Bijuteria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Havaiana pobre.jpg Esty artygo é dy pobry!

Esty artygo é sobry koyzas dy póbry, peçowas póbrys y o dono
taméyn dévy dy sê un pobretãwn do karáy!

Irracionais.jpg Essi artigu é faveladu!

Nem por isso tá involvida cum droga, putaria ou ladruagi!

Os traficantes e as milícias estão de olho.

Exemplo de um colar biju de luxo.

Cquote1.png Na União Soviética, a Bijuteria falsifica VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Bijuteria
Cquote1.png Que nojo! Pobre só usa coisa feita de plástico!!! Tenho horror a pobre! Cquote2.png
Caco Antibes sobre Bijuteria
Cquote1.png Eu sou tão chique que faço alergia a biju, tá! Cquote2.png
Patty sobre Bijuteria


A bijuteria (ou "biju" ou ainda "bijoux" para as piriguetes chiques) é um estilo de vida pobre muito associado ao consumo de drogas e muito difundido nos Estados Unidos Anarquistas. Ela pode ser considerada como tudo aquilo que a sua mãe compra no camelódromo ou na papelaria que tem na esquina da sua casa, mas diz para as amigas que comprou naquela joalheria cara do shopping. Além disso bijuteria também pode vir a ser o recinto miserável onde são vendidas essas porcarias baratas, nesses casos o termo Loja de 1,99 nem se aplica, já que as peças vendidas são muitas vezes mais baratas do que isso.

Origem[editar]

O único anel que você tem dinheiro para oferecer para tua namorada.
Pobre também tem direito a se enfeitar, porra!

Não se sabe ao certo quando pobre se começou a enfeitar com plástico, acrílico, borracha e outros materiais brega, mas deve ter sido durante o século passado.

Se no início era com rolhas de plástico e outras breguices, nos últimos anos o mercado tem inovado até chegar à tentativa fracassada de falsificar joias (pelo menos o seu aspecto). Contudo, essa porra é de uma qualidade tão má que basta usar uma vez para começar descolorando. As Bijuterias então se tornaram lojas muito movimentadas, cuja clientela varia desde machos procurando presentes baratos pra suas minas até tias gordas preocupadas em saber a última fofoca do bairro. Ou da vila. Ou da favela.

Em geral, bijuteria é algo muito pouco popular na cultura nerd, o que dificulta sua difusão dentro da Desciclopédia Wikipédia - formada, primordialmente, por adolescentes gordos e suados dentro de uma Lan House jogando CS.

Tipos de Bijuteria[editar]

Existem bijuterias de vários tipos:

  • Baratas: Feita de latão, estanho e outros metais de terceira categoria, mas que ainda assim, te podem dar câncer;
  • MUITO baratas: Feita de metais de quinta categoria;
  • INCRIVELMENTE baratas: 100% plástico e Made in China.

Contudo, uma classificação taxonômica feita no ano de 1999 por Vera Loyola (ou talvez Vera Verão), sugeriu a adição de uma quarta categoria para as bijuterias CARAS, mas descobriu-se a posteriori depois que só um idiota pagaria caro por uma joia falsificada, tratando-se de imbecilidade e não de bijuteria. A categoria CARAS passou a ser encarada então como uma tentativa de fazer merchandise para a Revista Caras que, afinal de contas, está sempre estimulando donas-de-casa pobres e burras a comprar bijuterias e viver o "Bijú Uei Ófe Laife". Dessa reprocidade, surgiu a famosa Reversal Russa: "Na União Soviética, a Revista Caras faz propaganda de VOCÊ!!".

Quem usa?[editar]

Biju vs. Joia[editar]

Diferença entre joia e biju.
Biju Joia
Ridiculamente barata Cara pra caralho
Dura, no máximo, um mês Pode durar tua vida inteira, dos teus filhos, dos teus netos...
Feita em plástico, acrílico, borracha, latão, missanga... Feita em ouro, prata, titânio ou platina
Decorativos de plástico, vidro, acrílico Decorativos de diamante, pérola, rubi, esmeralda...
Popularidade Exclusividade
Muita variedade de escolha brega Muita variedade de escolha se você for rico
Dá pra ter o armário cheio Só dá pra ter o armário cheio se você for milionário
Provoca alergia em gente que tem nojo a pobre Não provoca alergia
Associado a gente brega e pobre Associado à zelite

Afiliados[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Bijuteria no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg