Bombril

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Thumb

Bom Bril possui o
Certificado Dedão Bottini de Qualidade!

Na compra do Bom Bril, você recebe o Certificado Dedão Bottini de Qualidade,
o que garante a qualidade e a durabilidade do produto. Então, compre! Compre! Compre! DICA: não se esqueça de adicionar a "Garantia Plus Shoptime"

Wecancookit.jpg

Este artigo é feminista!

Provavelmente ele se trata de alguém que não usa absorvente e seu autor é um mangina opressor sem vivência.

Seje menas!

Cquote1.png Você quis dizer: cabelo pixaim? Cquote2.png
Google sobre Bom Bril

Cquote1.png Oooo.... Bombril bom! Excerente nê! Mas ainda recomendo, lavanderia do Yoshiro! Cquote2.png
Yoshiro sobre propaganda do Bombril
Cquote1.png Tem 10 pacotes na antena da minha TV! Cquote2.png
Você sobre Bom Bril

exemplo de Carlos Moreno, em último nível de fusão com sua armadura.

O Que é...[editar]

Palha de aço utilizada nas extremidades das antenas internas de TVs e rádios para melhorar a captação das ondas eletro-magnéticas. Também é utilizado para remover crostas de gordura em panelas, passar no ferro de passar, limpar DVDs e enriquecer os fabricantes. Todo mundo diz que tem 1001 utilidades, mas ninguém sabe citar mais do que 10.

Aspectos Físicos...[editar]

É composto por bolas feitas de finíssimos fios metálicos cinza, lembrando os pelos pubianos ( pentelhos ) humanos, acondicionados em embalagens plásticas e vendidas em qualquer birosca do país.

A Descoberta...[editar]

Matéria prima em circulação.

A origem do Bom Bril, está relacionada a cidade de Campinas, SP nos idos de 1930 quando a prefeitura local resolveu implantar várias linhas de bondes elétricos. Foram importados vários veículos Brill Birney de origem norte-americana para circularem pelo município transportando a população de modo rápido e confortável.

Mas por serem produzidos em série e não haver um controle de qualidade na época, alguns bondes tinham um desempenho sofrível provocando frequentes estadas nas oficinas para inúmeros reparos. Os próprios motorneiros, para marcarem os melhores bondes e terem a garantia de um dia de trabalho sem problemas pintaram ao lado da manivela as seguintes palavras:

Cquote1.png Este é um bom Brill Birney Cquote2.png.

De tanto darem dores de cabeça, tais veículos acabaram virando sucata devido aos prejuízos que causavam à companhia. Mas o que fazer com eles? A solução foi um tanto engenhosa: Alugaram uma máquina de triturar ferro para reduzir a sucata em pedaços para facilitar o transporte até uma fundição onde era vendido por tonelada.

Durante o ajuste da máquina, uma grande quantidade de limalha de ferro em forma de finíssimos fios foi produzida e por acaso um operário percebeu a utilidade do subproduto para um uso prático.

Juntou uma pequena porção e correu ao galpão dos bondes onde testou em uma peça de latão dos balaústres, obtendo um brilho fantástico além de remover as manchas de oxidação. Em pouco tempo a descoberta era utilizada em larga escala pelo pessoal da manutenção na limpeza e polimento de metais brilhosos além de fazer sucesso nas panelas da cozinha do refeitório.

A notícia se espalhou por todo o Estado de São Paulo e uma certa vez, ao ser entrevistado por um repórter de um jornal local, o operário que fez a descoberta exclamou:

- Cquote1.png Só assim que uma sucata imprestável de um péssimo bonde pode se transformar em um "bom Brill"! Cquote2.png

Mais tarde a descoberta foi patenteada e vendida a uma multinacional que fabrica o tal produto até hoje.

As 1001 utilidades[editar]

Bombril afirma ter 1001 utilidades. Dentre elas destacam-se:

O Clássico.
Cabeleira de Ronaldo e pêlos pubianos dos travestis. Dois exemplos de utilidades para o Bombril.
Tacar fogo no Bombril é uma das principais armas das FARC.
Busto de Albert Einstein feito em Bombril, homenagem ao criador.
Uma merda que você pode fazer com Bombril
'Bombril da tua mãe.


  1. Lavar panelas (a mais óbvia)
  2. Melhorar a recepção da TV de pobrawere
  3. Fazer peruca de pêlos pubianos
  4. É um ótimo travesseiro
  5. Tomar banho (só no caso de Anônimo, que é um porco)
  6. Servir de peruca para o Ronaldo (você acha que o cabelo dele cresceu da noite pro dia?)
  7. Dar nome a qualquer outra lá de aço (é yreyaryaquelas faiscas legais
  8. Fumar (os efeitos alucinógenos comparam-se aos de dar um tapa na pantera)
  9. É um excelente pretexto para zoar com celebridades
  10. Fazer fantasia de ovelha negra
  11. Modelar no formato de um rato para assustar a tua mãe
  12. Limpar as lentes do teu óculos (pior que tem gente que faz isso mesmo)
  13. Lixar os calos e joanetes do pé podre da sua namorada.
  14. Montar um arduino mega[1] (seja lá o que isso for)
  15. Acender fogueiras num acampamento
  16. Molhar e jogar em alguém
  17. Substituir uma das pilhas de um aparelho qualquer
  18. Fazer esculturas de bustos de personalidades
  19. Moeda corrente do Acre
  20. Lixar
  21. Tirar tinta
  22. Ressussitar sub-celebridades esquecidas, como Nelson Ned
  23. Dar polimento a peças cromadas como parachoques de carros antigos
  24. Pretexto para um artigo na Desciclopédia
  25. Pretexto para um plágio artigo na Wikipédia
  26. Dar emprego para um careca emo
  27. Pentear poodles
  28. Apelidar pessoas afro-negonas
  29. Desgrudar os pedaços da sua blusa preferida queimada no ferro de passar roupa
  30. Tirar ferrugem
  31. Realizar 95% das experiências do Beakman
  32. Acender cigarros[2]
  33. Gerar lucros extraordinários para seus acionistas
  34. McGiver fazer qualquer coisa
  35. Coar o óleo preto usado para fritar coxinha, antes de reutilizá-lo pela 156416ª vez
  36. Pessoas desocupadas perderem tempo fazendo miniaturas inúteis
  37. Cabelo do Cascão
  38. Substituir papel higiênico
  39. Fazer alguém ficar 3 horas pensando em alguma coisa pra colocar aqui e não sair nada.
  40. Estourar o pacote
  41. TACAR FOGO
  42. Amarrar no pé de alguém, tacar fogo, gargalhar do desespero da pessoa, filmar e botar no youtube.
  43. Começar um incêndio na casa de um filho da puta aleatório
  44. Substituir gás de Mostarda por 3 pacotes de bombril e um fósforo
  45. Engolir e morrer asfixiado
  46. Tocar fogo e ficar girando quando esta entediado

Notas de rodapé[editar]

  1. Blog do Arduino
  2. Acendendo Cigarro com Bombril (YouTube)