Biblioteconomia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.pngVocê quis dizer: Tá fudidoCquote2.png
Google sobre Biblioteconomia
Cquote1.png Traças I, Ordem alfabetica I, Espanador I, Silencio aplicado à biblioteca, Sobrevivencia aplicada à pobreza e Introdução ao desemprego Cquote2.png
Reitor de uma universidade qualquer sobre Grade do 1º semestre de Biblioteconomia
Cquote1.png Biblioquê?! Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Biblioteconomia
Cquote1.png Só abestado faz esse curso! Cquote2.png
Tiririca sobre Biblioteconomia
Cquote1.png Bem que meu pai mandou eu fazer Direito! Pena que eu não estudei. Cquote2.png
Você arrependido por ter feito Biblioteconomia
Cquote1.png A obesidade entre mulheres está associada à Biblioteconomia! Cquote2.png
Dr. Drauzio Varela sobre Biblioteconomia
Cquote1.png Putz, precisa de faculdade pra organizar um monte de livro? Cquote2.png
Você, na fila do desemprego,indignado com a existência de um curso desses
Cquote1.png Enquanto nos outros cursos os alunos disputam por vagas.Em Biblioteconomia as vagas disputam por aluno Cquote2.png

Biblioteconomia é o curso que ensina uma pessoa como organizar livros, ficar quieto durante dias sem fim dentro de uma biblioteca e atender mal, pois são muito barulhentas, um verdadeiro distúrbio a santa paz da minha biblioteca as pessoas que procuram por livros

Tabela de conteúdo

Conceito de Biblioteconomia

A Biblioteconomia pode ser definida como a área do conhecimento que se ocupa (unicamente) de arrumar livros em estantes. Parece até loucura, mas existem pessoas que passam cerca de 4 anos na faculdade estudando apenas as técnicas e métodos de organizar livros em estantes. Mas a resposta para isso é que alguém só faz esse curso porque é o menos concorrido do vestibular.

A Biblioteconomia é um pseudo-curso que forma pseudo-profissionais denominados bibliotecários. Acredite se quiser mas existe até mesmo curso superior para formar bibliotecários. Eu pensava que nem precisava de faculdade para se trabalhar numa biblioteca, era só ser uma nerd gostosa com abstinencia sexual(da onde vem o mal humor)com um oculos maior que a cara e uns peitinho mao o meno e pronto, mas num é bem assim então eu me pergunto: Quem foi o inventor dessa merda? Ninguém sabe ao certo, mas acredita-se que ela tenha surgido na idade da pedra lascada. Por isso, quem se forma nessa profissão está "lascado", pois corre o risco de ficar desempregado...

O corajoso que se atreve a se inscrever no vestibular para Biblioteconomia estará assinando a carteira do desemprego. Você já ouviu falar de algum bibliotecário que ficou rico??? Provavelmente não. Até a Dona Raimundinha, que não tem nem o ensino fundamental completo, trabalhou a vida inteira como bibliotecária. Ela nem precisou fazer esse curso para aprender a organizar e arrumar os livros nas estantes. Então, se optar por fazer esse curso então se foda é melhor tomar cuidado!!!

O que é Biblioteconomia ?

Estudante indignado com a Biblioteconomia.

Biblioteconomia é um curso que todo mundo sabe que existe, mas ninguém sabe pra que serve. Nem os próprios estudantes de Biblioteconomia.

Curso oferecido àqueles que não sabem o que querem e estão visando na verdade somente um diploma para ter direito à prisão especial. Os estudantes desse curso geralmente apresentam graves problemas de ordem psico-social.

A Biblioteconomia é conhecida pelos alunos indecisos, que não saíram ainda do armário.

Os estudantes de biblioteconomia se dividem em dois grupos: os que dizem que entraram no curso sem saber que era uma merda, e os que já sabiam que era uma merda antes de terem entrado. A profissão de bibliotecário é uma das mais antigas do mundo, conhecida atualmente como ciência da informação. A Biblioteconomia é uma ciência de uma complexidade tão complexa que muitos alunos enlouquecem antes mesmo do segundo período.

