Bolacha maisena radioativa japonesa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tomadinha do poder.jpg Bolacha maisena radioativa japonesa tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força

Sculpture samurai.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
Tem escrito MADE IN CHINA JAPAN no verso.



Na cidade de Fukushima, havia um mercadinho. Fukyuu era o nome dele. Neste mercadinho, um carregamento de bolachas maisena havia sido faturado, porém, bem neste dia, a usina nuclear próxima foi parcialmente destruída pelo terremoto. Grande parte da radioatividade foi espalhada, mas uma boa parcela foi absorvida pelas bolachas maisenas. Nasciam então, as bolachas maisena radioativas japonesas.

Surgimento[editar]

Após a tragédia japonesa, as bolachas maisena da cidade se transformaram em barras radioativas. As bolachas Maria não foram afetadas, devido seu formato elíptico. Elas adquiriram uma cor verde brilhante, e o peso fico maior. O gosto da bolachinha ficou amargo. A única pessoa que experimentou a bolacha maisena radioativa virou o Hulk.

Importância[editar]

Os japoneses da região de Fukushima devem agradecer muito às bolachas maisena, que absorveram grande parte da radioatividade após a catástrofe. Se não fosse isso, Fukushima estaria pior que Chernobyl (a cidade ucraniana, não aquele sujeito meio doidão...).

Economia[editar]

O Japão vai exportar bolacha maisena radioativa para o Irã, para que os demais países do Oriente Médio possam extrair energia. Os japoneses já descobriram uma técnica de enriquecimento de bolachas maisena radioativas, agora com muito mais cálcio e vitaminas.

Ver também[editar]