Blekinge

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Blekinge é um condado sueco isolado do isolado país da Suécia.

História[editar]

Moradoras de Blekinge.

O nome da região deriva do adjetivo bleke, que em sueco que significa Calmaria Mortal, pois a região fica longe de absolutamente tudo e até mesmo as raras rotas comerciais no país passam longe da região.

Durante o século XVI, alguns vikings dinamarqueses que não tinham o que fazer (aliás, todo viking é desocupado e faz da navegação para locais inóspitos um hobby) começaram a habitar a região. O Reino da Dinamarca tem escrituras dos brasões dos bárbaros locais que eram um desenho bem criativo e lembra um pouco o escudo do Santos.

Carlos X da Suécia, empresário da banda ABBA e fundador da Suécia anexou Blekinge ao seu reino quando os dinamarqueses desertaram Blekinge.

A língua local é o Mörrumsån, um sueco com um alfabeto carregado daquelas acentuações estranhas.

Geografia e Clima[editar]

Situado no extremo sul da Suécia, registra as temperaturas mais amenas do país que giram em torno dos -10° C.

Possui costa marítima com o Mar Báltico, sendo um dos poucos estados suecos a possuírem um porto, visto que no restante do país o mar está congelado.

Por ser o único local na Suécia inteira aonde é possível encontrar gramados, Blekinge é chamada de Jardim da Suécia

Símbolos[editar]

Blekinge é representada por um brsão com uma árvore de ouro. A região é representada pelas flores verbascum e besouro-sucos