A grande quantidade de anciãos no curso é algo realmente assustador. Meta pra eles é acabar o curso antes da morte por velhice. Alguns também sonham em salvar o mundo da falta de informação, mas, no entanto, não conseguem nem mostrar para seus outros coleguinhas do que realmente se trata a biblioteconomia.

História da Biblioteconomia

Ranganathan: o pai da Biblioteconomia

Nascida antes mesmo dos livros, a arte de organizar bibliotecas vem superando os milênios e se adaptando a tudo que pode ser catalogado, classificado e armazenado em prateleiras e estantes de bibliotecas.

Se no começo de tudo era uma profissão de bibliófilos, com o tempo passou para uma profissão de mulheres ávidas por um cargo público no mesmo órgão em que o marido era juiz ou reitor. Hoje, no entanto, é uma profissão de pessoas de todos os sexos, inclusive de gays...

Curso de Biblioteconomia

O Curso de Biblioteconomia é uma verdadeira piada. Os alunos vivem de férias e o máximo que fazem é ficar à toa lendo livros idiotas, com temas idiotas e de autores idiotas. Além de ser um curso extremamente fácil e segundo o dito popular, para burro, ele ainda é muito procurado, principalmente por aqueles (ou melhor aquelas) que não querem nada com a vida, mas que por algum motivo estúpido qualquer, querem ter um diploma de curso superior na mão.

Realidade bibliotecária: tudo o que você aprendeu nos 4,5 anos da faculdade com aqueles professores imbecis que pensam que sabem alguma coisa, esqueça, não vale nada! Na verdade, a única coisa que os professores estavam interessados era cumê aquela gostosa da classe é quanto eles iriam ganhar no final do mês, enquanto você, pobre acadêmico, pagava em dia a mensalidade na esperança de ser um grande idiota profissional! Quebrou a cara, né mané? Agora, os professores continuam lá, ganhando o deles, e você na merda, e os professores pouco se lichando se você aprendeu ou não (com certeza não!). Ah, eles (os professores) podem te reconhecer na rua, sim, desde que você tenha sido puxa-saco deles! Na verdade, a relação (homossexual) entre vocês foi de tamanha falsidade que deveria entrar para o Guiness: vocês não se suportavam, mas faziam de conta que sim, você perguntava coisas óbvias só pra ele se sentir valorizado e demonstrar o (inútil) conhecimento dele. Enfim, uma rasgação de seda, puxa-saquismo, lambeção, tanto que hoje vocês trocam amabilidades da maneira mais falsa possível...

  • É um curso que reúne todos os alunos que não sabiam o que prestar na hora da inscrição do vestibular e morriam de medo de fazer mais um ano de cursinho.
  • É um dos cursos preferidos das caçadoras de marido rico.
  • É o curso preferido de 3 em cada 10 pessoas que gostam (ou gostavam) de assistir Bob Esponja, TV Xuxa, Cavaleiros do Zodíaco, Rebelde e Chaves.
  • É o curso preferido de 5 em cada 10 pessoas que pretendem cometer suicídio.
  • É o curso preferido de 7 em cada 10 idosos.
  • É o curso preferido de 9 em cada 10 Pessoas-com-cara-de-cu-mal-comido.

Tipologia das Bibliotecas

  1. Pública: atende um bando de usuários de todas as escolaridades
  2. Universitária: atende um bando de universitários idiotas
  3. Escolar: atende um bando de muleques
  4. Infantil: atende um bando de capetas
  5. Virtual: atende um bando de internautas babacas

Lei de Biblioteconomia

Lei 34, Artigo 3, parágrafro quinto: É terminantemente proibido fazer barulho nas premissas da biblioteca. O infrator está sujeito à punição de ter a bibliotecária pedindo que ele faça silêncio.

Características do Curso

Uma das tarefas do biblioteconomista é pentear livros.

