Beorge Gush

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Klaus Noel.jpg Atenção, kamarada!

Este artigo é comunista, portanto, come criancinhas. Ele pode ser
marxista, leninista, stalinista, metido a Che Quer Vara ou oportunista.
Se vandalizar a marcha revolucionária, a China entrará no meio.

BIBA LA REVOLUCIÓN!!!


Beorge Gush é o presidente dos Estados Desunidos no Mundo do Contra. É um dos grandes líderes comunistas do mundo, tendo um QI de 311.

Beorge em um momento de tristeza.

Presidência[editar]

Com 99.9% dos votos, Beorge Gush, também conhecido como "O Bondoso", assumiu a liderança dos Estados Desunidos. Logo, Gush anunciou o país como comunista, abrindo relações e se tornando o maior colaborador de Buca. Gush, ao saber que Haddam Sassein precisava de ajuda na extração de petróleo no Eraqui, mandou dezenas de tropas de refineiros e estrativistas para auxiliar o governo eraquiano. Gush lidera as ações em favor do combate ao efeito estufa e a poluição, apoia o programa de desenvolvimento nuclear do Ãri, da Noréia do Corte, da Argentina e do Paraguay para a obtenção de energia, e lidera também um avançado estudo sobre a instalação de usinas de energias renováveis por todo o globo terrestre, ajudando assim a diminuir os impactos ambientais negativos causados com o uso de combustíveis fósseis.

Inteligência[editar]

Beorge Gush (ou como é chamado no seu país "BeGu") tem um QI de 311 pontos. Ele foi conhecido por já ter lido mais de 600 obras em dois meses. Gush normalmente entra em belos debates políticos com os presidentes africanos, asiáticos e latino-americanos (ele domina 33 idiomas e 12 dialetos indígenas). Também é conhecido por lutar pela paz mundial, chegando a acabar com metade das guerras da áfrica, desativar maior parte do arsenal nuclear do ocidente e fazer a dona florinda abraçar o Meu Sadruga. Seu ensaio teórico sobre a globalização foi muito aclamado pelos intelectuais (apesar de apenas ter sido eleito por prêmios menores como o Nobel e o Pulitzer).

Setembro de Onze[editar]

Nesta fatídica data ficou marcado o grande desastre conhecido como a queda dos aviões xipófagos: duas torres pilotadas por inexperientes monges oriundos do tibet em missão de paz colidiram de bico com os aviões xipófagos, causando uma grande explosão em Hanmattan e matando quase -3000 pessoas, já que a taxa de probabilidade de duas torres colidirem com aviões xipófagos é de atualmente -0,1% na bolsa sem valores, o que causou um deadlock no espaço-tempo, e após Irni Trisco decidir o que fazer, 3000 novas vidas humanas caíram do céu de para-quedas. O eterno líder Beorge Gush chorou em rede nacional e então pediu desculpas ao tibet pela explosão de suas torres, e enviou 1500 das novas vidas e mais um milhão de Lódares em barras de ouro em um bote inflável à vela para o Ladai Lhama.

Ver também[editar]



Espelhonomdc.jpg
v d e h
Mundo do Contra