Brian Jeremy

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
EUA Falencia.jpg Made in U$A

Este artigo é gringo! Ele usa eletrônicos da Apple, tem um Chrysler poluidor, não joga futebol e acha que é privilegiado..

Cquote1.png Filho da puta! É sua culpa que o Billy foi preso! Cquote2.png
Brian Jeremy sobre Johnny Klebitz
Cquote1.png Merda! Cquote2.png
Brian Jeremy sobre seus últimos segundos antes de sua morte
Cquote1.png Vai se foder! Cquote2.png
Johnny Klebitz sobre Brian Jeremy

Brian Jeremy é mais um dos personagens filhos da puta da série Grand Theft Auto, do jogo Grande Tarado Armado: Os Perdidos e Condenados, onde ele é um das inúmeras pessoas mortas pelo protagonista do jogo, Johnny Klebitz. Ele é um dos antagonistas do jogo, e ele traiu a gangue quando Billy fez um negócio da China com alguns chineses e do nada, foi preso, e depois disso, Brian começou a colocar a culpa em Johnny Klebitz e fez gestos amorosos ao Billy uma gangue genérica da Lost M.C com uma falta de criatividade e fez a mesma camisa que a gangue original do Lost M.C fazia e depois disso foi morto pelo próprio Johnny Klebitz em uma caça de motos ou uma execução.

História[editar]

Este é o filho da puta do Brian Jeremy.

Brian Jeremy era um tenente de 39 anos que era da gangue The Lost MC e era conhecido por ser ferozmente leal e amante do ao líder preso da gangue, Billy Grey. Ele às vezes no jogo tem uma rivalidade com Johnny Klebitz e acha que ele está levando o grupo a fazer uma trégua com os Angels of Death. Brian às vezes nas discussões sempre defende Grey, mesmo se ele está falando merda, como dizer que 2+2 é igual a 5. Johnny também insulta suas habilidades de combate e de tiro.

No jogo[editar]

Depois da prisão por nenhum motivo de Billy Grey em Chinatown, o presidente da gangue vira o Johnny para grande a infelicidade de Brian. Depois de chegar à sede do clube, Brian e um motoqueiro figurante e aleatório começam a discutir com Johnny, acusando-o de chamar a polícia e prender o Billy. Brian depois disso, não tem criatividade e faz a uma versão fraca e genérica da The Lost MC. Depois de dar a bunda uma de esperto, ele se oferece para ter uma trégua com Johnny Klebitz, mas acaba sendo uma armadilha. Brian corre de volta ao seu esconderijo (lê-se: ele é covarde) e tenta conversar com Ray Boccino, mas como ele gostava mais do Johnny Klebitz, ele deu para Johnny a bunda a localização da casa de Brian para Johnny Klebitz acusando Brian de ser um rato. Johnny (com a ajuda de Clay e Terry) atacam o esconderijo de Brian e Johnny pode matá-lo ou deixar ele vivo. Se Johnny optar por deixar ele vivo, Brian corre para fora do esconderijo e em uma missão secreta, diz para Johnny que ele mudou e quer mostrar-lhe algo. Johnny segue, e depois leva-lo para uma armadilha e Johnny mata a maioria dos seus homens e o Brian. Se o jogador optar por matá-lo na missão, Brian implora por sua vida, começa a choramingar feito um gay, confessa que viu vídeos da Ashley no Redtube e depois disso, Johnny Klebitz faz uma cara reta e ele atira no peito, matando-o.

Ver também[editar]