Beiçola

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PortugalDJoãoscary.jpg Manuel, vê-me dois cäcətinhos, o pá!

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um vinho ishtränho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Se vəndalizarish, um bäenfiquista vai atrás də tua mãe

250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Cquote1.png Você quis dizer: Gilmar Mendes Cquote2.png
Google sobre Beiçola
Cquote1.png Você quis dizer: Boiola Cquote2.png
Google sobre Beiçola
Cquote1.png Você quis dizer: Vagabundo? Cquote2.png
Google sobre Tuco
Cquote1.png Você quis dizer: Dona Etelvina? Cquote2.png
Google sobre Hábitos crossdressicos do Beiçola
Cquote1.png Imbecíl! Cquote2.png
Tio Juvenal Mala, sobre o Beiçola.

Abelardo Taubaté Cquote1.png Beiçola Cquote2.png Joaquin Grevara é um ex-cangaceiro que trabalhava para Osama Bin Laden, infiltrado no Brasil. Participou da Elite 6 ao lado de outros líderes do máu mundial. Após toda sua vida agitada, Beiçola se aposentou, e montou uma pastelaria. Para desespero de seus fãs, se tornou o primeiro emo de rede nacional no Brasil.

Biografia[editar]

A história do magnânimo Abelardo se inicia há décadas e décadas atrás, quando sua santíssima mãezinha Etelvina precisou deixar os condados portucalenses graças à ascensão do Salazarismo nos senhorios de Portugal. O motivo pelo qual ela não era compatível com esse acontecimento político é o fato que ela era a última remanescente de uma máfia portuguesa de pastéis conhecida como Pastelo Nostro, a qual por muito tempo aterrorizou o ramo alimentício de Portugal com seus alimentos de procedência duvidosa que, por terrorismo econômico contra vendedores honestos, muitas vezes era a única opção de alimentação do cidadão médio portucalense. Assim, os últimos remanescentes dessa máfia, Abelardo, sua santa mãezinha e seu pai, vão para o Brasil.

Ao chegar nos senhorios brazilienses (oras pois) logo se assentaram na região do Rio de Janeiro, pois desde aquela época já se sabia em todo o mundo que aquela cidade era um antro de seres de práticas comerciais duvidosas. Com o capital que conseguira contrabandear para cá, logo a família Taubaté iniciou suas atitudes alimentícias intoxicantes. Porém, a dictadura Vargas logo chegou ao poder e, com medo de sofrer repressão semelhante à que se abateu sobre ela em Portugal, a família Taubaté manteve uma low profile em suas ações de pastel de frangato no burgo do Rio de Janeiro, mas isso não duraria para sempre.

Beiçola era conhecido por seu olhar intimidador, com o qual fazia os cus de outros pasteleiros virarem Cataratas do Iguaçu.

Saltemos no tempo para a época em que a dona Etelvina virou o que botava dentro dos pastéis de presunto, abalando a estrutura das máfias alimentícias em todo o mundo, e o pobre Abelardo se viu forçado a tomar o peso da maior máfia de pastel do mundo. Assim, ele logo se pôs a trabalhar, iluminado pela sabedoria de sua mãe que a mesma deixara para ele num livro feito de pastéis congelados, ele aplicou os "69 Métodos do Pasteleiro Sáfadio", dentre os quais se destacam os agora manjados métodos de:

  1. Vender pastel com cheiro de camarão dizendo que é de camarão completo
  2. Vender pastel com camarão verde dizendo que é camarão maduro
  3. Vender catuaba em uma localidade conhecida pela esbórnia e safadeza
  4. Utilizar o mesmo óleo durante uma década inteira para proteger a natureza e seu bolso
  5. Manter uma pastelaria perto de um ponto de táxi para garantir que será o fornecedor de alimento aos taxistas
  6. Eliminar a concorrência previamente nas redondezas para garantir seu monopólio sobre o pastel
  7. Reutilizar copos plásticos para fazer bem ao planeta e economizar

Usando esses e outros métodos, Beiçola se firma como uma potência no campo dos pasteleiros do Rio de Janeiro, uma potência com a qual poucos ousam ou são capazes de mexer.

Beiçola fantasiado de Etelvina na night. Além de suprir seus desejos sexuais depravados, o ato de se fantasiar de mulher e se prostituir auxiliava na manutenção das finanças da pastelaria.

