Bela Gil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ades.jpg
Bela Gil é vegetariano(a)!!

Ele(a) defende os direitos dos animais sem se importar com os direitos das plantas, e come peixe escondido dos outros!

Se vandalizar este artigo, você vai comer uma lasanha de couve ao molho branco!

Conheça outros fitófagos clicando aqui

Bela é só uma dona de casa comum que gosta de comidas diferentes...

Cquote1.png Você quis dizer: Feia Gil? Cquote2.png
Google sobre Bela Gil
Cquote1.png Cozinho melhor! Cquote2.png
Ana Maria Braga sobre Bela Gil.
Cquote1.png Eu também! Cquote2.png
Palmirinha sobre citação acima.
Cquote1.png Eu também! Cquote2.png
Edu Guedes sobre citação acima.
Cquote1.png Eu também! Cquote2.png
Brock sobre citação acima.
Cquote1.png Eu cozinho muito melhor que ela, p*#%@! Cquote2.png
Carlos Bertolazzi sobre Bela Gil
Cquote1.png Eu também! E além de tudo, eu sou RICA! Cquote2.png
Carolina Ferraz sobre citação acima.
Cquote1.png É um lixo e falta um pouco de tompêro. Cquote2.png
Erick Jacquin sobre comida de Bela Gil
Cquote1.png Não como pipoca no dendê. Eu sou de candomblé e sou de Xangô Ayrà, que é uma qualidade de Xangô que só usa branco, e tudo que é feito pra ele é no azeite doce, não no azeite de dendê. E pipoca já não é comida pra Xangô, pipoca é comida de Omolu, que tem uma certa distância... Cquote2.png
Arlindo Cruz tentando enrolar pra não comer o prato.
Cquote1.png Entendi tudinho... Cquote2.png
Bela Gil sobre citação acima.
Cquote1.png Coma arroz integral pelo menos de 15 em 15 dias! Além de ter mais fibras, seus antioxidantes ajudam no combate ao envelhecimento celular e na saúde do sistema nervoso! Cquote2.png
Bela Gil tentando convencer Arlindo Cruz a ter uma alimentação saudável
Cquote1.png De 15 em 15 dias, eu venho aqui e como arroz integral. Nos outros 14 dias, eu volto pro arroz branco. Cquote2.png
Arlindo Cruz sobre a frase acima
Cquote1.png Zzzzzzzzzz Cquote2.png
Convidados prestando muita atenção na palestra da Bela Gil sobre as propriedades dos alimentos que ela serve
Cquote1.png Desse prato você certamente vai gostar, Carol. Doce de Goiaba! Cquote2.png
Bela Gil apresentando à Carolina Dieckmann o prato do dia
Cquote1.png Não gosto de goiaba. Cquote2.png
Carolina Dieckmann sobre a frase acima
Cquote1.png Também não gosto de você. Cquote2.png
Goiaba sobre Carolina Dieckmann

Reação da Preta depois de comer um prato feito por sua irmã mais nova

Isabela Flora Luz Hare Krishna Maya Giordano Gil Moreira (Salvador, 3 de janeiro de 1988), vulgo Bela Gil, é uma chefe de cozinha natural e apresentadora do programa Bela Cozinha, no Canal GNT que prega pela alimentação consciente e saudável com sabor horrível e qualidade duvidosa. Filha de Gilberto Gil e Flora Gil, Bela também dá aulas de culinária sustentável, tem o programa Bela Infância, da Rádio Globo, escreve em sua coluna "Veganismo em sua vida" no Casa & Comida e no Gastronomia Angeloni e é pastora da Igreja Veganista, que prega os ensinamentos de Jesus Vegano e a importância da boa alimentação para o presente e o futuro da humanidade através de palestras, massagens, meditação e ginástica.

Biografia[editar]

A filha caçula de Gilberto Gil nasceu em Salvador, mas foi morar no Rio de Janeiro, para viver longe das bombas calóricas que os baianos costumam comer (acarajé, moqueca, vatapá, cocada, etc.). Lá, ela foi iniciada na prática da yoga e entrou em contato com a palavra de Jesus Vegano. Feliz com as escolhas da vida da filha (que diferente da irmã, não quis ser uma artista sem talento que vive na aba do pai e só aparece na TV naquele programa decadente da Regina Casé), Gil resolveu mandar a pimpolha para New York, onde ela entraria em contato com anjos de luz que a orientariam na missão de tentar convencer os seres humanos a abandonar os prazeres da carne e se voltarem para o veganismo. Seus mentores sugeriram que ela pregasse a sua palavra num programa de TV (de preferência, a Globo) e tentasse se parecer o máximo possível com um ser humano normal, mas nem tudo saiu como o planejado. A Globo rejeitou o seu programa, por achar que ninguém iria curtir aquela vibe sustentável, então ela teve que se contentar com um programa fuleiro na TV paga.

