Bitter Virgin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Haruhi-psp.jpg

Este artigo é um TÉDIO!!

Este artigo é tão chato que se você não editá-lo agora Haruhi vai criar um Espaço restrito e será o fim do mundo.

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Bitter Virgin
ビター バージン
Bitter virgin01.jpg
Que fofo...
Gênero Josei, Emo, Estupro
Mangá
Autor Kei Kusunoki
Divulgação Young Gangan
Onde sai Nas piores melhores bancas
Primeira publicação 1997
N° de volumes 4 e crescendo
Anime
Dirigido por
Estúdio
Onde passa
Primeira exibição
N° de episódios Não há anime
Filmes
OVAs

Cquote1.png Você quis dizer: Nana Cquote2.png
Google sobre Bitter Virgin
Cquote1.png Experimente também: Toradora Cquote2.png
Sugestão do Google para Bitter Virgin
Babel fish.gifTraduzindo: Virgem amargurada
Babel Fish sobre Bitter Virgin
Cquote1.png Eu até resolveria essa amargura toda... Cquote2.png
Eu olhando melhor para a Hinako Aikawa.
Cquote1.png Eu só dispensaria essa. Cquote2.png
Daisuke sobre Hinako.
Cquote1.png Estou apaixonado por ela! Cquote2.png
Daisuke sobre Hinako, meia dúzia de capítulos depois.
Cquote1.png Que clichê! Cquote2.png
Você sobre as situações da história.

Bitter Virgin é mais um daqueles mangás Shoujo destinado a garotas otakas gordinhas e cheias de espinha que sonham com uma história de amor, e como jamais terão uma são obrigadas a se contentar com essas historinhas que possuem mais clichê que os filmes nacionais.

História[editar]

Como todo bom mangá destinado a garotas emocionalmente falidas a história consegue se manter rodando nos mesmos concêntricos círculos, sem absolutamente nada de útil ocorrendo e, o pior, tem gente que ainda lê algo assim. Tudo isso sem falar na carga emocional forçada que tem como objetivo levar às lágrimas, mas no máximo leva a risos pelo humor involuntário.

Hinako tomando banho, só tem imagens dela no Google, quando procurar por Bitter Virgin.

Tudo começa no começo, num daqueles colégios japoneses onde as garotas são obrigadas a usar aquelas saias mínimas que só servem como fanservice para atrair a ala masculina dos fãs alienados de anime. Lá naquela escola aparece o Daisuke Suwa o pegador da escola e mostra ele dissertando sobre as garotas que ele pegava ou não.

Ele revela que só não pegaria a Hinako Aikawa, uma garotinha bem ajeitadinha só que meio tímida, a partir daí ele inicia uma espécie de perseguição a garota, pela qual segundo ele "não sentia porra nenhuma". Os primeiros capítulos dessa história passa-se nesse imbróglio.

No auge da bisbilhotice o Daisuke chega a se passar de padre e ficar ouvindo a confissão da pobre da Hinako, ninguém sabe onde foi parar o padre, mas a teoria mais aceita é que ele estava se divertindo com o Shuichi Shindou ou qualquer outro guri de um anime yaoi aletório.

Durante essa confissão ele ouve a história triste da garota, é um daqueles momentos em que o autor, ineficazmente, tenta levar os leitores às lágrimas, ela entre outras coisas cofessa que:

  1. O padastro a estuprava.
  2. Ela teve dois filhos.
  3. Um ela abandonou o outro morreu.
  4. Ela é fã de Ricky Martin
  5. Fugiu de casa.
  6. Ela não perdia um episódio de Rebelde.
  7. Justamente por ser tão estuprada ela não gosta de ser tocada por homens.
Após revelações tão bombásticas, tal como o fato dela gostar do Ricky Martin o Daisuke ficou assustado a absolveu e depois mandou-a rezar mais de oito mil ave-Marias. Após isso ele saiu de fininho, com a mente repleta de novas informações, as quais ele precisava tempo para absorver, o cérebro dele era muito limitado.
Bem, começou a ficar interessante.

A partir desse momento a história consegue ficar na mesma TODOS os capítulos o Daisuke fica sonhando com a Hinako, que fica dando uma de menina inocente, a Kazuki aparece para ameaçar a Hinako eo Daisuke de morte caso eles estejam tendo algo, e assim se repete por 20 capítulos e mais assim vem por aí.

Personagens[editar]

  • Daisuke Suwa: O playboy pegador da história, tem todas as garotas a seus pés, mas como toda boa historinha clichê ele se apaixona justamente pela única garota que não quer dar para ele. Vive sonhando em sair da cidadezinha onde mora, nutre o sonho de ir para a cidade grande e, caso, der tudo errado ele apela ao "De volta para minha terra" do Gugu.
  • Hinako Aikawa: A nerd gostosa que sempre existe na fictícias histórias dos japotakus, ela tem medo de homens, quase explode quando algum a toca, tudo porque era constantemente abusada pelo padrasto na infância, mais tarde ela permite que o Daisuke a toque, isso porque ela não o considera homem.
  • Kazuki Ibuse: A gostosa da sala, na verdade é uma psicótica sociopata, capaz de arrancar o couro daquele(a) que ousar dar bola para seu suposto namorado, o protagonista. Acaba sendo chifrada mas ameaça geral com uma tesoura, mostrando que com ela o namorado anda no fio da navalha.

Coadjuvantes[editar]

A Kazuki, ela é gostosa, mas é doidinha...

Bem, existem trocentos coadjuvantes que não acrescentam absolutamente nada ao enredo original, dentre eles pode-se citar a família do Daisuke que só serve para consumir alguns quadrinhos, já que o autor estava com o prazo de entrega do capítulo acabando e teve que encher balão, afinal nem mais quem faz isso está com saco para sair dessa mesmice. Convém, aqui, ressaltar que a normalidade e a completa falta de reviravoltas no enredo, que tenta ser denso emocionalmente, é característica de um shoujo, mas aqui esse tédio é lugar comum.

Outros personagens, como os alunos do colégio só servem para encher balões e dar a impressão de que a trama anda, mudar o cenário passa a impressão de que alguma ação ocorre. Em geral os personagens ou são garotinhas querendo dar para o Daisuke ou garotos paga-pau do Daisuke, que, também, dariam para ele se tivessem uma chance qualquer, mas isso é para os pervertidos que fazem hentai com qualquer um e qualquer coisa.
Um logotipo super kawaii.

Teorias abiloladas sobre o real passado da Hinako[editar]

O passado da Hinako é a parte mais importante da história e a mais escondida também, afinal mistério rende capítulos e quanto mais o autor escrever, teoricamente, mais dinheiro ele vai ganhar, contudo como a trama empacou aqui tem-se algumas ideias para o autor sair desse 0 a 0.

  • Ela, na verdade é um ET, e essa história de cesárias e filhos é só para abduzir o Daisuke.
  • Ela é um homem, sendo o Yuki Eiri, fugindo do Shuichi Shindou.
  • Ela é sadomasoquista e a história de repulsa a homens é balela, sendo que ela gosta mesmo de um chicotão.

Ou o autor podia terminar a história com uma explosão nuclear arrasando a tudo e todos os da região.

Ver também[editar]

Hinako e animais fofinhos...