Belgrado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

●Belgrado

●Монте де Лишo

Bandeira de Belgrado

Bandeira


Devastation-Batra.jpg

Situação
Nome OriginalМонте де Лишo
LemaФOДA-СЕ!!
Estabelecida 1700 e Inquisição Espanhola
Tipo de Governo Democracia Eleitoreira
País Empregádia
Estado Casa própria
Prefeito Slobodan Milošević
Área Triangular
População 3.456.798
Gentílico Belgranadeiro, Belgranadense
Hino БГЂЖ ЗИЛЉЊПЋЦ ЧЏШ


Bel Marques Belgrado(no idioma sério, Монте де Лишo) é a capital da República da Escrávia e, consequentemente, a cidade mais desenvolvida, rica e limpa de lá. Como é comum no Leste Europeu, a cidade é a mais importante do país, fazendo com que os estrangeiros levem um susto ao saberem que existe outras cidades no país.

História[editar]

Tempo do Onça[editar]

O território onde hoje está Belgrado foi dominado antigamente por torcedores bárbaros do Celtic, os ŠČORĐїŠї. Durante muito tempo, pensou-se em construir lá o novo estádio do time, pretensão que logo depois foi esquecida com o advento das Guerras Clônicas. Com a derrota do Celtic pro Rangers na final do último escocesão, os ŠČORĐїŠї voltaram pra Escócia, permitindo que os romanos dominassem a região(como sempre), virando um condomínio para a zelite romena romana, ou Alphavillum em latim.. O primeiro imperador ateu de Roma nasceu na Alphavillum, Constantino . Ele implementou o Ateísmo como religião oficial em Alphavillum e adjacências. Depois do Cisma do Centro, Alphavillum mudou de nome para Beezanceoum, virando a capital do Império Beezanteneoum.

Tempos nem tão antigos nem tão novos[editar]

Beezanceoum sendo invadida. Até hoje não se sabe o total de povos invasores.

Beezanceoum, pouco tempo depois, foi invadida por um verdadeiro catálogo de povos bárbaros(entre eles, os vândalos, os mongolóides, os hunos e os dunos, até que veio a invasão definitiva, promovida pelos eslavos, que resolveram se assentar no local, e renomearam o nome da cidade para Beligrado(em russo, WTF?), fundando o império Sérvio. Já naquele tempo, a cidade se envolveu com uma seita Mainardista, denominada coça-ovos(os antecessores do povo kosovar. Provando que o futuro seria dureza, eles perderam a batalha contra os coça-ovos e acabaram englobados pelo Império Turco-Otomano. Pelo menos a parte de baixo foi tomada, pois o norte resistiu, e depois de algumas lutas as quais não vale a pena falar, retomaram o território tomado(?). Contudo, a capital do império seria movida para uma cidade com nome mais complicado de escrever.

Invasões(de novo?)[editar]

Depois de perder o posto de capital para outra, Beligrado tornou a ser invadida pelos turcos, numa guerra que, não se sabe porquê, ficou conhecida como Guerra Turco-Beligradense. Os turcos, liderados por Suleiman, o Magnífico ocuparam beligrado e deportaram sua poluição população para o Acre, e destruíram as relíquias sagradas(para os beligradenses) de Santa Silvia. Em comemoração a isso, foi construído o Templo de Santa Silvia. beligrado também foi ocupada pelos austríacos três vezes, mas sempre era recuperada pelos turcos, pois os austríacos persebiam a cagada que tinham feito e saiam fora, repetindo o mesmo erro três vezes. Contudo, durante o período de ocupação austríaca, a população, maravilhada pelos avanços tecnológicos quase-alemães se mudou em massa para a Áustria, deixando a população de Beligrado apenas uma centenas de milhares mais escassa.

Voltando a ser capital(êêêê!!)[editar]

Durante a Primeira Elevação Sévia, onde as montanhas cresceram, a população se revoltou contra os turcos. O que teve uma coisa a ver com a outra? Nada. O importante é que eles se rebelaram e pronto, mas eles não conseguiram muito. Então, na Segunda Elevação Sérvia, onde as árvores cresceram, Beligrado tornou-se semi-independente do Império Turco-Otomano(não me pergunte como), e a capital voltou a ser Beligrado, que por um motivo didático mudou de nome para Belgrado. A Sérvia também mudaria, de império para reino, tornando Belgrado a mais melhor cidade dos Bálcãs, seja lá o que isso for.

1ª Guerra Mundial[editar]

A população belgradense lutando na 1ª Guerra

Sendo que um sérvio foi o responsável pela guerra, logicamente as batalhas mais importantes aconteceram em Belgrado e/ou arredores. E o pau rolou mesmo por lá, quando o exército do império Austro-Húngaro invadiu a cidade para vingar os ratos austro-hungrianos que os sérvios mataram e comeram(hoje sabe-se que era mentira, pois os sérvios não comiam ratos, apenas os ovos deles). Contudo, algum tempo depois, ela seria retomada, após uma batalha do barulho, onde uma galerinha da pesada juntou todas as suas forças para acabar com essa gangue da pesada. Depois, foi uma putaria sem fim, os invasores tomando a cidade e os sérvios tomando e retomando. E ficou assim até que a guerra acabasse. Contudo, depois do final do conflito, Belgrado novamente perdeu o posto de capital da Sérvia, que recuperaria pouco tempo depois, através de um acordo comercial, e virou capital não da Sérvia, mas da Iugoslávia.