Porém, a perda de sua mãe e o consumo de seu próprio produto de procedência duvidosa tiveram um preço terrível na sanidade de Beiçola. Com o passar do tempo, Beiçola passou a receber conselhos de sua mãe já morta, dizendo para ele usar cada vez menos recheio em seus pastéis e reutilizar até mesmo os copinhos descartáveis para economizar. Essas vozes, na verdade, eram o lado transexual do pobre Abelardo que sempre quis se soltar e colocar a carne dos seus clientes em seu pastel, sendo que, após bastante tempo ouvindo essas vozes, ele acabou cedendo aos desejos carnais e passou a se vestir com os trajes de sua falecida mãe e interpretá-la.

E Beiçola teria uma vida tranquila de monopólio pasteleiro e transexualismo, se não fosse a chegada da Família Silva e, com eles, os dois arautos da saúde pública: Lineu Silva e Seu Flor. Lineu, como um raríssimo Funcionário Público que não faz seu trabalho de tomar café na repartição e prefere ficar multando gente que merece e Seu Flor na qualidade de um velhaco aposentado sem mais o que fazer são os maiores fiscais da Pastelaria do Beiçola, revelando diversos esquemas de corrupção alimentícia e descumprimento de normas sanitárias empreendidos pelo Dr. Abelardo. Apesar do Dr. Abelardo tentar diversas vezes assassiná-los de diversas formas, incluindo intoxicação alimentar mais de uma vez, os dois são protegidos pelo Plot e sucesso do seriado, o que coloca o dr. Abelardo numa sinuca de bico.

Para piorar a situação, Dr. Abelardo acabou por se apaixonar pela madame de Lineu Silva: Dona Nenê e, assim sendo, diversas vezes tenta dar ao Lineu o capacete Viking. Na verdade, Beiçola planeja causar uma dor espiritual tão forte ao Lineu fazendo-o perder sua esposa que ele se mate e deixe sua pastelaria em paz ou ao menos tê-la sob seu poder para poder ameaçar ele o seu Flor dizendo que vai apenas alimentá-la com seu mítico "Pastel de Rato" se eles mexerem com ele.

A "Elite 6"[editar]

Beiçola e sua camisetinha rosa

A Elite 6 foi uma união formada entre punheteiros os maiores inimigos dos estados unidos no Século XI, quando o presidente George Bush entrou no poder. Titio Senegal foi um dos formadores. Com ele, entraram para a união Osama Bin Laden, Bozo, Homer Simpson, Louro José e Beiçola, que no inicio sedeu os fundos de sua pastelaria para sede dos encontros da Elite. A Elite 6 nunca conseguiu seu propósito real, que era sufocar Bush com um vibrador. O Plano faliu, pois titio Senegal teve de contar o plano para Márcia Goldschmidt, em visão de conseguir um vibrador emprestado, más ela disse que só aceitaria emprestar o vibrador se a elite 6 se apresentasse em seu cafofo da putaria programa, todos recusaram, e apartir daí começou toda a Chantagem. Com o passar do tempo, Beiçola saiu da Elite 6, porque o bozo acabou traçando Dona Nenê. Louro José foi o segundo a sair, o motivo era falta de comida, e nesse caso, ele se tornava a comida. Bozo e Homer Simpsom saíram pelas calçadas do paraíso das prostitutas Rio de Janeiro para traçar a primeira puta que vissem pela frente, abriram uma empresa de filmes porno com Bebel e saíram da Elite 6, que agora estava reduzida a dois membros. Titio Senegal voltou a sua vida de Macumbeiro, e alí acabava a elite 6. Osama continuou com seus planos diabólicos. Ele pensou em contratar Tiririca e Seu Madruga para formar uma nova elite, em vão.

A Carreira de Beiçola em Hollywood[editar]

Beiçola se inicia em Hollywood com o filme "Onde pastel sem caldo de cana não tem vez

Depois de vender muito pastel de cabelo na Grande Família, Beiçola achou que era tempo de mudar de vida. Juntou tudo o que ele tinha ganho com a venda de pastéis (o que não era muito, já que o Agostinho botava no "pendura" todas as contas)e se mandou para Hollywood.

Beiçola vendia seus pastéis calmamente na sua barraquinha montada em cima da Calçada da Fama, quando os irmãos Joel e Ethan Cohen pararam para experimentar a famosa iguaria. Conversa vai, conversa vem, eles convidaram o Beiçola para participar de seu novo filme como um pistoleiro latino.
Beiçola estuda no castelo, tem barriga de chope e com seu vibrador de Ouro se entusiasma todo e adora álcool em gel para enfiar no cu.

Ver também[editar]