Bom Bom Bom... Negócio ponto COM!

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo aparece na TELEVISÃO!

Provavelmente ele vai lhe chatear, mas a HIPNOSE permite que você assista a ele INTEIRINHO!

ReversalTV.jpg
Bomnegócio.com faliu!
Graficozero.JPG Nem a Apple quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

Cquote1.png A cada um minuto, quatro coisas vendem...nenhum Cquote2.png
Idiota retardado cantando a música do Bomnegócio.com na rua.
Cquote1.png Se você tivesse um negócio, merecia falir por dito asneira. Cquote2.png
Luis Antônio Sacconi sobre citação acima
Cquote1.png Essa frase está errada, o correto é: "A cada minuto, quatro coisas são vendidas". Cquote2.png
Professor Pasquale sobre a mesma citação
Cquote1.png Ainda não consegui identificar o erro da frase acima. Cquote2.png
Professor badalhoca sobre citação acima
Cquote1.png Ai mas que tédio, mas que casalzinho sem criatividade, sem humor... Sem vontade de viver!... Cquote2.png
Cômoda da casa do casal esculachando seus donos na cama.
Cquote1.png Yeah, papitoooo!!!!! Cquote2.png
Bateria gritando no porão da casa do pai de família.
Cquote1.png Yo no quiero ver esto! Ay mamita querida! Cquote2.png
Sofá argentino
Cquote1.png Cê tá sabendo que cê tá sem glúteo? Cquote2.png
Bicicleta querendo sair pra passear.
Cquote1.png Êta, mainha! Danaaada... Que abundância, meu irmão! Assim você vai matar papai, hein! Esse daí que é seu marido, é? Sabe de nada, inocente! Cquote2.png
Rádio falante passando uma cantada

O melhor site de vendas (?)[editar]

Sabe de nada inocente.

Um site recentede 1863 , criado pela vovó mafalda , e que serve para vender de quatro coisas em um minuto. Com uma seleção de propagandas engraçadas, até produtores convidarem artistas no auge da carreira para fazer o papel dos móveis e foderem com toda a graça, o site atrai cada vez mais pessoas para se tornarem usuários. E para você que não curte muito assistir propagandas como eu e põe no mudo até começar o programa, aí vai o roteiro de algumas propagandas da Bomnegócio.com.

Mulher-cômoda[editar]

Um casal acabou de ler um livro e apagam a luz pra dormir de conchinha, quando uma voz surge do além. A mulher acende a luz, e olha quem está falando: A cômoda! Ela diz: "Aaai que tédio! Mas que casalzinho sem criatividaaade, sem humorr, sem vontade de viver! Que casalzinho desanima-" e então a cômoda some. O marido, desesperado ao ver a cômoda onde ele escondia as suas revistas para maiores virar fumaça, olha para a mulher, que está com um computador que surgiu do nada, conectado a uma internet invisível e sem roteador (que tipo de casal deixaria um roteador de internet ligado, consumindo energia enquanto eles dormem de conchinha?). E a mulher diz: "Fiz um bom negócio!". Hum... Será???

Homem-carrinho debebê[editar]

A família está tomando o café da manhã. O homem vai pegar uma coisa, mas de repente ele se assusta ao ver a cara do Sérgio Mallandro no seu carrinho de bebê. Ele diz: "Pegadinha do mallandro! Papizinho me leva pra passear, oh papi não aguento mais ficar aqui... Oh papi father papi father papi fa-" e o carrinho some. Foi a mulher, com sua internet maravilhosa do interior de São Paulo, que conseguiu fazer um bom negócio em menos de 45 segundos. E toca a musiquinha.

Homem-bicicleta[editar]

Duas amigas estão na garagem, prestes a sair no carro. E aí de repente a (ou o?) bicicleta, que estava encostada num canto qualquer da garagem, começa a falar: "Ei vocês duas! Vocês não acham que deviam dar uma pedalada não? Uma caminhada, uma volta, só pra criar um glúteo? você sabia que cê tá sem glúteo, né? Cê tá sabendo que cê tá sem glú-" puff, sumiu. A mulher adorava a bicicleta. Mas a nojenta da amiga, não. E aí, a amiga de amarelo vendeu a bicicleta da outra sem permissão e depois disse: "Fiz um bom negócio!" E a outra fingiu que tava feliz.

Qual era o arqui-inimigo do Bom Bom Bom?[editar]

A OLX, é claro, o site criado bem depois do Bomnegócio.com, em 2006. Ele fazia propagandas com a Preta Gil. Mesmo assim, o impacto do site rival é muito maior devido ao Supla/bateria e o Sérgio Mallandro/Carrinho de bebê. Desde que foi criada, a OLX tenta copiar as propagandas e até criou a musiquinha que também repete palavras, que é "Desapega, desapega, OLX". E o slogan também quer copiar o Bomnegócio.com. "Desapegou, publicou, vendeu." Mas até hoje, não conseguiu tamanha popularidade (ou não).

Morte[editar]

Infelizmente a OLX descobriu que esse papo de que a cada um minuto quatro coisas vendiam era propaganda enganosa, já que a cada 4 meses uma coisa tava sendo vendida no Bomnegócio.com. Com isso, eles compraram o inimigo deles só pra poderem reinar soberanos sem se preocupar com mais ninguém exceto o Mercado Louco dos Especuladores de Preços FDPs.