Bolgar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Bolgar é um pequeno vilarejo medieval isolado no interior da Rússia em algum lugar do rio Volga, com um total de 50 habitantes formados basicamente por eremitas que não tem mais para onde ir e aprenderam a sobreviver comendo apenas capim, visivelmente a única coisa que tem por lá.

História[editar]

Um mausoléu, um minarete, e a catedral, completamente desertos, como sempre.

O local foi fundado como a antiga capital da Bulgária do Volga por volta do século VIII, uma vez que os búlgaros naquela época estavam sempre fugindo e peregrinando pelo mundo em busca de sua terra sagrada, o Acre. Infelizmente eles nunca encontraram o Acre, algo que apenas os cearenses conseguiram fazer, então tiveram que se contentar com um pedaço de nada no meio do nada, longe até da Sibéria. Como só fazer uma cidade no meio do nada não seria agradável, os fundadores decidiram adotar o islamismo como religião, para terem a desculpa de construírem as mesquitas e mausoléus mais feios da história.

No ano de 1240, depois que os búlgaros fundaram a Bulgária num território chamado de "Acre da Europa", Bolgar foi cedida e tornou-se a capital do Canato da Horda Dourada, assimilando a cultura mongol, que adoram esses vilarejos no meio do nada com absolutamente nada, tornando-se uma grande cidade mongol.

Sabe-se que no ano de 1361 Bolgar foi o palco principal da guerra entre Toctamix e Tamerlão, quando os piratas de Toctamix (um amigo de Asterix) travaram uma batalha épica contra os ninjas de Tamerlão, que saquearam a cidade, embora na verdade tenham ido embora sem nada, pois não havia nada a ser saqueado. E assim, em 1431, Bolgar foi destruída por Basílio II da Rússia, uma pessoa de raro bom senso que tinha ideia da inutilidade total que era tal vila.

Depois tornou-se a capital do Canato de Kazan e ficou conhecido por suas festas juninas cheias de enfeites e quadrilhas, porém só até o século XVI, quando Ivan Drago IV invadiu o local e quebrou todos habitantes locais, anexando a região ao glorioso Império Russo.

Sabe-se que durante a União Soviética, Bolgar substituiu Meca, visto que os islâmicos.

Monumentos[editar]

  • Nova Catedral de Bolgar e a Mesquita Branca - Os monumentos mais famosos da cidade, estão frequentemente desertos, pois em toda foto não se avista nenhuma alma sequer pelas redondezas, então acredita-se ser na verdade um esconderijo de mísseis nucleares, senão haveria mais gente ali.
  • Mausoléu de Khan - Só um cubículo sem graça.
  • Câmara Negra - Outro cubículo sem graça.
  • Minaretes - Pela cidade há diversas torres que não servem para absolutamente nada, somente para satisfazer o mal gosto de alguém de muito tempo atrás que parecia adorar coisas fálicas gigantes.