BIBLIO...O QUÊ? É BIBLIOTECONOMIA porra!!! Essa é a resposta mais comum quando alguém faz essa pergunta para algum profissional dessa área.

Com sólida formação em organização de biblioteca, os profissionais da área da biblioteconomia passaram a ser enormemente requisitados só para arrumar livros nas bibliotecas. O difícil currículo conta com algumas disciplinas esseciais para o trabalho em qualquer biblioteca.

Cerca de 90% das pessoas que fazem esse curso são mulheres mal amadas; os 7% são gays; e os 3% restantes não são reais.

Os homens que se arriscam a fazer esse curso pensam que vão pegar todas as mulheres, mas acabam se decepcionando porque a maioria delas são gordas, feias e velhas. É por isso que no decorrer do curso muitos homens acabam virando gays e doidos. Abaixo são apresentados os principais fatores que levam um idiota a fazer esse curso:

  1. Baixa concorrência no vestibular
  2. Preguiça
  3. Indecisão
  4. Falta de vergonha na cara
  5. Propaganda enganosa
  6. Maior índice de mulher
...perfil de uma aluna de Biblioteconomia.

Dentre as disciplinas técnicas do curso, pode-se destacar: indexação de livros; catalogação de livros; classificação de livros; organização de livros; restauração de livros; espanação de livros; limpeza de livros; escovação de livros, técnicas avançadas de respiração de poeira, etc... A partir daí percebemos que o bibliotecário só trabalha com livros e nada mais.

Então, quais as vantagens de perder 4 anos estudando biblioteconomia? Em seguida são apresentadas as vantagens de fazer esse curso:

  1. Ganhar um salário miserável ou ficar desempregado
  2. Virar Gay
  3. Virar pansexual e fazer sexo com códices raros
  4. Virar escravo de usuário
  5. Encontrar o Santo Graal escondido em alguma biblioteca
  6. Cometer suicídio

Muitos perguntam: por que estudar tanta coisa apenas para aprender a arrumar livros em estantes? Para essa pergunta não existe resposta, pois alguém que faz isso realmente é um idiota.

A maioria dos professores de biblioteconomia são mulheres feias e gordas, por isso é que o curso não presta. O homem que decidir fazer esse curso tem que ser muito macho para chegar no final.

Disciplinas Principais

Processamento Técnico

O ensino de catalogação, classificação e indexação de documentos, para facilitar o seu armazenamento e localização, incluindo vocabulários controlados e guias descritivos de tesauros. Eu substituiria esse parte do curso facilmente, usando as técnicas simples da dona Raimundinha: os livros grandes embaixo, os pequenos em cima. Pulando essa etapa, sobra mais tempo para ir puxar um fumo com a galera de Filosofia.

Administração de Bibliotecas

Abordagem de temas relacionados a organização e gerência de bibliotecas, como bibliometria, gestão, marketing e pessoal para bibliotecas.

Marketing de bibliotecas

Sério, eles pensam que vão enganar quem?

Aspectos Legais

Discussões sobre filtragem de informações na Internet e direitos autorais, juntamente com uma compilação das leis que tocam o exercício da profissão.

Busca da Informação

Aprenda técnicas para buscar e encontrar o livro que você precisa. Eu prefiro mandar a Dona Raimundinha procurar o livro porque é mais rápido.

Equipamentos

Móveis, acessórios e equipamentos para bibliotecas. Opa, por um momento achei que eles disseram EQUIPAMENTOS. Ih, disseram mesmo. Mas como assim, "equipamentos"? Inventaram dispositivos localizadores de livros ou coisa assim?