Dizem os profetas da RECORD, que as ervas utilizadas nos pratos da Mocreia Gil, são obras do demônio, pois dão um barato legal.... Em um dos seus inúmeros programas (3 no total, pois a GNT não aguenta mais decorar um cenário pra baiana exigente), após comer a famosíssima moqueca de brocólis, toda e equipe criou uma conexão com vida extraterrena, episódio conhecido como CONEXÃO "acre-bahia" !!! Sim : Existe vida extraterrena e também existe acreano !!! Basta comer a gororoba insossa da Feia-Gil para confirmar !!!

Bela Cozinha[editar]

Uma das (in)felizardas foi a queridíssima atriz Carolina Dieckmann.
O churrascão de domingo da casa da Bela Gil.

O programa da Bela Gil tenta ao máximo se parecer com uma cozinha típica de uma dona de casa, mas os pratos servidos não têm nada a ver com o cenário. Suas gororobas saudáveis são infinitamente caras (afinal, tudo o que é saudável, sem corantes e sem agrotóxicos custa uma fortuna nesse país), levam uma eternidade para ficarem prontas e ainda tem o agravante do programa ser gravado no Rio de Janeiro, onde TUDO é MUITO caro (um chiclete simples custa R$ 15 em qualquer supermercado carioca). No programa, basicamente, Bela fica bajulando o pobre famoso convidado, anuncia o prato saudável que o coitado vai comer (e que às vezes, ele não gosta) e explica todas as propriedades nutricionais de cada alimento que está no prato, enquanto o convidado balança a cabeça pacientemente. Aí, Bela prepara o prato, serve e o convidado come, faz uma careta horrível, disfarça, diz que adorou e depois cospe. As celebridades que costumam ir lá o fazem só porque são muito amigas de sua irmã popular Preta Gil e porque consideram pacas o pai das duas, o genial Gilberto Gil. Entre os azarados, estão Arlindo Cruz, Carolina Dieckmann, Bruno Gagliasso, Caetano Veloso, Alcione, Ivete Sangalo, além de sua própria irmã, Preta.

Outros projetos[editar]

Bela Gil lançou em 2014 pela Editora Globo o livro “"Bela Cozinha – As Receitas”, sucesso de vendas entre os vegetarianos em geral. Além das gororobas preparadas por ela no programa, a publicação traz receitas inéditas, mostrando ainda os benefícios dos ingredientes utilizados, e ainda 1000 maneiras de fazer o seu filho comer legumes sem perceber. Os 50 pratos são divididos nas categorias: sopas e mingaus; legumes e folhas verdes; petiscos; dia-a-dia; molhos e sobremesas. Casada há dez anos com o gerente de estúdio de design João Paulo Demasi e mãe de Flor, 5 anos, ela se orgulha de ter obrigado os dois a apreciarem comida natural. Ela se orgulha de dizer que coloca na lancheira da filha apenas alimentos saudáveis, como granola caseira, batata doce, banana da terra e água, apesar de não saber que a pirralha come coxinha na cantina da escola escondido. O seu almoço de domingo é o menos frequentado da família Gil, que prefere ir ao programa da Regina Casé, pois lá ela serve a sua maior especialidade na culinária, que é a famosíssima melancia grelhada.

Atualmente, Bela Gil está organizando protestos com toda a comunidade bahiana pelos direitos do Brocólis, infelizmente, metade dos ativistas esta na rede tirando um cochilo e a outra metade comeu uma coxinha de quiabo com tofu preparado pela anfitriã e nesse momento estão com diarréia, o que inviabilizou a passeata. Restou a ilustre filha de Raul Gil... ops... Gilberto Veloso, torrar o dinheiro do pai, lançando um livro pela Editora "PhytoErvas", onde ensina as 50 formas de ferver uma água de forma politicamente correta, e claro, VEGANA.


MarcoFeliciano.png Este artigo trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
A casa dessa pessoa vive quebrada e pichada.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.