Bolovo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Um brinde de cianureto.jpg Este artigo contém VENENO!!

Este artigo... precisa de antídoto... Ele pode se tratar de... algum animal, pessoa, lugar... ou composto... Ele pode... conter materiais tóxicos... como lactose ou glúten... Chupe a picada ou morra... argh! (morri)

Madruga1.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Cquote1.png Atenção, alérgicos: esta iguaria contém ovo. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Bolovo

O Bolovo é uma iguaria culinária inventada na China, a quase 50.000 anos atrás, durante a dinastia WENG-WHOA-MUGENG, só redescoberta no Brasil há poucos anos.

Histórico[editar]

O Bolovo era um alimento sagrado na China, onde só o imperador poderia comer antes do seu leito de morte. Sua receita era secreta, e milhares de pessoas que tentaram roubá-la tiveram suas vidas tiradas pelos guardas imperiais. Porém um dia, na Índia, um garoto franzino e iluminado chamado Buda teve uma visão que mudou sua vida. Ele conseguiu descobrir como se fazia o famoso bolovo. Desde este dia, ele passou a se dedicar além das artes budistas e meditativas, a arte incrível de degustar bolovo.

Um exemplo de arma de destruição em massa

Mas durante um acidente de trânsito ocorrido em solos Brasileiros, envolvendo três caminhões, um com massa, um com carne moída e um com ovos cozidos, acidentalmente é recriada as condições ideais para a formação do mesmo. Com isso, o Brasil começou a sofrer sanções da ONU, pois, como se sabe, a receita para um bolovo perfeito pode ser usada na fabricação de armas de destruição em massa. Países que atualmente possuem Bolovos nos seus arsenais: EUA, França, Terra Média, China, Marte e mais alguns... O Bolovo se destaca por ser um bolinho macabro, extremamente venenoso e mortal. Junto com a cachaça gera uma associação parecida com alcool e nicotina, o que nos leva a perguntar, até quando vamos continuar perdendo nossos jovens para esse bolinho do Capeta?

Um bolovo equivale ao veneno de 15 cobras Naja

Receita Original[editar]

Depois de quase um século de sigilo em silêncio, Foi regulamentada uma quebra de sigilo sobre o Bolovo e eis a receita dele:


  • 2 copos de leite de texugo (se possível, fresco)
  • 2.256 copos de farinha de trigo (utilize um copo de 300ml)
  • 1 litro de àgua do mar morto (se conseguir tirar água de lá)
  • 1 kg de Sal (do Mar Morto)
  • 1 colher de sopa bem cheia de margarina (margarina é coisa de veado) se for macho, utiliza manteiga com sal! Ou talvez requeijão!
  • 1 cubo de caldo de galinha albina
  • 1 kg de Lentilha
  • 30 ovinhos de crocodilo(frescos)
  • 1 vela vermelha
  • 1 Camisinha
  • 1 ovo
  • 1 Fita VHS
  • 50g de queijo parmesão
  • 1 litro de Caninha 51

Modo de Preparo:

Em uma panela grande, acrescente todos os ingredientes, menos o ovo.

Assim que estiver fervendo acrescente a farinha e mexa vigorosamente até dissolver a farinha e chegar a um formato esférico utilizando a seguinte expressão:

1 + 1 - 25
3.1415928 + Queijo - Mostarda

Apos isso enrole a massa no ovo e por fim acenda a vela para São Gonçalo e está terminado.

Cquote1.png E que Deus tenha piedade de sua alma. Cquote2.png
Epígrafe do antigo alfarrábio que continha a receita original do bolovo

Ahá - Aqui flagramos alguém que conseguiu comer até a metade!

Receitas pelo mundo[editar]

Várias receitas existem para o sagrado alimento. Geralmente a massa é feita com farinha de trigo, manteiga e caldo de galinha, e sua mãe mete bem, nem sempre carne moída é utilizada. O ovo do recheio pode variar também, podendo ser cozido inteiro ou picado.

Com a extinção das galinhas a mais de 9 mil anos atrás (ver artigo sobre a Galícia), encontrar caldo de galinha e ovos tornou-se um inconveniente. Mas pode-se utilizar o caldo e os ovos de ratos de laboratório genéticamente modificados para se parecerem com galinhas, que é a popular galinha doméstica encontrada nos dias de hoje, criada pelo governo norte-americano.