Depois da primeira, vem a segunda, né?[editar]

Exato, e adivinha? Foi exatamente o que aconteceu! A cidade entrou na guerra depois que ela já tinha começado, achando que tava entrando numa rave trance. Contudo, alguns dias depois da entrada, ela seria bombardeada pela aeronáutica emo-nazista. Mesmo assim, a população pressionou os políticos para permanecerem no conflito. Como eles estavam com muito medo de sair de casa e se reunirem na Câmara dos Deputados, a proposta foi aceita numa votação popular. Mesmo com mais de 17.000, as pessoas queriam continuar na guerra, e só ocasinou mais morte e destruição, mas quem liga? mesmo com mais da metade da população morta, os belgranadas deram o troco, matando mais de mil alemães. Depois do final da guerra, como sempre, Belgrado estava toda lascada, e passou por um período se recuperando, para mais uma vez se tornar a cidade mais importante.

Geografia[editar]

Belgrado, uma das cidades mais movimentadas e turbulentas do Leste Europeu.

Belgrado fica acima do nível do mar, e se encontra no cruzamento entre dois rios, o Nilo e o Sena. por causa disso, água é o que não falta por lá. O centro histórico da cidade está localizado na parte esquerda, e ela se expandiu para os outros lados. Ela está localizada numa área com relevo relativamente valeado. A cidade tem uma área de exatamente 8.154.886.411.841.411.148.444 mm², e sempre foi considerada uma cidade a parte, pois ou era do Oeste ou do Centro-Sul-Extremo-Inferior, sendo que ninguém sabia a posição exata da cidade.

Clima[editar]

Belgrado, como toda cidade do Leste Europeu, é fria pra burro, sendo que a maior temperatura registrada na cidade foi de -89°C no verão, mas com o aquecimento global isso tende a melhorar. A temperatura média anual é de -35°C, e o clima é continental de nevascas. O nível de precipitação pluvial de chuvas é de uma garrafa de 500ml de refri somada a uma latinha de Skol.

Política[editar]

Belgrado é uma cidade separada da Sérvia(porque ninguém sabe). Curiosamente, o primeiro prefeito realmente prefeito morreu antes do final do mandato, o que levou a uma eleição as pressas, onde o líder sindical do ДБČ foi eleito. A Câmara de Deputados é composta por menos de 100 membros e mais de 1. O partido dominate nas eleições é o Partido Social-Comuno-Capito-Eslavo-Ismo, que possui mais de 500 cadeiras, mesas de bilhar e máquinas de refrigerante por todo o Parlamento.

Cultura[editar]

Praça em Belgrado: movimentação constante.

Como toda cidade eslava, Belgrado possui a vida noturna bastante movimentada, com uma sutil aproximação pelos costumes checos. Belgrado não possui cultura própria, por isso se sustenta na cultura estrangeira. Prova disso é o instituto Dom Quixote, a Associação Goethe e o Instituto Padim Ciço para Cultura Nordestina. Já mencionada anteriormente, a vida noturna de Belgrado é bastante agitada, com dezenas de puteiros e inferninhos por toda parte, atraindo turistas pobres que não tem dinheiro para pagar uma passagem para Amsterdã ou para a República Checa.

Esporte[editar]

Símbolo do Belgrado Cleaners
Primeira lei esportiva de Belgrado

Em Belgrado, o que não falta são esportes. A cidade já sediou a final do Campeonato Europeu de Basquete, a 39ª competição mais importante do esporte, depois do Campeonato Cambojano e do Campeonato Alagoano de Basquete Amador sub-6, além do importantíssimo Campeonato Europeu de Pólo Aquático. Como é uma capital europeia, é óbvio que o melhor time de futebol do país (aquele que ganhou 50 dos 30 campeonatos disputados) está localizado aqui: é o gloriososo Estrela Vermelha, time favorito de meia Sérvia e fãs de Helena Paparizou. Lógico que também não podemos nos esquecer do eterno vice-campeão, Rubinho o Vasco sérvio, FK Partizan, cujo nome remete ao estilo festeiro de jogar do time (Partizan = sexo, drogas e rock'n'roll em sérvio). A torcida do Partizan já tentou matar Helena Paparizou duzentas vezes. Novamente no campo na quadra do basquete, o mais conhecido time sérvio do esporte, o Belgrado Cleaners(time pelo qual torce o prefeito Slobodan Milošević), está localizado lá.

Transporte[editar]

A malha viária belgradense é altamente desenvolvida, com cerca de 2km de extensão. O veículo mais popular é o triciclo, mas com a industrialização da Sérvia, ele está sendo gradativamente substituído por bicicletas, skates e patins. As conexões rodoviárias que conectam Belgrado a outras cidades sérvia também são bastante avançadas e importantes. Por causa disso, essas rodovias sempre passam por algum congestionamentos. As ferrovias, ponto forte do leste europeu, são fonte de orgulho da população, tendo apenas 35km de trilhos enferrujados, numa malha com extensão de 12km.

Educação[editar]

Educação E-D-U-C-A-Ç-Ã-O!!!! é a única coisa que a Sérvia pode realmente se orgulhar. A rede primária belgradense, por exemplo, abrange mais de 3 alunos, e a média de recuperação é de apenas 3000%. As universidades belgradenses não são muito conhecidas porque os produtores de filmes estilo American Pie não as conhecem.

Ver também[editar]