Bicho-da-seda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bicho-da-seda
Bicho da seda se exercitando: É 1! É 2! É 3! Vamos lá! Malhando esse corpinho!
Bicho da seda se exercitando: É 1! É 2! É 3! Vamos lá! Malhando esse corpinho!
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Artrofoda
Subfilo: Hexafoda
Classe: Insetos
Ordem: Lepolepoídeos
Família: Bombinhas
Gênero: Bombyx
Espécie: bicho-da-seda
bombyx albinus


Cquote1.png Nosso melhor fornecedor Cquote2.png
homem da boca de fumo sobre bicho da seda
Cquote1.png Ah, então é ele que faz o xampu da seda? Cquote2.png
Carla Perez confundindo o bicho da seda com a fabricante da seda.
Cquote1.png Oh! Como será que ela descobriu?! Cquote2.png
Seda sobre comentário acima
Cquote1.png Nosso bicho propaganda! Cquote2.png
Seda (again) sobre bicho da seda
Cquote1.png Graças a humanidade, eu não posso mais virar brabuleta!!! Cquote2.png
Bicho da seda sobre a humanidade
Cquote1.png Não é brabuleta! É mariposa!!! Cquote2.png
Mariposa sobre comentário acima

Bicho-da-seda, ou também conhecido como Fornecedor do Xampu Seda, é uma das criaturas mais velhas de que se tem notícia. Foi uma das primeiras criaturas e fazer roupa sem precisar de máquina de costura. Antigamente eram bichos exclusivos de Dercy Gonçalvez, já que ela precisava de roupas (quem é que iria querer ver aquela velha sem roupa, hein?) então ninguém disse nada contra. Mas atualmente trabalha para a agência de modelos, fazendo aquelas roupas super transparentes em desfiles de moda, para as mulheres magrelas e ossudas mostrarem os peitos que nem são de verdade.

Exitem também os biXos-da-seda, que por uma questão de confusão mental causada pelo excesso de fumaça intra-craniana, começaram a ser chamados de bicho-da-seda. Estes, são aqueles calouros universitários que vão até tabacarias comprar pacotes de seda para seus veteranos enrolarem baseados de qualidade garantida pela ABNT (Associação Brasileira de Narcóticos Tragáveis).

Evolução[editar]

É daí que o Xampu Seda vem... Dos casulos do bicho da seda

Como dito anteriormente, o bicho-da-seda trabalhou arduamente nas roupas de Dercy Gonçalvez: Quanto mais opaca, menos dava para ver o que tinha por debaixo dela. Só que infelizmente, naquela época o pobre bicho-da-seda só conseguia fazer roupas meio transparentes. Conclusão: 97% deles morreram tentando esconder o corpo de Dercy Gonçalvez, enquanto os outros 3% já se libertavam de seus casulos feitos de seda e viravam lindas brabuletas mariposas.

Com esses 3% vivos, eles procriaram e deram vida a novos bichos-da-seda, que continuaram a serem escravizados pela humanidade, porém com um adicional: Eles não podiam mais virar brabuletas mariposas.

E você se pergunta: Porque isso?

Cquote1.png Não perguntei não! Cquote2.png
Você sobre o que está escrito acima

Cala a boca e volta a ler! Voltando ao assunto: De tão gananciosos que os homens eram, que quando o bicho estava em seu casulo, eles o retiravam de lá e pegavam a seda, fazendo com que assim as próximas gerações não pudessem mais se transformar em mariposas feias e horrorosas, e a seda nada mas do que é ... baba seca junta com secreção da cabeça do bicho...

Habitat[editar]

Um exemplo de bicho da seda quando podia virar mariposa.

Atualmente, os bichos da seda encontram-se principalmente no 1º ano de faculdades de filosofia, ciências social. Mas há quem diga quem eles podem ser vistos fornecendo seda para seus veteranos em qualquer curso universitário.

Também são vistos em florestas, em agências de modelos, na casa do namorado da Carla Peres que quer roupas de seda cor-de-rosa, e no cabelo de bombril da sua vizinha que parece uma floresta tremendamente assustadora.

Encontram-se também nas folhas de amoreiras e cerejeiras esperando cair na xícara de chá de alguma dondoca. Também se encontram no sudoeste, centro, noroeste, leste, nordeste, leste sul, asiatico-filipano (nas Filipinas talvez).

Há também raras aparições de bicho-da-seda em alguns hentais ou um shotacon masturbando o pênis de um garotinho de 9 anos com mais duas menininhas uma de 11 e outra de 7.

Também há muitos bichos-da-seda na China.