Boy de vila

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa



Cquote1.png Você quis dizer: Vileiro Cquote2.png
Google sobre Boy de vila

Boy de vila é uma aberração que anda por aí com roupas de marca e tênis dos mais caros, porém costumam morar na favela e não gostam de estudar terminando o fundamental com trinta anos e olhe lá. Daí você diz: Como então se vestem assim? A resposta é que alguns trampam, mas só pra suas dorgas roupas, outros são ladrõezinhos muito bons mas, como ladrão é bom apenas no roubo, eles, para ter essas coisas levam o dinheiro que era para você comprar seus livros didático, levam seu suado carro popular ou de seu pai, ou da sua mãe... e mais ou menos assim é que eles conseguem essas roupas e tênis caros. É é por causa dessa indumentária abastada que eles se caham diferentes dos demais vileiros mas, é a mesma coisa.

E...[editar]

O cachorro (de raça claro) do vileiro costuma fazer melhor proveito de tudo, do que seu dono.

Dessa forma, você pensa, ao menos eles têm boa aparência vestindo coisas caras? Aí é que começam os sustos que você leva ao vê-los. Parecem não saber combinar nada com nada e, também usam coisas estranhas como piercings em excesso, mas neles não fica apenas estranhos, como algumas pessoas, fica também muito feio, parece uma espécie paralela. Outro erro é que eles não querem apenas roupas e calçados dos mais caros, mas querem também combinar com algo que esteja em modinha e, é usado por algum funkeiro, pagodeiro, jogador de futebol ou até cantor emo.

Ou seja, se é mesmo que toda roupa cara é bonita e boa, eles estragam isso com as combinações e, não é apenas isso que faz a desgraça aparecer pelas calçadas e por todos os lugares que você olhe, eles, não se sabe porque, são todos feios por natureza, não importando a raça ou tonalidade da carcaça, são feios e te olham com uma cara maquiavélica e de que estão se achando o máximo, isso quando não estão atacando, daí a cara maquivélica e risada convencida ganha ares de insanidade mental. É mesmo assustador e, se você puder, evite ao máximo, não por preconceioto mas, porque é assustador e perigoso mesmo. Uma coisa possuem diferente dos demais vileiros, os outros vileiros têm um tom de pele uniforme, eles, como já citado são de vários mas, todos provocam o mesmo mal estar.

Outra coisa gozada é que eles, embora usem cores diferentes uns dos outros e, como já citado, tem etnias diferentes, parecem todos iguaizinhos e, também, ao abrirem a boca, possuem um linguajar estranho, tipo a linguagem dos manos mas, um pouco pior. Pra imaginar como é que se comunicam, pegue o pior da linguagem dos manos e o pior da linguagem do boy do Diogo Portugal e enfeie mais ainda: Essa é a linguagem e o som estranho que sai dos boys de vila.

Outras característica é que, mesmo muito feios e, jamais perdendo as características pobres, por mais que cuidem dos dentes e usem roupinhas caras e sempre novas (isso é de muita importancia para eles), eles se acham lindos e fodões, mesmo sendo horrorosos, repelentes e de dar tristeza só de ver. Se nada presta nos boys de vila, ao menos poderia-se dizer que têm o segredo da auto-estima... não, nem isso, pois a auto-estima dos boys de vila é embasada na falta de noção e em seus modos e vestimentas repelentes que eles acham demais.

Versão feminina[editar]

Não vamos falar de maloqueiras comuns. Se acha que desgraça pouca é bobagem, está enganado, existe também a versão feminina e, não é muito diferente, a mesma repelência, por mais que tenha personalidade e se vista bem (se é que pode dizer assim). Na verdade o caso das gurias é menos pior que dos carpanos, se você pegar e colocar nelas uma roupa decente, sem os acessórios estranhos e monte de piercings, elas parecem gente, desde que não abram a boca e não se mexam, mas de perto têm a mesma feiúra crônica.

Elas adoram um chicrete e não enjoam mesmo que vão envelhecendo mas, a questão não é gsotar de mascar o chicletes, é a relação que elas tem com eles, também não imagine o estilo putinha gostosa quando masca chicletes, não é mais bizarro. A relação que as paty de vila têm com tinta no cabelo, roupa, acessórios, também é diferente da que as demais gurias tem em geral com essas coisas, é tudo mais estranho, embora seja muito importante e elas não dispensem nada disso.

Ver também[editar]