Bibliotecário: profissional da informação

Falcão é um exemplo de bibliotecário bem sucedido

A palavra "BIBLIOTECÁRIO" vem do latim bibliotecarius, que significa qualquer pessoa que trabalhe arrumando os livros que os usuários deixam bagunçados numa biblioteca. A formação do bibliotecário é feita em cursos superiores de 4 anos, tempo demasiadamente longo para aprender somente a arrumar livros. O bibliotecário é o profissional da informação, ou seja, é aquele que trabalha organizando a informação (livros) em unidades de informação (biblioteca) para atender um usuário (qualquer babaca que vai consultar a biblioteca). Parece ridículo mas existem pessoas que perdem 4 anos de suas vidas fazendo um curso inútil desses. Qualquer pessoa, com o mínimo de inteligência, sabe organizar uma biblioteca.

Sua função, na teoria, é organizar, administrar e disseminar informação em “sistemas de informação”. Observação: muitos bibliotecários tem vergonha de serem chamados de “bibliotecários”, por isso eles preferem ser chamados de “cientistas da informação” ou “profissionais da informação”, pois todo mundo vê o bibliotecário como um mero emprestador de livros que fica atrás do balcão mandando todos fazerem silêncio. O bibliotecário também tem vergonha de dizer que trabalha numa biblioteca, por isso é melhor chamar de “sistema de informação”. Essa foi mais uma invenção da Biblioteconomia para tentar se adaptar às novas nomenclaturas do mundo tecnológico. Os professores de biblioteconomia vivem falando em sistemas de informação, tecnologia da informação e comunicação, internet, informação digital e gerenciamento eletrônico da informação. Ensinam durante o curso novidades tecnológicas de fazer inveja a Steve Jobs, como Winisis, MARC 21, Frontpage, entre outras.

Mercado de Trabalho

bibliotecários fazendo protesto.

Preste atenção: Grande parte dos formados tem a impressão de que não aprenderam porra nenhuma de conhecimento útil, durante a graduação. Na verdade, trata-se de um pseudo-curso que é o maior desânimo para os recém-formados. O salário de bibliotecário também não compensa, então se você é minimamente inteligente (o que eu duvido, pois está lendo essa aberração escrita por um idiota), não faça Biblioteconomia! Vá trabalhar de pedreiro que você ganha mais, tanto financeiramente quanto psicologicamente, sem ninguém pra te encher o saco e usuário de biblioteca atazanando a paciência!.

O futuro bibliotecário só consegue se inscrever no conselho de classe se conseguir arremessar 50 livros nas prateleiras exatamente no seu lugar correto e na posição correta da etiqueta, caso contrário o ponto não é computado. Cada participante tem 1 minuto para realizar a prova.

"Bibliotecário: aparência e essência": óleo sobre tela. Nesta pintura de Pablo Picasso, o artista espanhol buscou alcançar e exprimir a verdadeira natureza dos bibliotecários.

O lendário bibliotecário Calímaco de Codex mantém até hoje o recorde da prova, mas na época dele eram apenas rolos de pergaminho encerado.

Para conseguir o diploma, o estudante de bibliotecomia deve cumprir um mínimo de 20 horas de Estágio em qualquer biblioteca, tempo considerado suficiente para consolidação e treinamento dos conhecimentos adquiridos na universidade. O estágio consiste em colocar todos os livros de forma enfileirada em torno das estantes e derrubá-los. O bibliotecário tem apenas 5 minutos para arrumar e classificar novamente todos os livros nas suas respectivas posições nas estantes. Esse é o famoso "método dominó" inspirado nas cinco leis de Ranganathan:

Biblio o que?
  1. Os livros serão arrumados por um idiota
  2. O bibliotecário é o idiota que deverá arrumá-los todo dia
  3. A cada babaca o seu livro
  4. A cada livro um babaca pra ler
  5. A biblioteca é um organismo sempre desorganizado

O salário inicial do bibliotecário aproxima-se de "R$ 500,00"

Entre os bibliotecários que fizeram fortuna com a biblioteconomia estão Bill Gates, Roberto Justus e Cassius Clay. A banda portuguesa Pinky Floid escreveu versos que depois se tornariam um verdadeiro hino da biblioteconomia mundial e universal: "We don´t need catalogation, we don´t need bibliographic control".

