Belo Jardim Futebol Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Belo Jardim Futebol Clube
Escudo do Belo Jardim.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial BJ (Beijo) Futebol Clube
Origem link={{{3}}} Pernambuco - Belo Jardim
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote calango (isso mesmo)
Torcedor Ilustre
Estádio Manezão
Capacidade 5.000 pinguços
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Pernambucano
Divisão Série A
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Belo Jardim Futebol Clube é um time extremamente secundário do futebol pernambucano desconhecido até pelos cidadãos pernambucanos, provavelmente até pelos belo-jardinenses. Aparece num período de a cada 3 anos, no início do ano, para apanhar de Sport e Santa Cruz (as vezes ganhar do Náutico, mas na maioria das vezes apanhar também) e fingir que o campeonato pernambucano é grandes coisas, até voltar a sumir quando o estadual acaba. Parece uma cópia desgraçada do América de Pernambuco, igual até na ruindade, de modo que a distância o escudo e uniforme sejam confundidos.

História[editar]

Fundação[editar]

Em 2005, não bastando já todas mazelas que assolam a pobre cidade de Belo Jardim, surgiria um propenso time de futebol da cidade que assim levaria o nome de "Belo Jardim" para o resto do Brasil para que todos saibam a merda de cidade que aquilo era para produzir um time de futebol tão derrotado. A estreia em competições oficiais já foi em grande estilo, ficando atrás até do Íbis na segunda divisão pernambucana de 2005, não ganhando nenhum jogo sequer e sendo eliminado para times ridículos como Surubim FC (peixe?). Em 2006 também uma merda, ficou atrás do Íbis mais uma vez e começaram as suspeitas de que esse time planejava roubar o status de pior time do mundo.

Claro que, diferente do Íbis, que consegue uns trocados sendo o pior time do mundo, e não falir, em 2007 o Belo Jardim suspendeu as atividades porque os únicos jogadores pernambucanos que aceitam jogar futebol em regime de semi-escravidão já estavam todos no Íbis. Todavia, em 2008 voltou às atividades e dessa vez pelo menos ficou na frente do Íbis para tentar provar que não havia o desejo de ser o pior time do mundo, embora permanecesse a dúvida visto que ficou atrás de Afogadense e Cabense e não subiu de divisão.

Em 2009 mais uma decepção, ficando atrás do Araripina FC, e em 2010 a sexta decepção em seis anos de existência, ficando atrás do Petrolina SFC. Pessoas sensatas defendiam que o time deveria encerrar as atividades que aquilo não tinha futuro. O ano de 2011 parecia que seria mais uma decepção, afinal terminou na quarta colocação geral da mera segunda divisão pernambucana (se a primeira já é uma merda, se a porcaria do Sport é o melhor, imagine a segunda divisão). Porém, beneficiado não por sua competência, mas pela sorte do chaveamento, conseguiu subir de divisão pela primeira vez na história.

Primeiro rebaixamento[editar]

Uma vez na Série A1, esse timeco começou a rotina do que era possível para sua falta de habilidade, que era brigar para não rebaixar, porque campeão isso nunca acontecerá. Na sua estreia em 2012 conseguiu seu objetivo de ficar no meio tabela, mas em 2013 já rebaixou miseravelmente, afinal com grandiosos rivais tradicionais do futebol tangamandapiano como Pesqueira FC e Chã Grande FC, o Belo Jardim não deu conta, atingindo os 7 anos de existência sem nunca ter dado motivo de um orgulho sequer a quem se atrevesse começar a torcer para esse pseudo-clube.

Campeonato Pernambucano 2017[editar]

Eventualmente, muito pelo fato de que na Série B pernambucana basta vencer o Íbis, o Belo Jardim retorna para a série A1. Na Série A1 a sua rotina é sempre ficar no meio da tabela, e assim fez em 2017, uma campanha bem merda e nada notável. Até aí nada de mais, só o normal de sempre, mas o que a diretoria não esperava é que a CBF decidiria dar 3 vagas na Série D de 2018 para times pernambucanos, e na falta de opções, mesmo com o desempenho pífio, uma dessas vagas ficaria para o Belo Jardim. Agora intimados a pagar viagens para outros estados, havia uma forte dúvida se era viável pagar passagens para ser humilhado fora de Pernambuco.

Títulos[editar]