Bonópolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Bonópolis é um beco sem saída, uma "arapuca" no dialeto local, de quando alguém erra o caminho para Porangatu, fatalmente acaba em Bonópolis depois de andar quilômetros no meio do cerrado. Bonópolis é muito estudada por cientistas e biólogos, que estudam como pode existir vida, mesmo que semi-inteligente, em uma região tão inóspita, hostil, quente, cheia de doenças e longe da civilização, como é aquela região de Bonópolis.

História[editar]

Povo de Bonópolis catando arroz para matar o tempo.

Currutela surgida na década de 60. De quem foi a brilhante ideia de criar esse desastre de povoado? Tinham que ser os madeireiros, que apareceram por ali para devastar a mata nativa, arrasando com a árvore goiavira para a criação dos móveis, hoje não existe nem a sombra da pobre coitada árvore, que foi dizimada para a criação de arrozais.

Quando à aldeia de caipiras, foi considerada município em 1995, até hoje não se sabe porque. Talvez porque fique longe de tudo. Seria mais cômodo para Porangatu não ter um distrito lá nos cafundó do Judas.

Atualmente, Bonópolis é apenas lar de um grupo de fazendeiros seguidores de cultos sinistros que pregam o sacrifício de forasteiros que devem ter seu sangue bebido até a meia-noite. Tirando isso, é um ótimo local de se viver.

Economia[editar]

Economia completamente baseada nas plantações de arroz, ou seja, é uma cidade daquelas pobres miseráveis, sem indústria ou comércio decente (caramba! peguei pesado agora, indústria e comércio desenvolvido em Bonópolis nem daqui a 500 anos).

O povo é pobre, mas feliz, eles podem respirar ar puro... Mas quem se importa com ar puro, se não há nenhuma pessoa bonita para namorar? Melhor ir para Brasília ou Goiânia mesmo.

Turismo[editar]

A principal atividade turística de Bonópolis, é seus visitantes ficarem catando fenos nas ruas da cidade. Tirando isso, há a não-tão-famosa Praia Artificial do Rio Crixás, lá longe, praticamente fora da cidade. É claro que um turista que se preze, irá para alguma das "praias" do Rio Araguaia e não para Bonópolis...