Beneath the Remains

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Lego-beatles-abbey-road.jpg Este artigo se trata de um álbum

E já teve milhares de cópias vendidas! (ou não).

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Babel fish.gifTraduzindo: Embaixo dos Restos
Babel Fish sobre Beneath the Remains

A capa do disco, repare que tem um rato dentro do crânio.

Beneath the Remains é o terceiro álbum da banda de Tréxi Merau Sepultura. Foi o primeiro álbum lançado pela gravadora Roadrunner Records, afinal, eles já eram famosos e já tinham gravadora internacional, não precisavam mais da Cogumelo Records. Diz a lenda que esse álbum vendeu mais de 800.000 cópias pirateadas. [carece de fontes].

"Embaixo dos Restos", essa era uma opção de capas, que infelizmente não foi escolhida

Esse álbum tem temas e produção bem melhores do que comparada com os álbuns anteriores, isso você percebe na técnica utilizada nas músicas, surgindo assim uma característica própria da banda, fazendo com que ela pare de copiar outras bandas. O álbum apresenta um tréxi merau bem veloz e agressivo, pronto pra matar o primeiro que aparecer na frente, e eles decidem colocar umas letras falando sobre política, cultura e critica social, depois de perceberem que o negócio de ficar falando sobre capeta, satanás, tinhoso não dá muito certo.

Para a gravação do álbum, Max Cavalera teve que viajar para Nova Iorque para tentar arranjar um contrato com a Roadrunner Records, eles vendo que a banda não ia vender porra nenhuma, resolvem dar um orçamento mínimo só pra eles não chorarem, afinal, enganar metaleiro burro é fácil. Mas pra contrariar os donos da gravadora, o álbum vendeu muito mais que o esperado. O produtor que era o Scott Burns, que já trabalhou com outras bandas aí que ninguém conhece, resolver fazer um precinho camarada porque ele estava muito interessado na cultura brasileira do carnaval, das bundas e do futebol. A banda foi gravar o álbum no estúdio Nas Nuvens, onde rolava altos alucinógenos. Eles chegavam lá pelas oito da manhã, e ficavam até cinco da madrugada, só gravando e consumindo alucinógenos.

Formação[editar]

Os membros da formação dando uma volta em Nova Iorque, perceba que na foto eles estão em frente a um cinema de punheteiros

Faixas[editar]

Segue as 10 faixas pelo ratinho que mora dentro do crânio da capa do disco.

Beneath the Remains[editar]

Fala sobre os restos da humanidade que tá toda fodida, e tá tudo caindo em você, é como se estivessem jogando merda em você e você não aguenta mais.

Inner Self[editar]

Trata de uma letra de alguém que se diz especial e que tem um super ego interno, é uma dessas letras feitas para conquistar jovens de cabeça fraca, para que eles achem que são diferentes também. Nem parece letra de uma música de thrash metal é algo bem emo.

Stronger Than Hate[editar]

Alguem que errou muito no passado, mas que não quer se redimir, por ser um filho da puta teimoso, aí ele fica se lamentando, planejando vingança e outras coisas diabólicas.

Mass Hypnosis[editar]

Fala sobre uma hipnose que vai pegar todo mundo de surpresa, aí você vai começar a obedeçer o sistema como um otário.

Igor Cavalera ensinando como atravessar a rua, no estilo saci

Sarcastic Existence[editar]

Conta da existência sarcástica (é obvio, é a tradução do título). Um cara que vai morrer sozinho, sem ter feito nada de bom na sua vida, começa a se lamentar e dizer que a sua existência é sarcástica, ainda bem que ele não conheceu a existência dos politicos, se não ai que ele ia rir mesmo de tanto sarcasmo.

Slaves of Pain[editar]

Explica como nós somos sensíveis aos nossos sentimentos (que viadagem!), e que temos que nos libertamos deles para viver melhor. Realmente, observando essas letras você vê que isso é tipo um emo thrash metal.

Lobotomy[editar]

Esse título não tem nada a ver com a letra da música. A letra fala sobre sobre cerébros assasinos, não sobre uma operação médica.

Hungry[editar]

Fala mal de alguém que nasceu e começou a fuder o mundo por completo, todos ficaram com fome e só pensam em dinheiro. Será que não seria uma leve referência a Chessus?

Primitive Future[editar]

Totalmente pessimista em relação ao nosso futura. Se a parada já tá feia hoje, amanhã vai ser muito pior.

A Hora e a Vez do Cabelo Nascer (cover dos Mutantes)[editar]

A letra desse cover ensina para jovens metaleiros como deixar o cabelo crescer. Um belo tutorial feito por cabeleireiros profissionais.

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Beneath the Remains no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg