Boitatá

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Resultado do cruzamento entre o Boitatá e a Mula sem cabeça.

Cquote1.png Você quis dizer: Dragão? Cquote2.png
Google sobre Boitatá
Cquote1.png Boi tatá, fogo no ar, cobra de fogo... Cquote2.png
Música que descreve fielmente a/o boitatá.
Cquote1.png Tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Boitatá
Cquote1.png Ééééééééé...num sei Cquote2.png
Casagrande sobre Botatá


Boitatá em língua indígena significa Cobra de Fogo, e é uma lenda criada pelos índios (sempre eles!) para tentar fazer os caçadores e destruidores da mãe natureza desistirem dessa vida e se converter em uma Igreja Universal. Há rumores que provam que esta cobra de fogo não existe, mas isso só saberemos no esperado dia do eclipse.

Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Boitatá

Composição da Lenda[editar]

Nosso querido presidente e sua boitatá disfarçada.

Como sabemos, índio não compra as coisas em supermercados ou feiras, eles saem à caça pra poder comer, ou quando não sabem caçar, sempre tem sua horta com verduras, legumes e demais coisa que podem ser plantadas. Pois bem, os índios que sabia caçar estava revoltados com o que o homem branco estava fazendo com a mata. Devastando, queimando, transando e se masturbando, o homem branco deixava tudo uma bagunça e os índios tinham que ir cada vez mais longe para poder conseguir caçar algum tipo de animal. Para resolver esse problema, o pajé da tribo resolveu reunir a moçada da aldeia para encontrar uma forma de espantar esses filhos da p**a de lá.

Cerca de 300 cachimbos da paz após o início da reunião, foi em comum acordo que eles inventariam outra lenda, dentre tantas e tantas que existiam, para espantar os caçadores e badernistas de suas terras. Assim surgiu a lenda do Boitatá, que neste caso, é uma cobra de fogo que é uma eterna vigilante da floresta. Curiosamente, o fogo que arde dentro dessa cobra nunca apaga, muito menos queima o corpo que entre em contato com ela, mas o fogo expelido pelas narinas dessa cobra queima.

Essa cobra de fogo se alimenta dos olhos de animais sem vida e claro, que não estão em estado de putrefação. Por comer tantos olhos de forma descontrolada, esta cobra acaba tendo o corpo todo iluminado (WTF?), e assim, toda vez que um caçador qualquer outro tipo de pessoa que queira devastar a floresta se aproximam, ela sempre enxerga e vai ao encontro deste, ou para matá-lo, ou apenas para fazer medo mesmo.

Claro que essa lenda é uma mentira assim como todas as outras lendas inventadas pelos índios, e só quem acredita nela são os próprios índios. Essa lenda nunca funcionou, pois cada vez mais sabemos que a floresta está sendo devastasda e o fim do mundo está mais próximo que imaginamos.

Dizem as más línguas que essa lenda foi completamente copiada das lendas medievais que se referiam aos dragões, que não passam de serpentes voadoras. Mesmo que tenha sido copiada pelos índios, ela tem seus pontos unicos, como o fato de a cobra comer olhos e os dragões não, os dragões voavam e essa cobra não voa, os dragões já participaram de filmes que passavam na Sessão da Tarde, enquanto que o boitatá nunca participou de nenhum filme ou novela, a não ser do Sítio do Pica-Pau Amarelo, mas não conta pois essa série era uma bosta e ninguém a assistia.

Ver Também[editar]