Perfil da Bibliotecária

Lembra daquela tia chata, gorda, óculos fundo de garrafa, e que sempre mandava você fazer silêncio na biblioteca? Esse é quase o perfil de uma bibliotecária...

Bibliotecário arrumando livros no lombo do jumento, ou seria alguém arrumando os livros que estão sobre o bibliotecário

Primeiramente, as bibliotecárias são pessoas solitárias, que procuram na Biblioteconomia uma distração para sua vida, pois, como vocês puderam observar em seu curriculo, é um curso bem ridículo. Além disso, elas tem um sério problema com crianças, pra começar, elas não as chamam pelo devido nome, ou é "Demônio", "Capeta", "Doente", "Vagabundo","Retardado", e por ai vai...depois reclamam quando os alunos xingam as mães delas... vai entender as bibliotecárias...

Além disso, depois de virar bibliotecária, não tem como voltar atrás, bibliotecária um dia, gorda e chata para sempre!

Calouro de Biblioteconomia

Era impossível conhecer um estudante de biblioteconomia sem que todo o grupinho desse um olhar estranho ao coitado. Primeiro, pela sua duvidosa preferência sexual: Biblioteconomia, assim como Serviço Social, era um curso predominantemente feminino. Ao contrário do que possa parecer, estudar numa sala cheia de mulheres não facilita a pegação. Por serem maioria, elas é que acabam te influenciando: antes que você perceba, estará familiarizado com revistas femininas e dando conselhos sentimentais para as colegas de sala.

Pergaminhos da Biblioteca de Alexandria

Trabalho de Conclusão de Curso

Já parou pra pensar como deve ser a monografia do curso de Biblioteconomia?

Entra o formando numa biblioteca gigante. A mesa examinadora, composta de vários professores do curso, examina o currículo escolar do rapaz. Um dos professores se levanta e vai até uma das estantes de livros. Dando uma voadora no móvel, ele desencadeia um efeito dominó: uma estante cai em cima da outra, até que todas as quatrocentas estejam no chão. Livros voaram para todos os lados. O professor empunha um cronômetro e grita VAI, DIABO!, e o estudante começa a arrumar a biblioteca freneticamente.

Tributo a Dona Raimundinha

Dona Raimundinha é uma das melhores bibliotecárias que já existiu, pois sabe arrumar e espanar uma biblioteca como ninguém. O que impressiona é que ela não completou nem o ensino fundamental e mal saber ler. Isso significa que todas as "supostas" técnicas que são ensinadas em Biblioteconomia não se comparam à habilidade adquirida por Dona Raimundinha. Isso que é exemplo de profissionalismo e dedicação. Ela causa inveja a qualquer bibliotecário(a) que se intitula o dono do conhecimento, mas não sabe nem organizar uma biblioteca com qualidade. Além se ser muito organizada, Dona Raimundinha consegue segurar, com apenas uma braço, a coleção completa da Barsa. Eu aposto que essas menininhas que se formam em Biblioteconomia não conseguem carregar nem mesmo um exemplar dessa enciclopédia. Então, pode-se dizer que Dona Raimundinha é a verdadeira "bibliotecária".


Minigiz2.pngMinigiz.png Cursos da faculdade Minigiz3.png
tava fácil a prova!
AdministraçãoAgronomiaArquiteturaArquivologiaArtes CênicasBiblioteconomiaBiologiaBiomedicinaComércio ExteriorCiências ContábeisCiências SociaisCiência da ComputaçãoDesignDireitoEconomiaEducação FísicaEnfermagemEngenhariaFarmáciaFármacia-bioquímicaFilosofiaFísicaFisioterapiaFonoaudiologiaGastronomiaGeografiaGeologiaGestão da informaçãoHistóriaHotelariaJornalismoLetrasLiteraturaMarketingMatemáticaMateriais, Processos e Componentes EletrônicosMedicinaOdontologiaPedagogiaPsicologiaQuímicaSistemas de InformaçãoTeologiaTurismoVeterináriaZootecnia
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas