feia como o demônio mas que tinha muito mais dinheiro que a primeira. Ele faz a coisa lógica e casa com a vagina mais rica, mas a rejeitada se mata e vira um fantasma do Scooby-Doo, e passa a aterrorizá-lo cantando canções da Yoko Ono.
  • Na segunda parte, um otaku obcecado com a estrela pornô Sylvia Saint dilacera seus genitais com um estilete depois que a atriz para de fazer filmes e se aposenta da carreira de dar o cu.
  • O terceiro episódio é sobre um Yakuza que tenta encontrar sua namorada em um açougue. Eles fazem sexo em cima de um pernil de porco, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Zatoichi (2003)[editar]

Cenas chocantes de mutilação

Nesse filme Kitano interpreta um assassino serial cego chamado Zatoichi, que adora matar membros da Yakuza disfarçado de massagista. Durante uma massagem, ele encontra Naruto, um transexual que deseja vingar o massacre de sua família junto com sua irmã. O travesti e seu namorado dançam sapateado no meio de cadáveres, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Chi To Hone (2004)[editar]

Godzilla é um imigrante coreano (interpretado por Kitano), que adora torturar sua família e comer carne de porco podre cheia de larvas. Godzilla é um agiota famoso que extorque dinheiro dos clientes com violência psicológica, e tirando sangue do braço com uma xícara quebrada. Godzilla é um monstro que casa com Adolf Hitler, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Takeshis' (2005)[editar]

Takeshi Kitano interpreta Takeshi Kitano, um Takeshi Kitano que pensa ser Takeshi Kitano, mas que na verdade é outro Takeshi Kitano, completamente diferente. Um dia, Takeshi Kitano estava andando na rua quando encontrou com Takeshi Kitano. Takeshi Kitano ficou confuso, não sabia mais se era Takeshi Kitano ou Takeshi Kitano. Resolveu então ser Takeshi Kitano, pois Takeshi Kitano é Takeshi Kitano e não Takeshi Kitano. Takeshi Kitano faz as pazes com seu rival Takeshi Kitano, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Glory To The Film Maker (2007)[editar]

Kitano filma as imagens que surgiram em sua cabeça depois de anos de uso diário de drogas variadas. Ele é o único diretor que ainda acha que é engraçado fazer paródia da cena das balas em câmera lenta do Matrix. Kitano recebe uma punheta de uma mulher vestindo uma marionete de pato no braço, mas os dois morrem no final em um tiroteio entre a polícia e a Yakuza.

Ver Também[editar]

Statuette.jpg
Lista de cineastas famosos (Alguns nem tanto):


Akira Kurosawa | Alfred Hitchcock | Andrei Tarkovsky | Billy Wilder | Brian de Palma | Bruno Mattei | Cecil B. De Mille | Charles Chaplin | Christopher Nolan | Clint Eastwood | Darren Aronofsky | David Cronenberg | David Lynch | Ed Wood | Ethan e Joel Coen | Federico Fellini | Fernando Meirelles | Francis Ford Coppola | Fritz Lang | F. W. Murnau | George Lucas | George A. Romero | Glauber Rocha | Howard Hawks | Ingmar Bergman | James Cameron | Jean-Luc Godard | Jean Renoir | João Amorim | Joel Schumacher | John Carpenter | John Woo | Jorge Furtado | José Mojica Marins | José Padilha | Klaus Kinski | Larry Lana e Andy Lilly Wachowski | Lars von Trier | Luc Besson | M. Night Shyamalan | Martin Scorsese | Mel Gibson | Michael Bay | Michelangelo Antonioni | Orson Welles | Paul Verhoeven | Paul W. S. Anderson | Pedro Almodóvar | Peter Jackson | Quentin Tarantino | Ridley Scott | Robert Rodriguez | Robert Wiene | Roger Corman | Satyajit Ray | Seltzer & Friedberg | Sergio Leone | Spike Lee | Stanley Kubrick | Steven Spielberg | Takashi Miike | Takeshi Kitano | Terry Gilliam | Tim Burton | Tobe Hooper | Tommy Wiseau | Uwe Boll | Walt Disney | Werner Herzog | Wes Craven | Woody Allen | Yasujiro Ozu